Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.udesc.br/tede/tede/2570
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Indústria metalmecânica em Joinville : no setor da Macharia, a mão de obra é das mulheres (décadas de 1970 e 1980)
Other Titles: Metalworking industry in Joinville: in macharia sector, the workforce is women (1970 and 1980)
metadata.dc.creator: Lechinski, Eleni
metadata.dc.contributor.advisor1: Rossato, Luciana
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho busca conhecer a inserção da mulher operária na indústria metalmecânica no setor da Macharia, em Joinville, nas décadas de 1970 e 1980. Para entender essa temática, a pesquisa buscou apoio na historiografia local e demais contribuições que se fizeram necessárias durante sua realização. Fontes documentais como relatórios e acervo de História Oral, sob responsabilidade do Arquivo Histórico de Joinville (AHJ), foram privilegiadas nesse estudo, bem como o periódico Correio da Tupy e demais impressos jornalísticos da cidade que circularam no período analisado nessa pesquisa, sendo esses, também, acondicionados no AHJ. Esses informativos ajudam a compreender as imagens e os discursos veiculados em uma cidade voltada ao trabalho. Logo, se defende esse local como um espaço consentâneo pelos benefícios oriundos das atividades produtivas. No entanto, o crescimento da indústria metalmecânica joinvilense, no referido período, traria situações adversas, especialmente por falta de mão de obra para a indústria (sobretudo no setor metalúrgico). O déficit de trabalhadores levou o grupo empresarial desse município a estabelecer uma verdadeira corrida em busca de operários e operárias. Diante desse cenário, busquei entender a inserção da presença feminina no setor metalmecânico, tomando a Indústria de Fundição Tupy S.A., como campo para essa discussão, pois essa empresa é considerada uma das maiores fábricas do país dentro desse segmento e a primeira a contratar mulheres para as linhas produtivas no início da década de 1970. A participação da mulher nesse setor industrial é percebida como um dos principais acontecimentos de sua emancipação profissional, abarcando, em seu bojo, uma série de mudanças sociais subsequentes.
Abstract: The aim of this present study is to understand the inclusion of the working woman in the metalworking industry, in the section where mostly men used to work, called macharia , in Joinville city, in the 1970s and 1980s. However, to understand this topic, this study looked for having support in local historiography and other contributions that were required during its development. Documentary sources as reporting and collection of Oral History, under the responsibility of Arquivo Histórico de Joinville - AHJ (Historical Archives of Joinville city), we focused in this study, as well as the periodic Mail Tupy and other journalistic printed city that circulated in the period analyzed in this research, and these, also could be found in the AHJ. These papers help us to understand the images and discourses (Speeches) conveyed in a city dedicated to work. So, it defends itself as a consistent space for the benefits derived from productive activities. However, the growth of Joinville metalworking industry during that period would bring several and different situations, especially due to lack of manpower to the industry (especially in the Metallurgical Section). The shortage of workers led the business group in Joinville to establish a real rush for men and women workers together. Facing this scenario, I decided to understand the insertion of female presence in the metalworking sector, taking Tupy Industry Indústria de Fundição Tupy S.A - as a field for this discussion, because this company is considered one of the biggest factories in Brazil within that segment, and the first to hire women for productive lines in the early 1970s.The women s participation in this industry shows up as a major event of their professional empowerment, embracing in its wake, a number of subsequent social changes.
Keywords: Mão-de-obra
Mulheres - Emprego
Mão de obra feminina
Indústria metalmecânica
Joinville.
Hand of female labor
metalworking industry
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Estado de Santa Catarina
metadata.dc.publisher.initials: UDESC
metadata.dc.publisher.department: História
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em História
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/2570
Issue Date: 7-Aug-2014
Appears in Collections:Mestrado em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
118960.pdf1,95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.