Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.udesc.br/tede/tede/1502
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Verran, Guilherme Ourique
dc.creatorRebello, Marcos Antonio
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/index.jsppor
dc.date.accessioned2017-07-10T17:57:19Z-
dc.date.available2006-04-18
dc.date.available2017-07-10T17:57:19Z-
dc.date.issued2000-02-24
dc.identifier.citationREBELLO, Marcos Antonio. O uso de análise via CAE na fundição sob pressão de ligas de alumínio. 2000. 1 f. Dissertação (Mestrado em Ciência dos Materiais) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Joinville, 2000.por
dc.identifier.urihttp://tede.udesc.br/handle/handle/1502-
dc.description.resumoO uso de simulação para a analise de enchimento de um molde é um importante recurso para otimização de sistemas de canais, localização de bolsas de ar e determinação de parâmetros relativos ao processo de fundição sob pressão. Em função do alto investimento nos moldes para a fundição sob pressão, a simulação torna-se elemento de fundamental importância nas fundições que operam com peças injetadas. Porém, há uma escassez de trabalhos direcionados em assegurar a eficiência do software na otimização deste processo. No presente estudo, usou-se o software Magmasoft , para simular o enchimento de peças injetadas em alumínio. Primeiramente foram feitas comparações com simulações obtidas por diferentes processos de cálculos e diferentes graus de refinamentos de malhas, com objetivo de verificar a sensibilidade do software em relação a convergência de resultados. A seguir foi simulada uma peça simples, já pesquisada por outros autores através de modelos matemáticos diferenciados. O confronto da simulação feita com o material de literatura, mostrou perfil próximo de frente de avanço do metal. Embasado nestes resultados, partiu-se para a situação real com uma peça representativa, fundida em liga AlSi9Cu3. Foram injetados quatro lotes de amostras com velocidades distintas, sendo que três dos lotes apresentavam propositalmente os defeitos de solda fria e porosidade. Paralelamente, usando as informações do processo, as mesmas peças foram simuladas e comparadas através do monitoramento, nas simulações, do perfil da frente de enchimento e da distribuição de temperatura.por
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2017-07-10T17:57:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Marcos Antonio Rebello.pdf: 62475 bytes, checksum: c7f75da092a4bff7d4119324fb70ef07 (MD5) Previous issue date: 2000-02-24en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade do Estado de Santa Catarinapor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentCiência dos Materiaispor
dc.publisher.programMestrado em Ciência e Engenharia de Materiaispor
dc.publisher.initialsUDESCpor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectLigas de alumíniopor
dc.subjectAlumíniopor
dc.subjectFundição sob pressãopor
dc.subjectMetaispor
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICA::METALURGIA DE TRANSFORMACAO::FUNDICAOpor
dc.titleO uso de análise via CAE na fundição sob pressão de ligas de alumíniopor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Mestrado em Acadêmico em Ciência e Engenharia de Materiais

Files in This Item:
File SizeFormat 
Marcos Antonio Rebello.pdf61,01 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.