Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/tede/tede/981
Tipo: Dissertação
Título: Variação de protocolo do teste de golpeio de placas do Eurofit, com tempo pré-fixado e distância ajustada
Título(s) alternativo(s): Variation of protocol of EUROFIT tapping plate test, pre-established time and adjusted distance
Autor(es): Oelke, Simone Adriana
Primeiro Orientador: Kroeff, Marcia Silveira
Resumo: Avalia a relação entre crescimento e desempenho de uma habilidade motora em crianças praticantes de basquete e futsal entre 6 a 13 anos de idade, por meio de um novo protocolo oriundo do teste de Golpeio de Placas do EUROFIT. Participaram desta pesquisa causal-comparativa e correlacional, 59 crianças de 6 a 13 anos de idade, divididas em dois grupos: 31 praticantes de basquete (18 meninos e 13 meninas) e 28 meninos praticantes de futsal. Todas as crianças foram submetidas à mensuração da envergadura, aplicação do teste para diagnóstico de preferência da mão e aplicação do teste de Golpeio de Placas de duas formas diferentes: a primeira foi aplicada conforme a distância fixada em 80 cm e verificado o tempo de execução para 25 ciclos (T1) e a segunda forma foi aplicada de acordo com distância ajustada em função da idade e tempo pré-fixado em 20 segundos (T2). Para o tratamento dos dados utilizou-se a estatística descritiva, teste t de Student para amostras independentes e correlação linear de Pearson. Os resultados indicaram que, em relação ao tamanho da envergadura, não há diferença significativa entre os meninos e as meninas do basquete, mas há diferença entre os meninos das duas modalidades. Quanto ao desempenho nos testes T1 e T2, as meninas do basquete tiveram desempenho melhor do que os meninos do basquete e esses foram melhores do que os meninos do futsal. Os dados apontaram correlação baixa a moderada entre o tamanho da envergadura e o desempenho no teste T1, para p < 0,01 e correlação baixa a moderada entre o tamanho da envergadura e o desempenho no teste T2, para p < 0,05, indicando significância nas meninas do basquete e nos meninos do futsal. Esse fato permite inferir que o novo protocolo (T2) avaliou com maior fidedignidade a relação entre crescimento e desempenho motor do que o T1, sugerindo assim que, ao administrar o teste de Golpeio de Placas, se faça o ajuste das distâncias entre as placas de acordo com a faixa etária da criança, considerando um mesmo grupo de sujeitos ou entre sujeitos que apresentam aspecto cultural similar. No geral, os dados apontaram uma correlação moderada entre T1 e T2, podendo-se considerar que o novo protocolo é válido, sugerindo assim, uma forma opcional ao teste tradicional para medir a velocidade de membros superiores.
Abstract: This study evaluates the relationship between growth and development of a motor skill in children who practice basketball and indoor soccer from the ages of 6 to 13 years old, by means of a new protocol originated from the EUROFIT Tapping Plate test. 59 children from the ages of 6 to 13 years old took part in the present causal-comparative and correlational research, who were divided into two groups: 31 basketball practicers (18 boys and 13 girls) and 28 boys indoor soccer practicers. All the children were submitted to measuring arms breadth, application of the test for diagnosis of hand preference and application of the Tapping Plate test in two different forms: the first one was employed in accordance with the distance established in 80 cm and the time of accomplishment for the 25 cycles (T1) was verified, the second one was employed in accordance with the distance adjusted in relation to the age and the pre-established time of 20 seconds (T2). Descriptive statistics was used for the data analysis, the T- test of Student for the independent samples and linear correlation of Pearson. The results indicate that, in relation to arms breadth there is no significant difference between boys and girls from basketball, but there is a difference between boys from the two modalities. In relation to the performance in the tests T1 and T2, the girls from basketball performed better than the boys who, in turn, performed better than the indoor soccer boys. The data indicated low to moderate correlation between arms breadth and the performance in test T1, for p < 0,01 and low to moderate correlation between arms breadth and performance in test T2, for p <0,05, indicating significance in relation to the girls from the basketball and the boys from indoor soccer. This finding allows the inference that the new protocol (T2) evaluated with better reliability the relationship between growth and motor development than T1, which suggests to the manager of the Tapping Plate test that an adjustment of the distances between the signs should be made in accordance with the children s age group, considering the same group of subjects or between subjects who present a similar cultural background. In general, the data demonstrate a moderate correlation between T1 and T2, which enables the validity of the new protocol, proposing an alternate option to the traditional test to measure the speed of superior members.
Palavras-chave: Crescimento
desempenho motor
envergadura
golpeio de placas
capacidade motora nas crianças
Growth
motor performance
arms breadth
tapping plate
motor ability in children
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da Instituição: UDESC
metadata.dc.publisher.department: Ciência do Movimento Humano
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Ciências do Movimento Humano
Citação: OELKE, Simone Adriana. Variation of protocol of EUROFIT tapping plate test, pre-established time and adjusted distance. 2005. 2 f. Dissertação (Mestrado em Ciência do Movimento Humano) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/981
Data do documento: 20-Jul-2005
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências do Movimento Humano

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RESUMO ABSTRACT.pdf24,78 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.