Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/695
Tipo do documento: Dissertação
Título: Cristian Segura um artista de dispositivos : índice, simulacro e atlas
Título(s) alternativo(s): Cristian Segura a device s artist: index, simulacra and atlas
Autor: Amarante, Joana Aparecida da Silveira do 
Primeiro orientador: Cherem, Rosângela Miranda
Resumo: Esta dissertação aborda a produção de Cristian Segura (Tandil, Argentina, 1976). Curador, gestor cultural e artista, suas obras versam sobre questões relacionadas aos espaços expositivos e às instituições museológicas, bem como os espaços de memória das cidades. Através de entrevistas realizadas ao longo de 2012 e 2013, construiu-se um estudo aproximando as suas referências artísticas e conceituais. Através de um diálogo com Victor Grippo, referência para Cristian Segura, e uma aproximação ao artista francês Marcel Duchamp, quanto ao seu modus operandi quase industrial, percebe-se que o artista busca questionar e transgredir a instituição museológica, através de seus próprios dispositivos. Esses dispositivos, pensados a partir da leitura aprofundada de Giorgio Agamben sobre Michel Foucault, podem ser desdobrados em índices, simulacros, panópticos e atlas/arquivos. Para tanto, são utilizados, também, os teóricos: Rosalind Kraus, Jean Baudrillard, Giorgio Agamben, Michel Foucault, Georges Didi-Huberman e André Malraux, bem como a literatura de Adolfo Bioy Casares. A partir desse referencial conceitual, delineou-se um perfil do artista Cristian Segura aproximando seu trabalho artístico aos conceitos supracitados como forma de se perceber os espaços institucionais através de um outro olhar.
Abstract: This dissertation addresses the works of Cristian Segura (Tandil, Argentina, 1976). Curator, cultural manager and artist, his works debate over issues related to exhibition spaces and museological institutions, as well as memory spaces of cities. By means of interviews performed throughout 2012 and 2013, a study a narrowing his artistic and conceptual references was built. Dialoguing with Victor Grippo, artistic reference to Cristian Segura, and approximating with the French artist Marcel Duchamp, and his almost industrial modus operandi, we perceive Segura`s pursuance in questioning and transgressing the museological institutions with their own devices. These devices, thought over from the profound reading of Giorgio Agamben over Michel Foucault, can be deployed as indexes, simulacra, panoptic and atlas/archives. For that, Rosalind Kraus, Jean Baudrillard, Giorgio Agamben, Michel Foucault, Georges Didi-Huberman, André Malraux and Adolfo Bioy Casares are also used as basis. From the conceptual referential, a profile of Cristian Segura was outlined, narrowing his artistic works with the aforementioned concepts as a mean to perceive the institutional spaces with a different view.
Palavras-chave: Segura, Cristian
Artistas
Dispositivo
Índice
Simulacro
Atlas
Devices
Index
Simulacra
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Artes Visuais
Programa: Mestrado em Artes Visuais
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/695
Data de defesa: 31-Jul-2013
Aparece nas coleções:Mestrado em Artes Visuais

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
113870.pdf1,79 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.