Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/536
Tipo do documento: Tese
Título: Qualidade e distúrbios fisiológicos de maçãs em resposta a giberelinas e proexadiona-cálcio
Título(s) alternativo(s): Apple fruit quality and physiological disorder in response to gibberellins and prohexadione-calcium
Autor: Silveira, João Paulo Generoso 
Primeiro orientador: Amarante, Cassandro Vidal Talamini do
Resumo: Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da pulverização de macieiras com giberelinas (GAs) e proexadiona-cálcio (ProCa), um inibidor da síntese de giberelinas, sobre o crescimento vegetativo das plantas e a funcionalidade do xilema, composição mineral, expressão dos transportadores de Ca e bombas eletrogênicas, maturação e qualidade pós-colheita dos frutos. Foram elaborados dois experimentos. O primeiro foi desenvolvido em um pomar comercial no município de Elk Grove, Califórnia, EUA, localidade de Clarksburg, em 2013. O segundo foi em um pomar localizado no município de São Joaquim, Santa Catarina, Brasil, nas safras de 2011-2012 e 2012-2013. No trabalho realizado nos EUA, macieiras Braeburn foram pulverizadas, em pós-floração (PF; uma pulverização a cada semana, totalizando seis aplicações, iniciando 15 DAPF) e em pré-colheita (PC; uma pulverização a cada semana, totalizando quatro aplicações, iniciando 5 semanas antes da colheita), com ProCa e GA4+7 (ambos com doses de 300 mg L-1). No trabalho realizado no Brasil, macieiras Fuji e Gala foram pulverizadas PF com ProCa (doses: 165, 330 e 495 mg L-1) e GA3 (dose: 330 mg L-1), sendo estas doses divididas em três aplicações (30, 60 e 90 DAPF). Em ambos os experimentos, as plantas do tratamento-controle foram pulverizadas com água e as avaliações realizadas foram: crescimento vegetativo das plantas; funcionalidade do xilema; conteúdo mineral total de Ca e a suas relações com Mg, N e K; e ocorrência de bitter pit e demais distúrbios fisiológicos. Adicionalmente, no experimento desenvolvido nos EUA foram avaliados: o teor de cálcio solúvel; a expressão dos genes que codificam para transportadores de Ca e bombas eletrogênicas no tonoplasto; e a maturação e a qualidade dos frutos no momento da colheita e após o período de armazenamento. O crescimento vegetativo de macieiras é menor com a utilização do ProCa em pós-floração, independente da condição experimental. No Brasil, maçãs Gala de plantas pulverizadas com GA3 (330 mg L-1) tendem apresentar maior manifestação de rachaduras, maior relação N/Ca no tecido polpa e menor funcionalidade do xilema no início do desenvolvimento dos frutos, em relação ao ProCa na dose de 495 mg L-1. Nos EUA, o conteúdo de Ca total é maior em maçãs Braeburn pulverizadas com ProCa em comparação ao GA4+7, quando ambos os tratamentos foram aplicados em pós-floração. Além disso, a porcentagem de cor vermelha, os valores do índice iodo-amido e a taxa de produção de etileno são menores e a firmeza de polpa superior no momento da colheita em maçãs Braeburn de plantas pulverizadas com ProCa em pré-colheita, em relação ao tratamento-controle. No Brasil, a incidência de bitter pit e de escaldadura em maçãs Fuji é menor com o aumento das doses de ProCa. Nos EUA, frutos de macieiras Breaburn pulverizadas com GA4+7 em pós-floração tendem apresentar maior expressão da Ca-ATPase e H+-PPase e maiores valores de incidência de bitter pit , rachaduras e podridões nos frutos, em relação ao tratamento-controle
Abstract: The aim of this study were to evaluate effect of apple trees spraying with gibberellins (GAs) and prohexadione calcium(ProCa), na inhibitor of gibberellin synthesis, on the vegetative growth and xylem functionality, total mineral contente, expression. Of tonoplast calcium pumps and exchangers and H pumps, maturation and post-harvest fruit quality. Two experiments were developed. The first was developed in a comercial orchard in Elk Grove, California, USA, Clarksburg town, in 2013. The second was accomplished in na orchard at São Joaquim, Santa Catarina, Brazil, in two crop seasons (2011-2012 ansd 2012-2013). In the study accomplished at the USA, Braeburn apple trees were sprayedweekly after full bloom AFB (six weekly applications, starting 15 days after full bloom 0 DAFB) and before-harvest (BH, weekly applications, starting 5 weeks before harvest) with ProCa and GA₄₊₇ (both at 300 mg L¯¹). In Brazil, Fuji and Gala apple trees were sprayed with ProCa AFB (at concentrations of 165, 330 and 495 g ha¯¹), which were sprayed at 30, 60 and 90 DAFB. In both the experiments, control plants were sprayed with water and the plant and fruit were evaluated for vegetative growth, xylem functionality,total mineral contente and bitter pit incidence and other physiological disorders. Additionally, the USA experimente were evaluated for soluble calcium; expression. Of tonoplast calcium pumps and exchangers and H pumps; and fruit quality at harvest and after storage. In both experiments, the vegetative growth decreased with ProCa AFB plant spraying. In Brazil, the Gala apple from trees sprayed with GA₃ has higher cracking, N/Ca mineral relation in the pulp and lower xylem function at the beginner of fruit development, as compared with ProCa (405 mg L¯¹). in USA, the Ca concentration is higher in Breaburn apples sprayed with ProCa as compared GA₄₊₇, when both treatments were applied AFB. The red color, starch index value and ethylene production were lower and the firmness higher at harvest moment in the Breaburn apple from trees sprayed with ProCa at BH, as compared with control fruits. In Brazil, the bitter pit and scald incidence is lower in Fuji apple sprayed with increasing of ProCa concentrations. In USA, the Breaburn trees sprayed with GA₄₊₇ AFBhave higher Ca-ATPase and H⁺-PPase expression. And bitter pit, cracking and rot incidence in the fruits, as compared with control treatment
Palavras-chave: Malus domestica Borkh
anti-giberelina
crescimento vegetativo
frutos
distúrbios fisiológicos
composição mineral
Malus domestica Borkh
anti-gibberellin
fruit
physiological disorders
mineral content
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Produção Vegetal
Programa: Doutorado em Produção Vegetal
Citação: SILVEIRA, João Paulo Generoso. Apple fruit quality and physiological disorder in response to gibberellins and prohexadione-calcium. 2015. 139 f. Tese (Doutorado em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/536
Data de defesa: 30-Set-2015
Aparece nas coleções:Doutorado em Produção Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
PGPV15DA025.pdf2,06 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.