Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.udesc.br/tede/tede/1473
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Efeitos imediatos da terapia inalatória associada à fisioterapia respiratória na função e mecânica respiratória de crianças e adolescentes com fibrose cística
metadata.dc.creator: Gonçalves, Renata Maba
metadata.dc.contributor.advisor1: Schivinski, Camila Isabel Santos
metadata.dc.description.resumo: A expectativa de vida dos pacientes com fibrose cística (FC) depende da gravidade e da evolução do comprometimento pulmonar associado à doença. Portanto, é consenso clínico no manejo da doença a importância das terapêuticas direcionadas ao clearance mucociliar e à manutenção do quadro respiratório, como a terapia inalatória (TI) com a dornase-alfa (DNase) associada a fisioterapia respiratória. Portanto, o objetivo do estudo foi investigar o efeito imediato da DNase, 30 minutos após a nebulização e depois do uso do dispositivo de OOAF nos parâmetros de função pulmonar e mecânica respiratória. Conduziu-se um ensaio clínico, transversal, observacional, a população foi constituída por crianças/adolescentes entre 6 a 14 anos com FC, acompanhadas no ambulatório de FC do Hospital Infantil Joana de Gusmão (HIJG), Florianópolis/SC e de gravidade classificada de acordo com o Escore de Schwachman (ES). Foram incluídos os pacientes cuja estabilidade clínica foi constatada através do Cystic Fibrosis Clinical Score (CFCS) e do escore dos 11 sinais. As avaliações da função e mecânica respiratórias envolveram exames com o sistema de oscilometria de impulso (IOS) e espirometria como aparelho IOS Master Screen IOS, Erich Jaeger, Germany®, imediatamente e 30 minutos após a aplicação da DNase, e ainda após o uso do dispositivo de OOAF. A estatística foi conduzida através do software SPSS® 20.0 e a análise dos dados incluiu o teste de normalidade de Kolmogorov-smirnov e o teste de ANOVA para medidas repetidas para comparação dos parâmetros antes, imediatamente e 30 minutos após a aplicação de DNase. Adotou-se o nível de significância de 5% (p<0,05) em todos os testes. Participaram da pesquisa 15 crianças com FC, sendo 8 do sexo masculino, com média de idade de 8,73±2,60 anos. Da amostra total, 86,7% são eutróficos e a maioria classificados como excelentes pelo ES (40,0%). Houve redução significativa de impedância (Z) p=0,019, resistência a 5 hertz (R5) p=0,018, resistência a 20 hertz (R20) p=0,008, reatância (X ) e frequência de ressonância (Fres) p=0,014, imediatamente e 30min após a inalação com DNase e o uso da OOAF. Os parâmetros de função pulmonar não apresentaram diferença estatística significativa. Conclui-se que a aplicação da DNase associada ao uso da OOAF repercutiu em redução da impedância, reatância, resistências e frequência de ressonância em crianças e adolescentes com fibrose cística.
Keywords: mecânica respiratória
fibrose cística
criança
fisioterapia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Estado de Santa Catarina
metadata.dc.publisher.initials: UDESC
metadata.dc.publisher.department: Avaliação e intervenção em fisioterapia
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Fisioterapia
Citation: GONÇALVES, Renata Maba. Efeitos imediatos da terapia inalatória associada à fisioterapia respiratória na função e mecânica respiratória de crianças e adolescentes com fibrose cística. 2015. 2 f. Dissertação (Mestrado em Avaliação e intervenção em fisioterapia) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1473
Issue Date: 30-Jun-2015
Appears in Collections:Mestrado em Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Resumo Renata.pdf86,17 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.