Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.udesc.br/tede/tede/1457
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Análise da função motora e sua relação com o desempenho escolar no ensino fundamental
Other Titles: Analysis of motor function and the relationship to academic performance in elementary school
metadata.dc.creator: Pacheco, Sheila Cristina da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Ries, Lílian Gerdi Kittel
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Bobbio, Tatiana Godoy
metadata.dc.description.resumo: Pesquisadores tem demonstrado uma relação entre as funções cognitivas e motoras. Há evidencias que o desempenho escolar está diretamente relacionando ao nível de proficiência motora. Os primeiros anos escolares fornecem uma base sólida para as habilidades motoras as quais são necessárias para os anos escolares mais avançados. Portanto, é fundamental avaliar as habilidades motoras de crianças em idade escolar que estejam em anos do ensino fundamental. O objetivo deste estudo foi investigar a relação entre a função motora e o desempenho escolar em idades 8-11 anos. De forma especifica, foi analisada qual a área motora que mais se relaciona com o desempenho escolar na idade investigada e se haveria relação entre a coordenação entre os membros e o desempenho escolar. As habilidades motoras e escolares foram investigadas em 101 crianças provenientes de escolas públicas. Utilizou-se como instrumentos de medidas o Bruininks-Oseretsky Test of Motor Proficiency 2 (BOT-2) (Controle Motor Fino, Coordenação Manual, Coordenação Corporal, e Força & Agilidade) e o Teste de Desempenho Escolar (TDE). As crianças foram classificadas utilizando percentis Baixo (menor ou igual a 25%), na Média (maior que 25% e menor que 75%) e Alto (maior ou igual a 75%), obtido de acordo com o escore bruto de desempenho escolar. Crianças consideradas na média não foram incluídas neste estudo. Para examinar a associação entre a função motora e o desempenho escolar entre os grupos Baixo e Alto foram utilizadas análises por Test T e regressão logística. Os resultados indicaram uma diferença significativa entre os grupos para a Composição Motora Total (p <0,001) que favorecia o grupo Alto. As análises por regressão logística indicaram uma relação significativa entre o desempenho escolar e motor, especialmente, na Coordenação Corporal. Ao analisar os subtestes de Coordenação Corporal (Coordenação Bilateral e Equilíbrio), somente a Coordenação Bilateral demonstrou ser significante, com maior impacto sobre o desempenho escolar. Os resultados apoiam a estreita relação entre o comportamento motor e o desempenho escolar, principalmente de coordenação entre os membros em crianças de 8 a 11 anos de idade.
Abstract: Researches have been indicating a close relationship between cognitive and motor function. There is evidence that academic performance is closely related to the level of motor proficiency. First school years provide a solid base for more integrated motor skills required in upper grades. Therefore, it is crucial to test elementary school-aged children early on motor skill ability. The purpose of this study was to investigate the relationship between motor function and school performance at ages 8-11 years. Besides this, we were also interested in if there was a specific type of motor function that may be an influencing factor at this age, specially, interlimb coordination. Motor and academic skills were examined in 101 Brazilian children from three public school using the Bruininks-Oseretsky Test of Motor Proficiency (BOT-2) (Fine Manual Control, Manual Coordination, Body Coordination, and Strength & Agility) and Academic Performance Test (APT). Children were classified using percentiles representing LOW (less than or equal to 25%), AVERAGE (between greater than 25% and less than 75%) and HIGH (greater than or equal to 75%). Children considered AVERAGE were not included in this study. T test and regression logistic analyses were used to examine the association between motor function and academic performance (classified as low and high). Results indicated a significant difference between groups for Total Motor Composite (p<.001) favoring the High group. Regression analyses revealed a significant relation between academic and motor performance, specially, Body Coordination. Of the subtests of Body Coordination (Bilateral Coordination and Balance), Bilateral Coordination accounted for the highest impact on academic performance. The results support the close relationship between the motor and academic performance, especially in activities involving the interlimb coordination in children of 8-11 years.
Keywords: desenvolvimento infantil
destreza motora
desempenho psicomotor
baixo rendimento escolar
child development
motor skills
psychomotor performance
underachievement
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Estado de Santa Catarina
metadata.dc.publisher.initials: UDESC
metadata.dc.publisher.department: Avaliação e intervenção em fisioterapia
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Fisioterapia
Citation: PACHECO, Sheila Cristina da Silva. Analysis of motor function and the relationship to academic performance in elementary school. 2014. 3 f. Dissertação (Mestrado em Avaliação e intervenção em fisioterapia) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1457
Issue Date: 15-Aug-2014
Appears in Collections:Mestrado em Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RESUMO - Sheila C S Pacheco.pdf59,46 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.