Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/812
Tipo do documento: Dissertação
Título: Intoxicação espontânea e experimental por folhas e frutos de erythroxylum deciduum (cocão) em ovinos no Estado de Santa Catarina
Título(s) alternativo(s): Spontaneous and experimental poisoning by the leaves and fruits of Erythroxylum deciduum (cocão) in sheep in the State of santa catarina
Autor: Borelli, Vanessa 
Primeiro orientador: Gava, Aldo
Resumo: Descreve-se uma enfermidade em ovinos de ocorrência sazonal, caracterizada por manifestações nervosas e morte rápida, nos municípios de Rancho Queimado e Ponte Alta do Sul, no estado de Santa Catarina. Alguns produtores relacionavam a doença ao consumo de frutos de uma árvore conhecida como cocão (Erythroxylum deciduum), cuja toxidez já foi descrita anteriormente. Em virtude da ausência de frutos maduros desta árvore por ocasião da ocorrência dos surtos no município de Rancho Queimado, foram realizados experimentos em ovinos com as folhas da planta que mostraram sinais de terem sido consumidos e, cuja toxidez ainda não tinha sido demonstrada. A doença foi reproduzida experimentalmente em ovinos com a administração de brotações de troncos e com as folhas jovens de E. deciduum, com doses letais a partir de 10 e 15g/kg, respectivamente. O início da manifestação dos sintomas ocorreu entre 0 e 2 horas após a administração das folhas ou dos frutos e a evolução da doença foi de 10 minutos a 18 horas. As folhas maduras em doses de até 20 g/kg não causaram sintomas de intoxicação. Em um único experimento com os frutos a dose 15 g/kg foi letal. Nestes experimentos os sinais clínicos observados foram depressão e sonolência e, quando os animais eram movimentados, incoordenação motora, desequilíbrio, quedas, dificuldade para se levantar, estação com os membros abertos. Ainda foram observados salivação intensa, regurgitação, aumento das freqüências cardíaca e respiratória. Em um animal no qual foi realizado eletrocardiograma, foi constatado taquicardia, arritmia e fibrilação. Os sinais clínicos e a morte são agravados quando os animais são movimentados. Os animais que morreram pela intoxicação espontânea e experimental não revelaram alterações macroscópicas e microscópicas importantes. Conclui-se que o corte das árvores permite que o tronco rebrote, favorecendo a ingestão da planta pelos ovinos. Este fato e a disponibilidade de frutos maduros que caem ao chão, são responsáveis pela doença com sinais nervosos em ovinos que ocorrem nos meses de verão em certas propriedades do Estado de Santa Catarina
Abstract: A disease in sheep with seasonal occurrence, characterized by nervous manifestations and rapid death in the municipalities of Rancho Queimado and Ponte Alta do Sul, State of Santa Catarina, is describd. Some farmers related the disease to consumption of fruits from a tree known as "cocão" (Erythroxylum deciduum), the toxicity of which has been described previously. Because of the absence of mature fruits of this tree at the occurrence of outbreaks in the municipality of Rancho Queimado, experiments were performed in sheep with the leaves of the plant, that showed signs of having been consumed, buy its toxicity had not yet been demonstrated. The poisoning was reproduced experimentally in sheep by the administration of shoots from the stems and young leaves of E. deciduum at lethal doses of 10 and 15g/kg, respectively. The onset of symptoms occurred from 0 to 2 hours after administration of the leaves, and the disease had a course of 10 minutes to 18 hours. Mature leaves at doses up to 20 g/kg did not cause symptoms of poisoning. In a single experiment with the fruits, the dose of 15 g/kg was lethal. In the experiments, the clinical signs were depression and somnolence, and when the animals were moved, motor incoordination, imbalance, falls, difficulty to get up, and station with open legs. Also intense salivation, regurgitation, increased heart rate and breathing were observed. In one animal, on which an electrocardiogram was conducted, tachycardia, arrhythmia and fibrillation were recorded. The clinical signs and death were exacerbated when animals are moved. The animals that died by the spontaneous and experimental poisoning revealed no important gross lesions and microscopic changes. It could be concluded that the cut allows the regrowth of sprouts from the stems, encouraging intake of the plant by sheep. This fact and the availability of ripe fruits that fall off the tree, are responsible for this disease with nervous signs in sheep that occurs during the summer months on certain farms in the state of Santa Catarina
Palavras-chave: Erythroxylum deciduum
cocão
plantas tóxicas
ovino
Erythroxylum deciduum
cocão
poisoning plants
sheep
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Ciências Veterinárias
Programa: Mestrado em Ciência Animal
Citação: BORELLI, Vanessa. Spontaneous and experimental poisoning by the leaves and fruits of Erythroxylum deciduum (cocão) in sheep in the State of santa catarina. 2009. 39 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/812
Data de defesa: 8-Abr-2009
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciência Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
PGCV09MA027.pdf10,7 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.