Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/636
Tipo do documento: Tese
Título: Efeito do treinamento físico de curto prazo sobre o perfil lipídico, a transferência de lípides para HDL e níveis de citocinas em pacientes com insuficiência cardíaca
Título(s) alternativo(s): Effect of short term exercise training on lipide profile, transfers of lipids to HDL and cytokines levels in patients with heart failure
Autor: Bündchen, Daiana Cristine 
Primeiro orientador: Carvalho, Tales de
Resumo: Os efeitos do treinamento físico sobre as vias metabólicas na insuficiência cardíaca (IC), especialmente o metabolismo lipídico intravascular e sua associação com as citocinas pró-inflamatórias, são em grande parte inexplorados e merecem uma investigação mais aprofundada. Objetivos: analisar os efeitos de um curto período de treinamento físico nos lipídeos plasmáticos, na transferência de lípides para HDL e nos níveis de citocinas pró-inflamatórias em pacientes com IC. Métodos: antes e após 12 semanas de treinamento físico foram avaliados 19 homens com IC, classe funcional II ou III (NYHA), sendo nove sujeitos em uso de sinvastatina e 10 sem uso de sinvastatina. Foi comparado o perfil lipídico, transferência in vitro dos quatro lípides de uma nanoemulsão doadora de lípides marcada radioativamente para a HDL e níveis de citocinas pró-inflamatórias (TNF-&#945; e IL-6). O exercício aeróbio foi realizado três vezes por semana, durante 40 minutos, com intensidade na frequência cardíaca correspondente a faixa entre o primeiro e segundo ponto dos limiares ventilatórios, determinados pelo teste de esforço cardiopulmonar. Resultados: Foi observada redução do LDL-Colesterol (-16%; p=0,03) no grupo tratado com sinvastatina e aumento de HDL-Colesterol (+24%; p=0,05) no grupo sem sinvastatina. No grupo com sinvastatina ocorreu um aumento significativo da transferência de triglicérides da nanoemulsão doadora de lípides para HDL (p=0,03) enquanto a transferência dos outros três lípides (fosfolípides, colesterol livre e colesterol esterificado) não se modificou. No grupo sem sinvastatina a transferência de todos os quatro lípides não se alterou. No grupo sem uso de sinvastatina o TNF-&#945; reduziu 28% (p<0,01), enquanto no grupo com estatina reduziu 12% (p=0,07). A concentração sérica de IL-6 reduziu 41% (p<0,001) no grupo sem sinvastatina e 45% (p<0,001) no grupo em uso de sinvastatina. Em ambos os grupos não foi observado correlação entre HDL e citocinas pró-inflamatórias. Conclusão: Em pacientes com IC, o curto período de treinamento físico aumentou HDL-Colesterol no grupo sem sinvastatina, não apresentando mudança funcional das partículas desta lipoproteína; reduziu o LDL-Colesterol e aumentou significativamente a transferência apenas dos triglicérides no grupo em tratamento com sinvastatina. A diminuição dos níveis de citocinas para ambos os grupos indicou os benefícios precoces do exercício físico.
Abstract: The effects of training on the metabolic pathways in chronic heart failure (CHF), specially the intravascular lipid metabolism are largely unexplored and deserve further investigation. Objectives: To analyze the effects of short-term exercise training on the plasma lipids, on lipid transfer to HDL and cytokine levels in CHF patients.Method: We compared plasma lipids, in vitro transfer of four lipids from a radioactively labeled lipid donor nanoemulsion to HDL and cytokine levels (TNF-&#945; and IL-6) in CHF patients, class II or III (NYHA) with (n=9) or without (n=10) statin treatment before and after 12 weeks of exercise training. The aerobic exercise was performed three times a week, during 40 minutes, with heart rate intensity between L1 and L2 of the cardiopulmonary test. Results: Exercise training reduced the LDL-C in the statin-treated group (-16%; p=0.03) and increased HLD-C (+24%; p=0.05) in without statin group. Exercise training elicited a significant increase the transfer of triglycerides from the donor nanoemulsion to HDL in statin-treated group (p=0.03). The transfers of the three other lipids (unesterified and esterified cholesterol and phospolipids) were unchanged. In the without statin-treatment the transfers of all four lipids were not change by training. For cytokines, in those without statintreatment, the TNF-&#945; reduced 28% (p<0,01), while in the group with statin reduced 12% (p=0,07). The seric concentration of the IL-6 reduced 41% (p<0,001) in the group without simvastatin and 45% (p<0,001) in the statin-treatment group. In both groups no correlation was observed between HDL and proinflammatory cytokines. Conclusion: In CHF patients, the short-term training , increased HLD-C in the statin-treated group, showing no functional change in this lipoprotein particles; reduced the LDL-C and increased significantly the lipis transfer only triglycerides in the statin-treated group. The decrease in cytokine levels for both groups indicated the early benefits of exercise.
Palavras-chave: doenças cardiovasculares
lipoproteínas
treinamento físico
citocinas pró-inflamatórias
cardiovascular diseases
lipoproteins
exercise training
proinflammatory cytokines
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Ciência do Movimento Humano
Programa: Doutorado em Ciências do Movimento Humano
Citação: BÜNDCHEN, Daiana Cristine. Effect of short term exercise training on lipide profile, transfers of lipids to HDL and cytokines levels in patients with heart failure. 2013. 90 f. Tese (Doutorado em Ciência do Movimento Humano) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/636
Data de defesa: 16-Dez-2013
Aparece nas coleções:Doutorado em Ciências do Movimento Humano

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
TESE DAIANA BUNDCHEN.pdf712,37 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.