Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.udesc.br/tede/tede/2006
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Os desafios de gestão do mosaico de unidades de conservação da Serra do Tabuleiro e Terras do Massiambú
metadata.dc.creator: Eltz, Morgana Ricciardi de Castilhos
metadata.dc.contributor.advisor1: Marimon, Maria Paula Casagrande
metadata.dc.description.resumo: A gestão de mosaicos de unidades de conservação trata da atuação e articulação entre as instituições responsáveis pelas áreas protegidas e os atores sociais e é uma estratégia de gestão prevista legalmente. A falta de controle e proteção dessas áreas legalmente protegidas tem como consequência a vulnerabilidade das unidades de conservação frente às pressões antrópicas, tais como especulação imobiliária, invasões, poluição dos recursos hídricos, subtração de flora e fauna e redução de limites. A gestão integrada e participativa para implantação de áreas protegidas pode solucionar os desafios da gestão do território por meio de políticas públicas associadas e do desenvolvimento de atividades compatíveis com os objetivos de criação de cada unidade de conservação. Essa dissertação apresenta mecanismos de gestão que possam ser executados institucionalmente, para a implantação do Mosaico de Unidades de Conservação da Serra do Tabuleiro e Terras do Massiambú localizado na zona costeira centro-sul catarinense e administrado pela Fundação do Meio Ambiente (FATMA). O referido mosaico envolve a maior unidade de proteção integral do estado e importante remanescente de Mata Atlântica: o Parque Estadual da Serra do Tabuleiro. Este estudo de caso foi realizado por meio de levantamento documental, realização de entrevistas e identificação de ações para a gestão integrada e participativa, visando a abertura de espaços institucionais de articulação e conciliação de interesses.
Abstract: The management of protected areas mosaics deals with the operation and coordination among responsible institutions and social actors and is a legally required strategy. The lack of control and protection of these protected areas has as a consequence, the vulnerability of conservation units to human pressures, such as land speculation, invasions, pollution of water resources, subtraction of flora and fauna and reduction of their limits. The integrated and participatory administration for the implementation of protected areas can solve the challenges of land management through public policies and associated development activities compatible with the objectives of creation of each conservation unit. This research presents management mechanisms that can run institutionally, to implement the Mosaic of the Serra do Tabuleiro Protected Areas and Massiambú Lands located on the central coast of Santa Catarina and administered by the Fundação do Meio Ambiente FATMA (State Environmental Foundation). That mosaic involves the most comprehensive protection unit status and important Atlantic Forest remaining: the Serra do Tabuleiro. This study was carried out through documentary survey, interviews and identification of actions for the integrated and participatory management seeking to the opening of institutional spaces of articulation and reconciliation of interests.
Keywords: Política ambiental
Proteção ambiental
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Estado de Santa Catarina
metadata.dc.publisher.initials: UDESC
metadata.dc.publisher.department: Gestão sócio-ambiental
metadata.dc.publisher.program: Mestrado Profissional em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Sócio-Ambiental
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/2006
Issue Date: 3-Mar-2015
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Socioambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
126178.pdf3,21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.