Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/961
Tipo do documento: Dissertação
Título: Biometria testicular de touros da raça Crioula Lageana
Título(s) alternativo(s): Testicular biometry of the Crioula Lageana breed bulbs
Autor: Cardoso, Cristina Perito
Primeiro orientador: Martins, Edison
Resumo: O projeto teve por objetivo estudar os parâmetros morfológicos testiculares de touros da raça bovina Crioula Lageana, uma raça que esteve ameaçada de extinção e hoje encontra-se em processo de recuperação através de uma associação de criadores. O experimento foi realizado nos rebanhos de preservação genética da raça, vinculados à Associação Brasileira de Criadores de Bovinos da Raça Crioula Lageana, localizados na região dos Campos de Lages, Estado de Santa Catarina, onde foram examinados 60 animais com idade entre 18 e 144 meses. Os animais foram agrupados em quatro tratamentos de acordo com a idade, sendo o Tratamento I formado por animais de 18 meses de idade, o Tratamento II por animais de idade entre 24 e 36 meses, o Tratamento III por animais com idade entre 48 e 60 meses e o Tratamento IV por animais com idade de 72 meses ou mais. Os parâmetros estudados foram: a) circunferência escrotal (CE); b) comprimento e largura testicular; c) volume testicular e d) formato testicular. As médias para os parâmetros estudados foram de 29,50 + 2,94; 33,68 + 2,52; 35,16 + 2,83 e 36,62 + 3,19cm para a CE; 9,49 + 0,85; 10,79 + 1,00; 11,70 + 1,58 e 12,13 + 1,91cm para comprimento testicular; 5,80 + 0,70; 6,47 + 0,58; 7,12 + 0,74 e 7,15 + 0,68cm para largura testicular e 510,05 + 147,86; 720,96 + 181,82; 957,43 + 315,45 e 992,09 + 262,64cm³ para volume testicular, respectivamente para os grupos I, II, III e IV. Quanto ao formato prevaleceu o longo-moderado, seguido do formato moderado-oval, longo e oval-esférico, respectivamente com 60,83%; 30%; 7,5% e 1,67%. O maior aumento na CE foi observado em animais com idade entre 18 e 24 meses. Os testículos apresentaram aumento de volume até os cinco anos de idade. O formato testicular mais freqüente em touros da raça Crioula Lageana é o longo-moderado em todas as faixas etárias avaliadas. Os parâmetros morfológicos avaliados indicam que os testículos dos touros da raça estudada assemelham-se aos descritos em zebuínos e raças sintéticas obtidas de cruzamentos de zebuínos e taurinos
Abstract: The purpose of this experiment was to study the testicular morphologic parameters of the Crioula Lageana breed bulls, a breed that was threatened by extinction and, nowadays it is in recovery process through an association of creators. The experiment has developed with flocks of genetic preservation of the breed, linked to the Associação Brasileira de Criadores de Bovinos da Raça Crioula Lageana, located in Lages, Santa Catarina/Brazil. Sixty animals were evaluated with age between 18 and 144 months. The animals were divided in four treatments according to age: Treatment I, animals with 18 months of age; Treatment II, animals between 24 and 36 months of age; Treatment III, animals between 48 and 60 months of age; and Treatment IV, animals with 72 months or more. The researched parameters were: a) scrotal circumference (SC); b) length and testicular width; c) testicular volum and d) testicular form. Averages for the researched parameters were of 29,50 + 2,94; 33,68 + 2,52; 35,16 + 2,83 and 36,62 + 3,19cm for SC; 9,49 + 0,85; 10,79 + 1,00; 11,70 + 1,58 and 12,13 + 1,91cm for testicular length; 5,80 + 0,70; 6,47 + 0,58; 7,12 + 0,74 and 7,15 + 0,68cm for testicular width and 510,05 + 147,86; 720,96 + 181,82; 957,43 + 315,45 and 992,09 + 262,64cm³ for testicular volum, for groups I, II, III and IV, respectively. In relation to the format the moderate long way prevailed, followed by the moderate-oval, long and ovalspherical way, respectively with 60,83%; 30%; 7,5% and 1,67%. The largest increase in SC was observed in animals with age between 18 and 24 months. The testicles presented volume increase until five-years of age. The Crioula Lageana breed bulls showed dominance of testicles in the moderate long way, in all age groups. The appraised morphologic parameters indicate that the testicles of the studied bulls resemble each other to the described in zebuine animals and for synthetic breeds of crossings between taurine and zebuine
Palavras-chave: Reprodução animal
Bovino de corte
Animal reproduction
Beef cattle
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::REPRODUCAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Ciências Veterinárias
Programa: Mestrado em Ciência Animal
Citação: CARDOSO, Cristina Perito. Testicular biometry of the Crioula Lageana breed bulbs. 2006. 78 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/961
Data de defesa: 27-Mar-2006
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciência Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
PGCV06MA011.pdf466,89 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.