Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.udesc.br/tede/tede/1915
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Estrutura genética espacial, sistema de reprodução e fluxo de pólen em Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze em pequenas populações remanescentes em paisagem de campo e plantios florestais
Other Titles: Spatial genetic structure, mating system and pollen flow in small remnant populations of Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze in grasslands and forest plantations landscapes
metadata.dc.creator: Costa, Newton Clóvis Freitas da
metadata.dc.contributor.advisor1: Mantovani, Adelar
metadata.dc.description.resumo: O fluxo gênico é um dos componentes determinantes da persistência e adaptação das populações locais, podendo influenciar em suas propriedades ecológicas. Entender o comportamento desse fluxo em populações naturais ou alteradas é essencial para elaboração de planos eficazes de conservação pelo uso dos recursos naturais. Investigou-se a influência de plantios de Pinus no padrão de dispersão de pólen em populações remanescentes de Araucaria angustifolia (capões), por meio análises de paternidade com oito locos microssatélites. Para isso, amostraram-se dois capões em área de campo e dois em área de plantios de Pinus, localizados no planalto sul catarinense. Nas áreas de estudo (capões) foram mapeados e genotipados todos os 68 indivíduos machos reprodutivos e mais 400 sementes retiradas de 20 plantas matrizes (cinco por população). A análise de paternidade revelou que a distância média de polinização para a área de campo (170 m), foi maior do que para área de plantios de Pinus (67 m). O número efetivo de polinizadores (Nep) foi de 16,4 e 8,9 para área de campo e plantio de Pinus, respectivamente. Áreas de campo apresentaram uma taxa de imigração de pólen de 46% e áreas de plantio apresentaram 36%. Esses resultados são um indicio de que os plantios de Pinus podem agir como barreira ao fluxo de pólen, embora ainda ocorre fluxo através dos plantios. Verificou-se a presença de estrutura genética espacial não significativa para os indivíduos adultos em ambas as áreas, além de uma elevada diversidade genética (He, variando de 0,16 a 0,829), sem diferenças significativas, sugerindo a presença de um fluxo gênico histórico entre as áreas. Enquanto as sementes oriundas das matrizes em meio as áreas de campo não apresentaram índice de fixação significativos, as sementes oriundas das árvores em meio aos plantios de Pinus apresentarem índices de fixação significativos (F = 0,076, P<0,05). Tanto a população adulta quanto as sementes apresentaram alelos exclusivos, evidenciando que nem todos os indivíduos reprodutivos presentes nos remanescentes contribuíram para a formação da amostra de sementes, entretanto o fluxo de pólen externo contribuiu efetivamente para formação das sementes de dentro do capão
Abstract: Gene flow is a determining component of persistence and adaptation of local populations, and may influence their ecological properties. Understand the behavior of this flow in natural or altered populations is essential for developing effective conservation plans by the use of natural resources. We investigated the influence of Pinus plantations in the pollen dispersal patterns in remaining Araucaria angustifolia populations (patches), using paternity analysis with eight microsatellite locos. For this, we sampled two patches in the grassland area and two patches in the pine plantations area, located in southern Santa Catarina plateau. In the study areas all male reproductive individuals (68) and 400 seeds from 20 seed-tree (five per population) were mapped and genotyped. The paternity analysis revealed higher average distance of pollination for grassland area (170 m) than Pinus plantation area (67 m). The effective number of pollen donors (Nep) was 16.4 and 8.9 for grassland area and Pinus, respectively. Grassland areas showed a pollen immigration rate of 46%, and the plantation area showed a 36%. These results are an indication that the Pinus plantation can act as barrier to pollen flow, although, pollen dispersal occurs through plantings. There was no significant spatial genetic structure for adults, and high levels of genetic diversity were verified in both areas (He, ranging 0.16 to 0.829), with no significant differences, suggesting presence of historic gene flow between locals. While the seeds from natural grasslands seed-tree present no significant fixation index, the seeds from seed-tree located into Piuns plantations presented significant fixation indexes (F = 0.076, P<0.05). Both adult population and seeds showed private alleles, evidencing that not all possible reproductive individuals, in the remnants, contributed to seed sampled formation, however, pollen flow from outside contributed effectively to seed formation within patches
Keywords: dispersão de pólen
análise de paternidade
polinização pelo vento
taxa de imigração de pólen
fluxo gênico
florestamento com Pinus
pollen dispersal
paternity analysis
wind pollination
pollen immigration rate
gene flow
pinus forestation
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Estado de Santa Catarina
metadata.dc.publisher.initials: UDESC
metadata.dc.publisher.department: Engenharia Florestal
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Engenharia Florestal
Citation: COSTA, Newton Clóvis Freitas da. Spatial genetic structure, mating system and pollen flow in small remnant populations of Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze in grasslands and forest plantations landscapes. 2014. 76 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1915
Issue Date: 31-Jul-2014
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Florestal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PGEF14MA023.pdf1,13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.