Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/404
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise do deslocamento vertical de quatro saltos realizados por praticantes de ginástica rítmica em diferentes fases do treinamento
Título(s) alternativo(s): Analysis of vertical displacement in four types of jumps realizes by rhythmic gymnasts in distinct training phases
Autor: Petry, Raquel 
Primeiro orientador: Borges Júnior, Noé Gomes
Resumo: Na Ginástica Rítmica, o elemento corporal salto é um dos gestos desportivos mais difíceis de ser realizado corretamente. O deslocamento vertical durante a execução do salto torna-se imprescindível. A elevação do centro de gravidade da ginasta é um dos requisitos básicos para a validação do salto. O objetivo geral deste estudo é analisar o deslocamento vertical dos quatro diferentes saltos realizados por praticantes de Ginástica Rítmica em diferentes fases do treinamento. Participaram deste estudo oito ginastas da categoria juvenil da Equipe de Florianópolis, com média de idade de 13,37 + 0,74 anos. A coleta de dados foi realizada no ginásio do Instituto Estadual de Educação. O deslocamento vertical dos saltos foi mensurado através de um sistema de medição de contato com o solo idealizado e confeccionado no Labin/UDESC. A análise estatística foi realizada pelo software SPSS-14.0. Os dados foram analisados através de estatística descritiva e inferencial, onde foi aplicada Anova 4X6 dentre participantes com correção de Bonferroni e correlação de Pearson, com nível de significância de p<0,05. Através dos resultados obtidos verificou-se que não existe um efeito entre a fase de treinamento e a altura dos saltos (p=0,111; &#61544;2=0,218) e também não existe um efeito entre a interação fase de treinamento X salto e a altura dos saltos (p=0,239; &#61544;2=0,153). Entretanto, pôde-se verificar que existe um forte efeito do tipo de salto em relação à altura do salto (p=0,000; &#61544;2=0,937). Pôde-se perceber que a variabilidade da altura do salto depende quase que exclusivamente do tipo do salto. Pôde-se verificar, também, que não há correlação entre estatura das ginastas e a altura dos saltos analisados. Apesar do número restrito de sujeitos neste estudo, pode-se verificar que a altura dos saltos está diretamente associada à sua forma e que a complexidade do salto não determina uma maior altura. A avaliação quantitativa de movimentos específicos do esporte, como o salto na GR poderá auxiliar no aprimoramento desta técnica servindo, portanto, como elementos acessórios ao treinamento melhorando o desempenho dos próprios gestos desportivos na busca de resultados ótimos.
Abstract: In Rhythmic Gymnastics, the body element jump is one of sportive gestures that is harder to achieve to correct execution. As the gymnast executes the jump, vertical displacement is indispensable. The lift of the centre of gravity increase of gymnast is one of the basic requisites to jump validation. The general objective of this study is to analyze the vertical displacement on four different jumps realizing by rhythmic gymnastic in distinct training phases. Eight gymnasts of juvenile category of Florianópolis Team, with mean of age at 13,37 + 0,74 years old took part of this study. The data mining was executed at the Instituto Estadual de Educação gymnasium. The vertical displacement jumps were measured by a soil contact measuring system, projected and made at the Labin/UDESC. The statistic analysis was made by the means of software SPSS 14.0. The data was analyzed by descriptive and inferential statistic where ANOVA 4x6 was applied among participants with Bonferroni´s correction and Pearson´s correlation, with significance level of p<0,05. By obtained results it was verified which is, or not, an effect between training phases and the height of jumps (p=0,111; &#61544;2 = 0,218). There is not an effect between training phase x jump and the height of jumps (p=0,239; &#61544;2 = 0,153). However, it was verified that there`s a strong effect between the jump's jump height and type (p=0,000; &#61544;2 = 0,937). It could be perceived that the variability of height depends almost exclusively on the type of jump. It also could be perceived that there's no correlation between the height of gymnast and the height of jump under analysis. Although a restrict number of individuals were observed on this study, it could be verified that the height of jumps is directly associated to its type and the complexity of jump don't determine a higher height. The quantitative evaluation of specific movements of the Rhythmic Gymnastic (RG), like the jump shall be a support to improve of this technique serving, thus, like helping elements to the training, increasing the performance of the proper sportive expressions in search of optimal results.
Palavras-chave: ginástica rítmica
salto vertical
deslocamento vertical
rhythmic gymnastic
vertical jump
vertical displacement
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Ciência do Movimento Humano
Programa: Mestrado em Ciências do Movimento Humano
Citação: PETRY, Raquel. Analysis of vertical displacement in four types of jumps realizes by rhythmic gymnasts in distinct training phases. 2008. 124 f. Dissertação (Mestrado em Ciência do Movimento Humano) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/404
Data de defesa: 29-Ago-2008
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências do Movimento Humano

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Raquel Petry.pdf1,21 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.