Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/tede/tede/848
Tipo: Dissertação
Título: Imagem e palavra: um estudo do desenho infantil em um caso de surdez profunda
Autor(es): Oleques, Liane Carvalho
Primeiro Orientador: Duarte, Maria Lúcia Batezat
Resumo: Considerando a importância dos estudos já realizados sobre o desenho da criança contemplando seus distintos aspectos, salientou-se nesta pesquisa a análise do desenho de uma criança surda profunda congênita, objetivando uma maior compreensão da atividade gráfica desta criança, tendo em vista, relações de significado, sentido, visualidade, cognição e comunicação. Para tanto, fez-se necessário realizar atividades de desenhos com duas crianças: uma criança surda e outra criança ouvinte para fim de controle da pesquisa, ambas do mesmo gênero, idade e situação sócio-econômica, estudantes de uma escola da rede pública da cidade de Florianópolis/SC. Pensando o desenho infantil como um processo cognitivo e comunicacional a base teórica desta pesquisa fundamenta-se em autores como Vigotski, Wallon, Luquet, Duarte e Darras. Este trabalho caracteriza-se como estudo de casos múltiplos (Yin, 2005), pois a coleta de dados contempla situações distintas: uma criança surda e uma criança ouvinte. Foram realizadas tarefas livres de desenhos e outras tarefas direcionadas, todas foram gravadas a fim de registrar cada detalhe do ato de desenhar destas crianças. Considerou-se a seguinte questão: Como se compõem o repertório gráfico de uma criança surda com relação ao de uma criança ouvinte? Notou-se que a criança surda, possivelmente em função de sua acentuada visualidade, traça especificidades da figura em seus desenhos inclinando-os ao Nível Sub-ordenado, bem como, possui facilidade em realizar desenhos de observação
Abstract: In respect the importance of previous studies on different aspects on the children's drawing, this study emphasized the analysis of the drawing of a child with profound congenital deafness, aiming at a better understanding of graphic activity of this child, in order, relations of meaning , sense, view, cognitive and communication. For this purpose, was necessary to perform activities of designs with two children: a deaf child and another child who hears, with the objective of the research control, both of the same gender, age and socioeconomic status and studying in a public school in the Florianópolis city/ SC. Considering the drawing as a communicative and cognitive process, the theoretical basis of this study is based on authors such as Vygotsky, Wallon, Luquet, Duarte and Darras. This study is characterized as a project embbeded in multiple cases (Yin, 2005) because data collection contemplated different contexts of a deaf child and of a child who hear. Were performed free drawings and other directed. This tasks were taped in order to register every detail of the act of drawing these children. Thus, we considered the following question: how to make up the graph repertoire of a deaf child in relation to a child that hear? Was observed that deaf child, possibly due to its sharp view, outlines specificities in their drawings inclining them to Level Sub-ordained, as well as ease in performing drawings of observation
Palavras-chave: Desenho infantil
Linguagem
Surdez
Visualidade
Níveis cognitivos
Inclusão digital
Children's drawing
Language
Deafness
Visual
Cognitive levels
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da Instituição: UDESC
metadata.dc.publisher.department: Artes Visuais
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Artes Visuais
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/848
Data do documento: 29-Set-2010
Aparece nas coleções:Mestrado em Artes Visuais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
liane.pdf2,69 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.