Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.udesc.br/tede/tede/2241
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Utilização de minerais no desenvolvimento de plantas e na mitigação de odores em criações animais confinadas
Other Titles: Utilization of rock powders in development and nutrition of common beans (Phaseolus vulgaris).
metadata.dc.creator: Nichele, élen Ramos
metadata.dc.contributor.advisor1: Almeida, Jaime Antonio de
metadata.dc.description.resumo: Na agricultura tradicional, é comum a utilização de calcário e de fertilizantes solúveis, os quais quando bem dosados e equilibrados promovem grandes incrementos de produtividade. Pesquisas recentes têm procurado alternativas a essas formas de correção e adubação, e um dos materiais estudados para essa finalidade são as rochas naturais moídas, utilizadas principalmente por entidades ligadas a agricultura orgânica e natural, porém são raros os estudos com base científica, que avaliem e comparem seu efeito no desenvolvimento de plantas, na recuperação e na renovação dos solos. Este trabalho objetivou estudar a utilização de basaltos na cultura do feijão, associado ou não ao esterco bovino, avaliando seu efeito sobre as propriedades químicas do solo, a nutrição da planta e a produtividade desta cultura. O experimento foi instalado em um Cambissolo Húmico de textura média, em Lages, SC, em um delineamento inteiramente casualizado, com 4 repetições, em parcelas de 3 x 4 m. Foram avaliados dois basaltos, provenientes de Ponte Alta, SC e de São José do Cerrito, SC, Pedreira do 10º Batalhão de Engenharia e Construção. O pH da área foi corrigido para 5.2 e a necessidade de P e K foi suprida pela adição de fontes naturais (granito - K; apatita - P), exceto nas parcelas do tratamento com NPK. Os tratamentos constaram de testemunha (calagem pH 5.2), NPK, esterco, Basalto Batalhão (BBT) e Ponte Alta (BPA) nas doses 2.5, 5.0 e 10 ton/ha e as mesmas doses associadas a adição de esterco bovino (3 ton/ha, base seca). Os materiais foram aplicados sobre a parcela e incorporados com enxada rotativa. Utilizou-se feijão preto, variedade Uirapuru, como cultura teste que foi plantado no dia 21/01/2005. Foi determinado o rendimento de grãos, a altura de plantas, incidência e severidade de ferrugem. Realizou-se análise química do solo após um ano da aplicação dos tratamentos e análise foliar do primeiro cultivo de verão. No rendimento de grãos o melhor tratamento foi o BPA na dose de 10t/ha + Esterco, o qual diferiu apenas do tratamento BPA 2.5t/ha. A incidência e severidade de ferrugem foi maior no tratamento NPK, seguido da testemunha. O pH aumentou de 4.69 para valores que variaram entre 5.05 a 5.57, porém sem diferenças entre os tratamentos, evidenciando apenas o efeito do calcário na correção parcial da acidez. Os valores da Ca e Mg no solo aumentaram. O Ca passou a ser considerado médio em alguns tratamentos e alto em outros. Já o Mg ainda continuou baixo. O P apresentou valores altos, porém deve ser interpretado com cautela, visto que foi aplicado fosfato natural e o extrator ácido utilizado (Mehlich 1) tende a superestimar os teores de P disponível. Na planta tanto os macro quanto os micronutrientes avaliados ficaram dentro da faixa de suficiência para a cultura do feijão. Os elementos Ca, Mg, K e Zn não apresentaram diferenças estatísticas entre os tratamentos. Não foi evidenciado efeito positivo da aplicação do pó de basalto sobre a produção de grãos de feijão, possivelmente devido à falta de chuvas e ao curto período para 5 liberação dos nutrientes, por se tratar de uma rocha que apresenta dissolução lenta dos minerais
Abstract: In traditional agriculture, is common the utilization of lime and soluble fertilizers, that when well dosed and equilibrated promote larges increase of productivity. Recent researchs have pointed other alternatives of soil fertilization, and one of the materials studied for this finality are ground naturals rocks, utilized mainly for entities linked with organic and natural agriculture. However, studies of the effect of these materials on soil properties and development of plants are rare. The objective of this work was to study the basalt utilization in the bean culture, associated or not with bovine manure, and the effect of them on soil chemical properties, plant nutrition and productivity of this culture. The experiment was conducted in Lages, SC, in a loamy sand Humic Cambisol, on a design completely randomized, with 4 replicates, in plots of 3 x 4 m. It was tested two basalts, one of Ponte Alta, SC and other from São José do Cerrito 10º Battalion of engineering of Construction, SC. The water pH of the area was correct for 5.2 with dolomitic lime and P and K was supplied by additions of naturals sources (granite - K; apatite - P), except in NPK treatment. The treatments included a control (liming to pH 5.2), NPK, manure, Basalt Batalhão (BBT) and Ponte Alta (BPA) in the rates 2.5, 5.0 and 10 ton/ha and the same rates associates with the addition of bovine manure (3 ton/ha, dry weight basis). The materials was applied over the plots and incorporated with rotatory hoe. Black bean, variety Uirapuru, was test culture sowing in 21/01/05. It was determined yield grains, plant height, and incidence and severity of rust. One year after the application of treatments, were realized chemical analysis of soil and leaf analysis of summer first culture. In the yield grains evaluation, the best treatment was the 10t/ha BPA + manure, which differed only of treatment 2.5t/ha BPA. The incidence and severity of rust was higher on NPK treatment, followed by control. The pH increased of 4.69 to values that change between 5.05 a 5.57, but without difference between treatments, evidencing only the effect of lime on the partial correction of acidity. The values of Ca and Mg in the soil increased. The Ca raised to limit considerate medium on some treatments and high in others. Already the Mg still continued low. The P values in soil was high, however should be interpreted with caution, because acid extractor utilized (Mehlich 1) solubilize natural phosphate and tends to overestimate the P content. Macro and micronutrients were inside of sufficiency zone for the culture of bean in all treatments. The elements Ca, Mg, K and Zn didn t present statistics differences between the treatments. It wasn t evidence of positive effect of powdered basalt application over the grains production of bean, possibly due to fault of rain and the short period for liberation of nutrients, because rocks utilized present slow dissolution of minerals
Keywords: basalto
adubação natural
feijão
esterco
basalt powder
natural agriculture
bean
manure
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Estado de Santa Catarina
metadata.dc.publisher.initials: UDESC
metadata.dc.publisher.department: Ciências do Solo
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Ciência do Solo
Citation: NICHELE, élen Ramos. Utilization of rock powders in development and nutrition of common beans (Phaseolus vulgaris).. 2006. 97 f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, 2006.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/2241
Issue Date: 31-Oct-2006
Appears in Collections:Mestrado em Ciência do Solo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PGCS06MA015.pdf512,54 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.