Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/437
Tipo do documento: Dissertação
Título: Humor, estresse e perfil nutricional de atletas de alto nível de vela em competição pré-olímpica
Título(s) alternativo(s): Mood, stress and nutritional profile of high level sailing athletes in pre-olympic competition
Autor: Segato, Luciana 
Primeiro orientador: Andrade, Alexandro
Resumo: O estudo teve por objetivo investigar a relação entre perfil nutricional, estados de humor e estresse de atletas de vela em competição. A partir de uma pesquisa descritiva de campo, do tipo correlacional transversal, participaram do estudo 31 velejadores de alto nível esportivo que competiram na Pré-olímpica de vela, selecionados de maneira não-probabilística intencional. Os atletas responderam o Questionário de Caracterização do Atleta, a Escala Brasileira de Humor (ROLFHS, 2006), a Escala de Estresse Percebido (COHEN e WILLIAMSON, 1988), o Recordatório de 24 horas e o Questionário de Freqüência de Consumo Alimentar antes ou depois das regatas. Os dados foram analisados através de estatística descritiva e inferencial (Correlação de Pearson e Spearman, Teste t e U de Mann-Whitney). Os resultados indicaram que os velejadores são atletas jovens, de alto nível de rendimento esportivo e elevado grau de instrução, que possuem uma boa auto-avaliação de saúde, qualidade de sono e descanso. Foi verificado um consumo alimentar em competição baixo em calorias e carboidratos, mas adequado em proteínas e lipídios. O perfil de humor dos velejadores mostrou elevados níveis de depressão, raiva e fadiga e baixos de vigor tanto em atletas avaliados antes, quanto após as regatas. O consumo lipídico foi correlacionado aos níveis de raiva antes das regatas, e à fadiga depois das regatas, em velejadores de classes com dois tripulantes. Também se observou correlação positiva entre o consumo de carboidrato e os níveis de fadiga, e inversa entre o consumo protéico e tensão, depressão e raiva depois das regatas. Os níveis de estresse apresentado pelos atletas variaram de baixo a moderado, sendo estes oriundos de fontes intrínsecas ao ambiente competitivo (problemas com o barco, desorganização da equipe) e extrínsecas (estudo, conciliar o trabalho com a vela, problemas familiares e financeiros). Depois das regatas, os níveis de estresse foram relacionados inversamente ao consumo protéico e, em velejadores de classes individuais, ao consumo de calorias e de carboidrato. Os atletas referem possuir um bom controle do estresse utilizando estratégias cognitivas (isolar-se) e somáticas (escutar música, descansar/dormir, conversar com os amigos) em competição. Entre as variáveis psicológicas, o estresse foi correlacionado à depressão e à raiva, antes e depois das regatas, e inversamente ao vigor. Estes resultados apóiam a hipótese de que existe relação significativa entre o perfil nutricional, estados de humor e estresse de atletas da vela em competição.
Abstract: The aim of this study was to investigate the relationship between nutritional profile, stress and mood states of elite sailors in a competition. From a field descriptive research, co relational cross type, participated 31 sailors high level sport that competed in the Pre-Olympic Sailing selected by a non-probabilistic intentional. The athletes answered a Questionnaire of Athlete s Characterization, the brazilian version of the Brunel Mood States (BRUMS), Brazilian Mood Scale - BRAMS (ROLFHS, 2006), the Perceived Stress Scale (COHEN and WILLIAMSON, 1988), the Recall of 24 hours and the Frequency of Food Intake Questionnaire, all those before or after the races. Data were analyzed by descriptive and inferential statistics (Pearson's and Spearman s correlation, t test and Mann-Whitney). The results showed that the sailors are young athletes, from an elite sailing group and have high level of education, which have a good self-evaluation health, quality of sleep and rest. Was observed in competition a poor food intake in calories and carbohydrates, but adequate in protein and lipids. The mood profile of the sailors showed high levels of depression, anger and fatigue and low vigour both athletes, evaluated before and after the races. The lipid intake had correlation with levels of anger before the race, and fatigue after the races, in sailors of two crew members classes. It also noted positive correlation between the carbohydrate intake and fatigue levels, and reverse between protein intake and tension, depression and anger after the races. The levels of stress displayed by the athletes were low to moderate, becoming from intrinsic sources of the competitive context (problems with the boat, disorganization of the team) and extrinsic (study, combining work and sport, family and financial problemsl). After the races, levels of stress were inversely related to protein intake and, in sailors of individual classes, the calories intake and carbohydrate. Athletes refer to have a good coping with stress using cognitive strategies (isolate itself) and somatic (listening music, rest/sleep, talk with friends) in competition. Among the psychological variables, stress was correlated to depression and anger, before and after the races, and inversely to vigor. These results support the hypothesis that exist a significant relationship between nutritional profile, mood states and stress in sailors in a competition.
Palavras-chave: perfil nutricional
estados de humor
estresse
vela
nutritional profile
mood states
stress
sail
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Ciência do Movimento Humano
Programa: Mestrado em Ciências do Movimento Humano
Citação: SEGATO, Luciana. Mood, stress and nutritional profile of high level sailing athletes in pre-olympic competition. 2009. 131 f. Dissertação (Mestrado em Ciência do Movimento Humano) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/437
Data de defesa: 1-Jun-2009
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências do Movimento Humano

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Luciana Segato.pdf845,93 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.