Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/462
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise dos parâmetros da curva de força de preensão manual em judocas de diferentes categorias
Título(s) alternativo(s): Analysis of the grip strength parameters in judo athletes of different categories
Autor: Wentz, Marcelo Diederichs 
Primeiro orientador: Borges Júnior, Noé Gomes
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar os parâmetros das curvas de força de preensão manual isométrica em judocas de alto nível competitivo e de diferentes categorias. Participaram do estudo 44 judocas participantes do VII Troféu Brasil, realizado em Porto Alegre, RS. Para a mensuração da preensão manual foi utilizado um dinamômetro de preensão manual desenvolvido no Laboratório de Instrumentação (LABIN), do Centro de Ciências da Saúde e do esporte (CEFID) da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). A avaliação dos judocas foi realizada durante a pesagem da competição, em Porto Alegre, e a dos estudantes foi realizada no LABIN. A preensão manual foi avaliada durante 10 segundos, uma vez na mão dominante e uma vez na mão não-dominante, na posição sentada, adaptada da Sociedade Americana de Terapeutas da Mão (ASHT). Foram analisadas a Força máxima (FMAX), o Tempo até a força máxima (T100), impulso até a força máxima (imp100); Índice de queda (IQ) e o impulso total (imparea1). Para as análises, os judocas foram divididos em três grupos de acordo com a massa corporal (MC), em dois grupos de acordo com o resultado na competição e para a análise em função do T100 em dois grupos. No intuito de eliminar a influência da MC sobre os valores de força registrados em ambos os testes e possibilitar a comparação entre indivíduos de diferentes categorias e conseqüentemente de diferentes tamanhos corporais, foi realizado o ajuste alométrico na FMAX pela MC1, MC0,67 e MC0,393. Depois de realizada a análise estatística, foram encontradas diferenças entre as categorias mais leves e as mais pesadas de judocas em parâmetros da curva de preensão tanto sem quanto com ajuste alométrico. O ajuste alométrico da força pela MC0,393 pareceu eliminar a influência da MC na força para judocas de diferentes categorias. Considerando o resultado da competição o MC0,393 evidenciou a diferença de força entre os grupos em valores ajustados, sendo os melhores colocados mais fortes tanto absoluta quanto relativamente. Sugere-se que mais estudos sejam realizados investigando a força de preensão manual em judocas, buscando um maior entendimento das diferenças apontadas entre as diferentes categorias e uma maior aproximação da prática do esporte.
Abstract: The purpose of this study was to evaluate the parameters of the isometric handgrip strength curves in highly trained judo athletes from different categories. 44 judo athletes who were participating of the VII Troféu Brasil, which took place in Porto Alegre, RS and 25 Physical Education students participated of this study. The handgrip strength was evaluated using a dynamometer built at LABIN, located on CEFID/UDESC. The evaluation of the judo athletes was performed during the championship weighing, in Porto Alegre, and the evaluation of the students was performed at LABIN. The handgrip strength was evaluated for 10 seconds, with one attempt on the dominant hand and one attempt on the non dominant hand, on the seated position adapted from the ASHT. The parameters evaluated were Maximum force (FMAX), Time to maximum force (T100), impulse to maximum force (imp100), rate of decrease (IQ) and impulse (imparea1). For the analysis regarding the athletes, the individuals were divided into three groups, according to their body mass (MC), into two groups according to their results and into two groups according to T100. To eliminate the influence of MC over the strength values recorded on both tests and allow the comparison between individuals of different categories and consequently of different body sizes, the allometric scaling was performed on the FMAX. After the statistical analysis was conducted, differences between the lighter and heavier categories in the handgrip strength curve parameters were found. In this case, the correction of the strength values by the corrected MC eliminated the influence of the MC for the categories. Concerning the result of the competition, relative values highlighted the differences between the groups. It is suggested that further studies are conducted, investigating the handgrip strength in judo athletes, for a better understanding of the differences between he categories and a closer investigation to the sport.
Palavras-chave: força de preensão
alometria
judô
grip strength
alometry
judo
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Ciência do Movimento Humano
Programa: Mestrado em Ciências do Movimento Humano
Citação: WENTZ, Marcelo Diederichs. Analysis of the grip strength parameters in judo athletes of different categories. 2010. 75 f. Dissertação (Mestrado em Ciência do Movimento Humano) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/462
Data de defesa: 2-Mar-2010
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências do Movimento Humano

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Marcelo.pdf641,1 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.