Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.udesc.br/tede/tede/1508
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Estudo do comportamento mecânico da liga de alumínio AA 2124 com diferentes adições de partículas de silício
metadata.dc.creator: Buss, André Hekermann
metadata.dc.contributor.advisor1: Costa, César Edil da
metadata.dc.description.resumo: O alumínio vem a cada momento sendo mais solicitado pelas empresas, pois possui propriedades que atendem as suas principais expectativas, quando fala - se nas propriedades do alumínio tem se que citar a relação densidade / resistência mecânica e a boa resistência à corrosão. Algumas propriedades podem ser aprimoradas como, por exemplo, dispersando partículas duras, como é o caso da adição de partículas de silício, resultando num acréscimo da resistência ao desgaste. O silício agirá como um reforço ao material, e características como esta são bem vistas pelo mercado consumidor. Com um mercado crescente e receptivo em diferentes áreas, como o setor automobilístico, setor aeronáutico ou ainda em áreas militares, há a necessidade de se incrementar ainda os estudos com as ligas de alumínio. Neste contexto desenvolveu-se uma pesquisa voltada para da liga AA 2124, com adições de 13% e 17% em partículas de silício, obtidas via moagem em moinho de bolas por um tempo de 10h, numa relação de pó / bolas de 1:10. Os pós de silício foram peneirados e agrupados conforme distribuição granulométrica considerando tamanhos grandes (partículas entre 100 e 120 mesch), tamanho médio (partículas entre 200 e 270 mesch) e tamanhos pequenos (partículas menores do que 325 mesch). A obtenção do produto final foi através da mistura manual, e posterior compactação para a obtenção das pré formas e extrusão e quente numa temperatura de 500 oC. Com as barras de extrusão se destinaram algumas para o tratamento térmico de solubilização a 505 oC e envelhecimento a 190 oC por 12 hs. A caracterização mecânica das amostras foi feita através de dureza, resistência ao desgaste, tração, e caracterizadas estruturalmente via microscopia ótica e MEV, possibilitando a comparação entre os resultados e sem o tratamento térmico. Buscou - se identificar a influência da morfologia das partículas sobre as propriedades mecânicas do material. Com isto é possível obter um comparativo entre as propriedades e as condições morfológicas do material e prever algumas aplicações práticas.
Keywords: Liga de alunínio
Liga AA 2124
Comportamento mecãnico
Sícilio
metalurgia do pó
Metais
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICA::METALURGIA DE TRANSFORMACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Estado de Santa Catarina
metadata.dc.publisher.initials: UDESC
metadata.dc.publisher.department: Ciência dos Materiais
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais
Citation: BUSS, André Hekermann. Estudo do comportamento mecânico da liga de alumínio AA 2124 com diferentes adições de partículas de silício. 2002. 1 f. Dissertação (Mestrado em Ciência dos Materiais) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Joinville, 2002.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1508
Issue Date: 22-May-2002
Appears in Collections:Mestrado em Acadêmico em Ciência e Engenharia de Materiais

Files in This Item:
File SizeFormat 
Andre Hekermann Buss .pdf70,72 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.