Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/658
Tipo do documento: Tese
Título: A improvisação como um elemento transformador da função do coreógrafo na dança
Título(s) alternativo(s): The improvisation as a transformative element of the choreographer function in dance
Autor: Muniz, Zilá Maria 
Primeiro orientador: Carreira, André Luiz Antunes Netto
Resumo: Esta tese discute a improvisação como elemento transformador da função do coreógrafo na dança que reflete em processos colaborativos de criação, que pressupõe a participação de todos os envolvidos no trabalho de composição que a partir de suas competências artísticas tem espaço legítimo para criação. A pesquisa desenvolve uma trajetória teórica que atravessa campos distintos, da filosofia para a pesquisa em dança para ilustrar e compreender o papel da improvisação na formação do sujeito e situá-lo no espaço da experiência. Para isso faz referência à teoria da ética da existência e o cuidado de si elaborados por Michel Foucault, e à Danielle Goldman, que sugere a prática da improvisação como uma prática de liberdade. A análise do processo de criação é considerada a partir de várias instâncias e, para isso, este estudo faz um mapeamento das experiências e dos dispositivos de procedimentos e processos colaborativos de composição propostas pelas vanguardas da década de 60 e suas implicações na transformação da noção de dança. Reflete sobre o fenômeno da improvisação como técnica de dança e como causa da transformação e do fortalecimento dos coletivos e do seu uso nos processos de criação, com a análise detalhada do processo da improvisação. Os conceitos de linguagem , sentido e afecto são discutidos para traçar um percurso que delineia o meu pensamento enquanto coreógrafa e por onde se dá a dramaturgia e a construção de sentido na dança nos processos onde exerço a função de coreógrafa. Além disso, considero em que estado a dança se apresenta a mim e afeta a minha imaginação como ponto de partida para um processo de invenção e de montagem. Busco, ainda, analisar as transformações nos conceitos de coreografia, de coreógrafo e alguns princípios e práticas pertencentes ao universo de composição diante do panorama que se configura na criação. Por fim, nesta mesma direção, porém com uma perspectiva voltada para os processos de duas montagens do Ronda Grupo, descrevo partes dos procedimentos das técnicas de criação e do trabalho de construção de sentido nos espetáculos Socorro (2008) e Lugar nenhum (2010). Para tanto, trago para a discussão os conceitos de Ritornelo e Fabulação de Deleuze e Guatarri como forma de problematizar a forma criativa da improvisação, ou o movimento da criatividade.
Abstract: The thesis discusses improvisation as a transformative element of the choreographer function, in dance, that reflects on collaborative processes of creation, which implies the participation of everyone involved in the work of composition, and from their artistic skills have a legitimate space for creation. The research develops a theoretical trajectory that crosses different areas, from the philosophy to the study in dance to illustrate and understand the improvisation role on the individual formation, and locate him in the experience space. Thus, it is possible to refer to the theory of "ethics of existence" and "self-care" developed by Michel Foucault, and Danielle Goldman, which suggests the improvisation practice as a practice of freedom. An analysis of the creation process is considered from multiple instances. In order to do that, this study develops a mapping of experiments and devices of procedures and collaborative processes of composition proposed by the vanguards of the 1960s, and the implications in the transformation of the concept of dance. It reflects on the improvisation phenomenon as a dance technique, as a cause of the transformation and strengthening of the collective, and its use in the creation processes with detailed analysis of the improvisation process. The concepts of language, meaning and affect are discussed to chart a course that outlines the thoughts as a choreographer, and where the dramaturgy and the meaning construction in the dance happen, in the processes one performs the choreographer function. Also, one considers in which state the dance presents and affects the imagination as a starting point for the process of invention and assembly. The aim is also to analyze the changes in the concepts of choreography, choreographer and some principles and practices pertaining to the universe composition before the panorama that is configured in the creation. Finally, in the same direction; however, with a perspective turned to the processes of two processes of assembly of Ronda Grupo, it is possible to describe parts of the proceedings of creation techniques, and the work of producing a sense, in the pieces Socorro (2008) and Lugar Nenhum (2010). Therefore, one brings for discussion the Deleuze and Guattarri s concepts of Ritornello and Fabulation as a way of questioning the creative form of improvisation and the creativity movement.
Palavras-chave: Coreografia
Coreógrafos
Improvisação (Dança)
Dança contemporânea
Dança pós-moderna
Composição Coreográfica
Contemporary dance
Post-modern dance
Improvisation
Composition
Choreography
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::TEATRO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Teatro
Programa: Doutorado em Teatro
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/658
Data de defesa: 21-Ago-2014
Aparece nas coleções:Doutorado em Teatro

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
119466.pdf260,97 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.