Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.udesc.br/tede/tede/2341
metadata.dc.type: Dissertação
Title: As sociedades de canto da região de Blumenau no início da colonização alemã (1863-1937)
Other Titles: The singing societies of the Blumenau region at the beginning of the german colonization (1863-1937)
metadata.dc.creator: Rossbach, Roberto Fabiano
metadata.dc.contributor.advisor1: Holler, Marcos Tadeu
metadata.dc.description.resumo: No início da colonização alemã na região de Blumenau (SC), uma das principais manifestações culturais dos imigrantes foram as sociedades de canto, que eram coros masculinos que cantavam repertório secular. A atividade destas sociedades foi intensa desde os primeiros anos da fundação da Colônia Blumenau até a proibição das manifestações culturais dos alemães no Brasil, com a Campanha de Nacionalização, instituída pelo Governo Federal Brasileiro, a partir de 1937. Baseado em documentos textuais manuscritos e impressos como estatutos, atas, correspondências, relatórios, jornais, além de fotografias e livros de canções, buscou-se neste trabalho esclarecer o papel desses grupos na difusão do movimento cultural local e suas contribuições para a continuação desta tradição que se mantém viva até os dias de hoje. Apesar do processo de aculturação e assimilação de novos valores culturais ocorrido com o contato dos imigrantes alemães com a cultura brasileira, alguns elementos mantiveram-se intactos, como o espírito associativo do imigrante e a preservação do idioma alemão nas canções. Isso contribuiu para uma tendência atual dos descendentes de imigrantes alemães na região de preservar a cultura dos primeiros colonizadores, refletida nas atividades associativas, culturais e nas diversas promoções ligadas à cultura alemã
Abstract: At the beginning of the German colonization in the region of Blumenau (SC), one of the main cultural manifestations of the immigrants were the singing societies, consisting of male choirs which sang secular repertoires. The activity of these societies was intense since the first years of the foundation of the Blumenau Colony until the prohibition of the cultural manifestations of the Germans in Brazil, with the Campaign of Nationalization instituted by the Brazilian Federal Government in 1937. Based on textual documents, both manuscripts and printed, such as statutes, proceedings, correspondences, reports, periodicals, as well as photographs and songbooks, the purpose of this work is to clarify the role of these groups in the diffusion of the local cultural movement and its contributions to the perpetuity of this tradition, which still exists today. Despite the process of acculturation and assimilation of new cultural values which emerged from the contact of German immigrants with the Brazilian culture, some elements were maintained, such as the associative spirit of the immigrants and the preservation of the German language in the songs. This contributed to a current tendency of the descendants of German immigrants in the region to preserve the culture of the first colonists, reflected in the associative, cultural activities and in the promotion of several events connected to the German culture
Keywords: Canto coral
Sociedades de canto
Imigração alemã
História da música em Santa Catarina
Choral singing
Singing societies
German immigration
History of music in Santa Catarina
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::MUSICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Estado de Santa Catarina
metadata.dc.publisher.initials: UDESC
metadata.dc.publisher.department: Música
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Música
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/2341
Issue Date: 9-Dec-2009
Appears in Collections:Mestrado em Música

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RobertoRossbach.pdf3,5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.