Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/97
Tipo do documento: Dissertação
Título: Processo de liderança no contexto da geração Y : um estudo em organizações de base tecnológica
Autor: Winckler, Ana Cristina Freitas Goedert 
Primeiro orientador: Alperstedt, Graziela Dias
Resumo: Esta dissertação objetivou analisar como se caracteriza o processo de liderança no contexto da Geração Y em empresas de base tecnológica da cidade de Florianópolis. A entrada de uma nova geração no mercado de trabalho, as dificuldades em atrair e reter talentos, a transformação nas relações no trabalho em consonância com o início da Era do Conhecimento e o fortalecimento do paradigma da complexidade foram fatores que incentivaram o desenvolvimento da presente pesquisa. A natureza do trabalho apresentado é qualitativa, do tipo descritiva, com delineamento de estudo de multicaso. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com 16 profissionais, entre gestores, profissionais de recursos humanos e profissionais da Geração Y, em três empresas de tecnologia que estavam vivenciando momentos distintos de sua trajetória. As categorias estudadas e abordadas na fundamentação teórica foram a Geração Y, abrangendo os jovens nascidos entre 1980 e 1990, e o processo de liderança. Os resultados demonstraram que as três empresas, apesar de não possuírem ações dirigidas para a geração Y, têm adotado posturas que vão ao encontro das necessidades e características dessa geração. Dentre essas características estão a motivação atrelada a novos desafios, o forte conhecimento tecnológico, o comportamento participativo, a inquietude, a personalidade individualista e crítica, a visão de curto prazo, a criatividade e a busca pela flexibilidade e pela informalidade no ambiente de trabalho. As empresas, por sua vez, apesar de estarem fundamentadas numa estrutura hierárquica top-down, apresentam um processo de liderança mais descentralizado, valorizando as relações no trabalho, as quais são constituídas com base no conhecimento técnico e na delegação, e caracterizadas pela autonomia com responsabilidade. Verificou-se que as empresas estão implantando programas de sugestões, de desenvolvimento individual e abrindo espaço para contestação, sugerindo uma evolução nos seus processos de liderança, de forma a atender às necessidades do setor, da nova geração de profissionais, e na direção de uma liderança mais complexa.
Abstract: This dissertation had the objective to analyze how the leadership process is characterized in the context of Y Generation based in Information Technology (IT) companies located at Florianópolis. The factors that motivated this research were a new generation beginning in the labor market, the difficulties to attract and retains talents in the companies, the changes in the labor relations in accordance with the development of Knowledge Era and the strengthening of the complexity paradigm. The nature of this work is qualitative, descriptive and multi-case study. Semistructured interviews were conducted with 16 professionals, among managers, human resources professional and Y generation employees into three IT companies that was experiencing different moments of their ways. The categories studied and analyzed were Y Generation, considering the young people was born between 1980 and 1990, and the leadership process. The results demonstrated that the three companies, despite they don`t have actions directed to the Y Generation, they are adopting postures in accordance with the needs and characteristics of this generation. Among these characteristics are the motivation linked with new challenges, the technological knowledge, the participatory behavior, the restlessness, the individual and critical personality, the long-short vision, the creativity and the search for flexibility and informality in the work. The companies, on the other hand, although they are based on a hierarchical structure top-down, present a decentralized leadership process, valuing labor relations that are constituted based in technical knowledge and delegation, and characterized by autonomy with responsibility. It was verified that the companies studied are implementing suggestion programs, plans of individual development and opening spaces for contestation. This is suggesting an evolution in the leadership processes, in the way to answer the needs of technological industry, the young professionals and for a more complexity leadership.
Palavras-chave: Liderança
Geração Y
Processo de liderança
Complexidade na liderança
Relações no trabalho
Y Generation
Ladership process
Complexity leadership
Labor relations
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Administração
Programa: Mestrado em Administração - Profissionalizante
Citação: WINCKLER, Ana Cristina Freitas Goedert. Processo de liderança no contexto da geração Y : um estudo em organizações de base tecnológica. 2013. 117 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/97
Data de defesa: 26-Mar-2013
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional - Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
anacristina.pdf812,99 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.