Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.udesc.br/tede/tede/1925
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Silvicultura em pequenas e médias propriedades e a dinâmica da agricultura familiar no Planalto Sul de Santa Catarina
Other Titles: Forestry in small and medium properties and the dynamics of family farming in the southern highlands of Santa Catarina
metadata.dc.creator: Silva, Ramon Marcel da
metadata.dc.contributor.advisor1: Fert Neto, João
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho tem como objetivo de identificar, analisar e caracterizar os reflorestamentos de espécies exóticas implantados por pequenos proprietários no Planalto Sul de Santa Catarina, povoamentos esses aqui tratados como silvicultura familiar , e entender a dinâmica dessa silvicultura que é frequente na região mesmo sendo contraria da dinâmica de grandes empresas. Podendo formar uma hipótese sobre a existência de uma silvicultura familiar na região. A área de estudo fica na região do Planalto Serrano, conhecida como região da Amures, em uma altitude média de aproximadamente 856 metros, para atender a demanda dessas informações, confeccionou-se um questionário de perguntas rápidas utilizado na aplicação das entrevistas com os pequenos e médios proprietários rurais, que estão implantando povoamentos de espécies florestais exóticas do gênero pinus, onde se aplicou 60 questionários distribuídos de forma aleatória na região de estudo, para uma análise técnica, econômica e sociológica, área na qual compreendeu um raio de até 120 km das instalações unidade da empresa Klabin S.A. em Otacílio Costa (SC), onde existe alta concentração de pequenos e médios agricultores com reflorestamento de pinus. Para análise dos dados coletados fez-se uso de ferramentas da estatística descritiva, com médias e proporções. Após alguns dados coletados percebeu-se a necessidade de uma divisão dos questionários coletados, com isso surgiu duas categorias no trabalho, os MORADORES e os NÃO MORADORES das propriedades visitadas. Moradores aqui com características próprias de agricultores familiares, com menores propriedades, menores plantios, onde a mão-de-obra utilizada é a familiar para trabalhos na unidade de produção, com principal fonte de renda voltada para a agricultura, caracterizado também pela não utilização de pessoas especializadas para indicações em relação à forma de condução do povoamento, logo, com pouco manejo florestal resultando em florestas tipicamente utilizadas em fabricas de papel e celulose ou geração de energia. Diferentemente da categoria dos não moradores, pessoas com maior poder aquisitivo, maiores propriedades, em geral empresários da região que utilizam as terras apenas para investimentos futuros e lazer, entrevistados esses que na maioria também tem como intenção a finalidade da floresta para consumo em empresas de celulose e papel, já que é o fim predominante na região, mostrando essa tendência em relação a finalidade em ambas categorias, porém nesta mais baixa, além dessas características os não moradores fazem uso com maior frequência de técnicas de manejo como poda e desbaste buscando também outros fins para madeira, tentando obter maior valor agregado ao produto
Abstract: This study aims to identify, analyze and characterize the reforestation of exotic species deployed by smallholders in southern highlands de Santa Catarina, these stands here treated as "family forestry", and understand the dynamics of this forest that is common in the region even which contradicts the dynamics of enterprises. May form a hypothesis about the existence of family forestry in the region. The study area is in the mountainous plateau, known as the amures region, at an average altitude of approximately 856 meters, to meet the demand of this information, we made a survey region of quick questions used in the application of interviews with small and medium landowners rural, who are deploying stands of exotic forest species of the genus pinus, which applied 60 questionnaires distributed randomly in the study area, for a technical, economic and sociological analysis, in which area comprised a radius of up to 120 km from the location of the unit Klabin SA in Otacílio Costa (SC), where there is a high concentration of small and medium farmers with pine reforestation. To analyze the data collected made use of tools of descriptive statistics with means and proportions. After some data collected realized the need for a division of the questionnaires collected, it appeared two categories at work, the RESIDENTS and NO RESIDENTS of visited properties. Residents here with characteristics of farmers with smaller farms, smaller plantings, where hand labor is used for the family work on the farm, with the main source of income directed to agriculture, characterized also by not using people specialized to information regarding the manner of conducting the settlement, soon, with little forest management resulting in forests typically used in pulp and paper mills and power generation. Unlike the category of no residents, people with higher purchasing power, larger properties in general area entrepreneurs who use the land only for future investment and leisure, such that most respondents also is intended for the purpose of consumption of forest enterprises pulp and paper, since it is the predominant order in the region, showing the trend towards purpose in both categories, but this lower beyond these characteristics make use with these higher frequency of management techniques such as pruning and thinning also seeking other purposes wood, trying to capture more added value to the product
Keywords: silvicultura
agricultura familiar
produção florestal
forestry
family agriculture
forestry production
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Estado de Santa Catarina
metadata.dc.publisher.initials: UDESC
metadata.dc.publisher.department: Engenharia Florestal
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Engenharia Florestal
Citation: SILVA, Ramon Marcel da. Forestry in small and medium properties and the dynamics of family farming in the southern highlands of Santa Catarina. 2014. 89 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1925
Issue Date: 31-Oct-2014
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Florestal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PGEF14MA033.pdf734,77 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.