Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.udesc.br/tede/tede/1468
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Influência da congestão pulmonar leve na atividade física de vida diária de pacientes em hemodiálise
Other Titles: Influence of mild pulmonary congestion in physical activity daily life of hemodialysis patients
metadata.dc.creator: Faria, Fernanda Roberta
metadata.dc.contributor.advisor1: Paulin, Elaine
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Yamaguti, Wellington P. dos S.
metadata.dc.description.resumo: Introdução: A doença renal crônica (DRC) é uma doença sistêmica, que pode comprometer diversos órgãos e tecidos na sua fase avançada. Em pacientes com DRC em hemodiálise (HD) é comumente observado o declínio do nível de atividade física e o acometimento específico do sistema respiratório que pode ser afetado tanto pela doença como pelo tratamento. A congestão pulmonar é uma alteração frequente nos pacientes com DRC. Contudo não há estudos que tenham analisado a influência da congestão pulmonar leve na atividade física de vida diária (AFVD) por meio de um monitor de atividades. Objetivo: O objetivo do presente estudo foi verificar a influência da congestão pulmonar leve na atividade física de vida diária dos pacientes com DRC submetidos a HD, assim como, conhecer o comportamento desses pacientes em relação à AFVD nos dias de HD e sem HD. Métodos: Tratou-se de um estudo com delineamento transversal no qual foram avaliados 30 pacientes com DRC estágio 5, de ambos os sexos e idade média de 49 ± 15 anos. Os pacientes foram avaliados em dois dias distintos e todas as avaliações foram realizadas no período pré-HD. No primeiro dia, os pacientes realizaram o exame de ultrassom torácico para avaliar a congestão pulmonar. No segundo dia, foram submetidos às seguintes avaliações: antropometria, prova de função pulmonar, prova de força muscular respiratória, força de preensão manual, classificação funcional de sintomas e o domínio funcionamento físico do questionário de qualidade de vida. A avaliação da AVFD foi realizada durante 7 dias consecutivos, de segunda a domingo por 12 horas diárias. Resultados: na análise de regressão linear observou-se que a congestão pulmonar leve influenciou a AFVD (p=0,009 F=7,97). O tempo ativo e o número de passos foram significativamente menores (p<0,05) nos dias de HD (113 ± 55 e 161 ± 69; respectivamente) quando comparados aos dias sem HD (3286 ± 1798 e 4422 ± 2202; respectivamente). A AFVD apresentou correlação com o domínio funcionamento físico (r= 0,35; p= 0,05). Na análise de regressão múltipla as variáveis que explicam o domínio funcionamento físico foram: idade (B= -0,96 p<0,001), classificação funcional de sintomas (B= -13,48 p<0,001), e força de preensão manual (B= 1,07 p=0,005). Conclusão: a congestão pulmonar leve influencia a AFVD de pacientes com DRC em estágio 5, contribuindo para o prejuízo da AFVD. Os pacientes são menos ativos nos dias de hemodiálise do que nos dias sem hemodiálise.
Abstract: Introduction: Chronic kidney disease (CKD) is a systemic disease, which can compromise several organs and tissues in its advanced stage. In CKD patients on hemodialysis (HD) is commonly observed the decline in physical activity and the specific involvement of the respiratory system that can be affected by both the disease and by the treatment. Pulmonary congestion is a frequent change in patients with CKD. However there are no studies that have analyzed the influence of mild pulmonary congestion in physical activity of daily living (PADL) by an activity monitor. Objective: The objective of this study was to investigate the influence of mild pulmonary congestion in physical activity of daily living of patients with CKD undergoing HD, as well as to know the behavior of these patients compared to PADL in the days of HD and non HD. Methods: This was a cross-sectional study that evaluated 30 patients with CKD stage 5, of both sexes, mean age 49 ± 15 years. Patients were evaluated on two different days and all the evaluations were conducted in pre- HD period. On the first day, patients underwent the examination of thoracic ultrasound to assess pulmonary congestion. On the second day, they underwent the following ratings: anthropometry, pulmonary function test, test respiratory muscle strength, grip strength, functional classification of symptoms and physical functioning domain of the questionnaire of quality of life. The evaluation of AVFD was held for 7 consecutive days, from Monday to Sunday for 12 hours. Results: the linear regression was observed that mild pulmonary congestion influenced PADL (F = 0.009 p = 7.97). The active time and the number of steps were significantly lower (p <0.05) HD in days (113 ± 55 and 161 ± 69, respectively) compared to those without HD days (3286 ± 1798 and 4422 ± 2202, respectively) . The PADL correlated with physical functioning domain (r = 0.35; p = 0.05). In multiple regression analysis, the variables that explain the domain "physical functioning" were age (B = -0.96 p <0.001), functional classification of symptoms (B = -13.48 p <0.001), and grip strength Manual (B = 1.07 p = 0.005). Conclusion: mild pulmonary congestion influences PADL CKD patients in stage 5, contributing to the injury of PADL. Patients are less active in hemodialysis day than in those without hemodialysis days.
Keywords: doença renal crônica
congestão pulmonar leve
atividade física de vida diária
chronic kidney disease
mild pulmonary congestion
physical activity of daily living
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Estado de Santa Catarina
metadata.dc.publisher.initials: UDESC
metadata.dc.publisher.department: Avaliação e intervenção em fisioterapia
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Fisioterapia
Citation: FARIA, Fernanda Roberta. Influence of mild pulmonary congestion in physical activity daily life of hemodialysis patients. 2015. 4 f. Dissertação (Mestrado em Avaliação e intervenção em fisioterapia) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1468
Issue Date: 26-Jun-2015
Appears in Collections:Mestrado em Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Resumo Fernanda Faria.pdf80,11 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.