Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.udesc.br/tede/tede/1342
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Vegetação de áreas úmidas (banhados) em campos naturais no Planalto Sul Catarinense: espacialização e métricas da paisagem, diversidade e distribuição florística
Other Titles: Vegetation of wetlands (banhados) in native meadows on Catarinense South Plateau: spacialization and landscape metrics, diversity and floristic distribution
metadata.dc.creator: Magalhães, Tatiana Lobato de
metadata.dc.contributor.advisor1: Mantovani, Adelar
metadata.dc.description.resumo: As áreas úmidas são ecossistemas que apresentam um grande número de espécies vegetais, podendo incluir espécies ameaçadas, endêmicas e de interesse econômico. Entretanto, os estudos sobre esses ambientes ainda são incipientes, sobretudo no Planalto Sul de Santa Catarina. Os objetivos deste estudo foram: 1. Testar técnicas de classificação digital para mapear áreas úmidas e analisar o seu padrão de tamanho, forma e densidade de ocorrência na paisagem; 2. Levantar as espécies botânicas, seus aspectos ecológicos e potencialidades econômicas; 3. Analisar a distribuição espacial das espécies. Para o mapeamento utilizou-se uma imagem Landsat-5 e ortoimagens digitais, que foram processadas nos programas ArcGIS 9.3, ENVI 4.7 e ENVI EX; as métricas da paisagem foram analisadas no programa FRAGSTATS 4.0. O levantamento florístico foi realizado em ago/2011-jan/2013, em três áreas: municípios de Bom Jardim da Serra, Lages (localidade de Coxilha Rica) e Painel. Foram analisados os aspectos sobre o hábito, a forma de vida, a frequência, a classe de altura e a citação de potencial de uso econômico e indicação de status de conservação das espécies. Os dados sobre a distribuição das espécies foram coletados em jan-fev/2012, em seis transecções (4x27 m), alocadas no sentido margem-centro de três banhados (n= 168). A análise de ordenação utilizada foi Non-metric Multidimensional Scaling (NMDS), aplicada em duas etapas: entre áreas e nas transecções, utilizando o programa R 2.15. A classificação digital se mostrou satisfatória e os banhados representaram 12% da paisagem; frequência de um banhado/10 hectares; a área ocupada por banhado apresentou grande amplitude (0,01-37 ha), sendo em sua maioria com < 2 ha. A riqueza total foi de 156 espécies, distribuídas em 96 gêneros e 47 famílias. As famílias de maior riqueza foram Poaceae (26 spp.), Asteraceae (23) e Cyperaceae (23), enquanto 24 famílias foram representadas por uma espécie cada. A maior parte das espécies foi classificada como de hábito herbáceo (124); as formas de vida mais comuns foram anfíbias (107) e emergentes (30) e a freqüência foi a comum (77). A classe de altura que abrigou o maior número de espécies foi a III (&#8805; 50 e < 100 cm). Entre as espécies com potencial de uso (61), se destacaram as bioativas (30) e foram observadas também espécies ameaçadas de extinção (quatro), endêmicas (três), espécies caracterizadas como indicadores de estado de conservação de campos de altitude (38) e espécies indicadoras de turfeiras (quatro). A diversidade florística encontrada foi considerada alta (Shannon: 3,32; 3,53 e 3,62) e as áreas apresentaram 17 espécies em comum. Com relação à análise de ordenação, foi observada a formação de duas zonas: marginal (&#8804; 7 m) e central (> 7 m), e as espécies encontradas na zona marginal representaram 70%, do total de espécies amostradas. Os dados obtidos neste estudo são importantes para o reconhecimento da importância da conservação desse ecossistema, assim como para o entendimento dos processos ecológicos que ocorrem nesses ambientes
Abstract: Wetlands are ecosystems which embrace a great number of botanical species and they may include endangered and endemic species and others with economic potentialities. However, the studies of these environments are still in their beginnings, mostly those about Santa Catarina&#8223;s South Plateau. The main aims of this study were: 1. to test digital classification techniques on wetlands mapping and to analyze their size pattern, the forms and density of their landscape occurrence; 2. to list botanical species, their ecological aspects and their economic potentialities; 3. to establish the spatial distribution of species. In order to mapping, a Landsat-5 image and some digital ortoimages were used, they were processed with ArcGIS 9.3, ENVI 4.7 and ENVI EX softwares; metrics in landscape were analyzed with FRAGSTATS 4.0 software. The floristic survey was made in Aug./2011-Jan./2013 in three areas: Bom Jardim da Serra, Lages (Coxilha Rica) and Painel cities. Habits, life forms, frequency of species, stature classes, species economical potential uses and conservation status indicators were analyzed. Data about species distribution were collected in Jan.-Feb./2012, by means of six transects (4x27 m), placed in the three research wet areas, from border to center (n=168). The ordering analysis applied was non-metric multidimensional scaling (NMDS), used in two stages: among areas and in the transections, using R 2.15 software. Digital classification showed up as a satisfactory one and wetlands represented 12% of the landscape; frequency of one wetland/10 hectare; the area occupied by wetlands presented a great largeness (0,01-37 ha.), most with less than 2 ha. Total richness was of 156 species, distributed in 96 genera and 47 families. Families with greater richness, were Poaceae (26 spp.), Asteraceae (23) and Cyperaceae (23), while 24 families were represented by one specie each. The most common habit was herbaceous (124), life forms were amphibians (107) and emergent (30); the majority of species had a regular frequency classification (77); the stature class with a bigger number of species was class III (&#8805; 50 e < 100 cm). Among species with economical uses (61), pointed out the bioactive ones (30) and also were observed endangered (four) and endemic species (three); as well as some high land grasslands conservation status indicator species (38) and turf indicator species (four). Floristic diversity was considered high (Shannon: 3.32; 3.53 e 3.62), and the three areas showed 17 species in common. Regarding to the ordination analyses, two zones were observed: border (&#8804; 7 m) and center (> 7 m), border species represented 70%, of total species collected. Dates achieved in this study shall be important helping to recognize the preservation significance of these ecosystems, as well as helping to understand the ecological processes that occur in these environments
Keywords: áreas úmidas de altitude
levantamento florístico
macrófitas aquáticas
sensoriamento aplicado
conservação da biodiversidade
altitude wetlands
floristic survey
aquatic macrophytes
applied remote sensing
biodiversity conservation
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Estado de Santa Catarina
metadata.dc.publisher.initials: UDESC
metadata.dc.publisher.department: Produção Vegetal
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Produção Vegetal
Citation: MAGALHÃES, Tatiana Lobato de. Vegetation of wetlands (banhados) in native meadows on Catarinense South Plateau: spacialization and landscape metrics, diversity and floristic distribution. 2013. 211 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1342
Issue Date: 25-Jul-2013
Appears in Collections:Mestrado em Produção Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PGPV13MA117.pdf6,13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.