Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/663
Tipo do documento: Tese
Título: Possível cartografia para um corpo vocal queer em performance
Autor: Jacobs, Daiane Dordete Steckert
Primeiro orientador: Miranda, Maria Brígida de
Resumo: Esta tese problematiza relações entre vocalidade e gênero no treinamento de atuantes e na criação atoral no teatro a partir da seguinte questão: como é possível desestabilizar o binarismo logocêntrico (homem versus mulher) da representação de gênero em cena através do corpo vocal? A hipótese é que ao desestabilizar padrões de vocalidade em cena seja possível também desestabilizar outros padrões, como a representação cultural de gênero através da vocalidade. Visando investigar esta questão, esta tese utiliza a cartografia e a autoetnografia como metodologias para mapear pistas interdisciplinares que apontam para engendramentos, dissonâncias e queerizações de corpos vocais em performance. Adota-se o termo corpo vocal, principalmente a partir da filósofa Adriana Cavarero, para se fazer referência à integridade psicofísica entre corpo e voz. Nas Teorias de Gênero, o queer diz respeito a não fixação de identidades sexuais, a entre-lugares dissonantes de gênero. A busca da queerização do corpo vocal no processo de criação da peça Pequeno Manual de Inapropriações visou corporificar a hipótese desta pesquisa.
Abstract: This thesis investigates relations between voice and gender within the context of actor training and creation in theater departing from the following question: how is it possible to destabilize the logocentric binarism of gender representation by means of the vocal body? The hypothesis argues that when vocal patterns are destabilized on stage, other patterns such as gender cultural representation through voice may also be destabilized. Having this question in mind, the methodology used in this research entails cartography and auto-ethnography with the purpose of mapping interdisciplinary clues that point to gendering, dissonances and queerizations of vocal bodies in performance. The term vocal body is used, foremost from Adriana Cavarero s philosophical thinking, referring to the psychophysical integrity between body and voice. In gender theories, the queer refers to the non fixation of sexual identities, the in-between places of gender dissonances. The searh for queering the vocal body during the creative process of the play Pequeno Manual de Inapropriações (Short Manual of Unappropriations) aimed to bring to life the hypothesis of this research.
Palavras-chave: Teatro
Performance (Arte)
Voz
Dissonancia cognitiva
Voice
Vocal body
Dissonance
Queer
Performative theatre
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::TEATRO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Teatro
Programa: Doutorado em Teatro
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/663
Data de defesa: 2-Jul-2015
Aparece nas coleções:Doutorado em Teatro

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
122962.pdf3,45 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.