Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/851
Tipo do documento: Dissertação
Título: Influência da contaminação bacteriana sobre os parâmetros espermáticos de suínos e perfil de resistência dos agentes isolados
Autor: Batista, Franciane 
Primeiro orientador: Vaz, Eliana Knackfuss
Resumo: A Inseminação Artificial é uma biotécnica da reprodução bem estabelecida e aplicada na suinocultura atual, cujo objetivo principal é a maximização do uso dos ejaculados, mantendo e melhorando a eficiência reprodutiva. Entretanto, quando há contaminação bacteriana no sêmen, pode haver sério comprometimento para a viabilidade espermática. Doses inseminantes com contaminação bacteriana apresentam diminuição da motilidade e do pH, aumento da aglutinação, de anormalidades do acrossoma e de células mortas. O objetivo deste trabalho foi pesquisar a contaminação bacteriana em sêmens coletados em centrais de inseminação artificial e relacionar com suas qualidades quantitativas e qualitativas, além de testar a sensibilidades dos agentes isolados frente a diferentes antibióticos. Foi coletado sêmen suíno de três centrais de inseminação artificial em diferentes regiões do estado de Santa Catarina. Essas amostras foram submetidas à análise microbiológica no Centro de Diagnóstico Microbiológica Animal CAV-UDESC, onde foi realizado o isolamento, identificação, contagem bacteriana além dos antibiogramas. Estas mesmas amostras foram também avaliadas quanto à motilidade, vigor, aglutinações e concentração. Para esta avaliação foram utilizados dados fornecidos pela empresa. Foram realizados esfregaços das amostras de sêmen e corados com eosina-negrosina para a avaliação da morfologia espermática. Os dados foram submetidos à análise de variância utilizando-se o procedimento GLM do pacote estatístico SAS. Houve isolamento de 17 diferentes gêneros bacterianos, entre os quais os mais freqüentes foram Staphylococcus sp. (26,43%) Proteus sp. (20,53%), Escherichia coli (9,47%), Pseudomonas sp. (11,05%), porém não houve uma correlação significativa (P>0,05) quando comparados o número de unidade formadora de colônia /mL do sêmen com motilidade, concentração e alterações morfológicas. Foi encontrado um efeito isolado do gênero Staphylococcus sp. P(<0,05) provocando uma diminuição na motilidade dos espermatozóides das amostras onde o mesmo foi isolado. A maioria dos agentes bacterianos mostrou-se resistentes aos antibióticos comercias testados que foram aqueles mais utilizados para diluição de sêmen nas centrais de inseminação artificial
Abstract: Artificial insemination is a established and applied biotech of reproduction to the current swine production, which main objective is to maximize the use of ejaculated, maintaining and improving reproductive efficiency. However, when there is a bacterial contamination in the semen, may be seriously impaired for sperm viability. Inseminated doses with bacterial contamination have reduced motility and pH, increase of agglutination, abnormalities of the acrosome and dead cells. The objective of this study was to investigate the bacterial contamination in semen collected in boar studs and relate it to quantitative and qualitative semen qualities, and test the sensitivities of the isolated agent using different antibiotics. Boar semen was collected from three artificial insemination centers in different regions of the state of Santa Catarina. These samples were analyzed at the Centro de Diagnóstico Microbiológico Animal CAV-UDESC, where it was performed the isolation, identification, bacterial count besides the antibiograns. The same samples were also evaluated for motility, vigor, concentration and agglutination. For this evaluation it was used data provided by the company. Smears were prepared from semen samples and stained with eosin-negrosina for the evaluation of sperm morphology. The data were subjected to analysis of variance using the GLM procedure of SAS statistical package. There was isolated 17 different bacterial genera, among which the most frequent were Staphylococcus sp. (26.43%), Proteus sp. (20.53%), Escherichia coli (9.47%), Pseudomonas sp. (11.05%), but there was not a significant correlation (P> 0.05) when comparing the number of colony forming unit / mL of semen with motility, concentration and morphological changes. It was found an isolated effect of the genus Staphylococcus sp. (P <0.05) causing a decrease in sperm motility of the samples where it was isolated. Most bacterial pathogens showed resistant to commercial antibiotics tested which refers to those used in the preparation of the inseminated doses from the boar studs
Palavras-chave: sêmen
suíno
contaminação bacteriana
antibiograma
semen
boar
bacterial contamination
antibiograma
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Ciências Veterinárias
Programa: Mestrado em Ciência Animal
Citação: BATISTA, Franciane. Influência da contaminação bacteriana sobre os parâmetros espermáticos de suínos e perfil de resistência dos agentes isolados. 2011. 40 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/851
Data de defesa: 9-Nov-2011
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciência Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
PGCA11MA086.pdf496,33 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.