Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/341
Tipo do documento: Dissertação
Título: Alterações hidroeletrolíticas agudas no triatlo Ironman Brasil
Título(s) alternativo(s): Acute hydroeletrolitics alterations in triathlon Ironman Brazil
Autor: Mara, Lourenço Sampaio de 
Primeiro orientador: Carvalho, Tales de
Resumo: O Ironman é uma das variações da modalidade de triatlo e caracteriza-se por uma atividade de longa duração, constituída por 3,8 Km de natação, 180 Km de ciclismo e 42,2 Km de corrida, na qual o atleta exercita-se em média por cerca de 13 horas. Neste contexto o atleta exposto a tal carga de esforço e adversidades ambientais experimenta alterações orgânicas agudas em seus sistemas biológicos, inclusive distúrbios hidroeletrolíticos. O objetivo deste estudo é descrever as alterações hídricas e eletrolíticas encontradas em atletas de triatlo Ironman nos anos de 2002 a 2005. Com este intuito 109 atletas voluntários foram avaliados antes e após a prova, sendo submetidos a análise sangüínea dos eletrólitos sódio e potássio e pesagem de massa corpórea. Os dados do sódio sérico de 89 atletas foram correlacionadas com o percentual de desidratação e alterações percentuais de peso corporal. Dados de 77 atletas, quanto ao potássio sérico, foram avaliados isoladamente de uma forma descritiva. A análise estatística consistiu de uma parte descritiva, com a determinação das estatísticas descritivas básicas, e de uma parte inferencial, que estudou a significância estatística da correlação entre os resultados dos exames. Seis atletas (6,7%) apresentaram-se euhidratados ou superhidratados ao final da prova, 50 atletas desidrataram de 0 a 3% (56,2%), 29 de 3 a 6 % (32,6%) e 4 atletas (4,5%) desidrataram mais que 6%. Houve uma tendência a ocorrer hiponatremia, uma das mais preocupantes alterações hidroeletrolíticas, entre aqueles que desidrataram menos ou ganharam peso. O potássio teve um comportamento dentro dos limites da normalidade em toda amostra. Conclui-se que os distúrbios hidroelétrolíticos são incidentes nesta modalidade esportiva, e a superhidratação, evidenciada pelo ganho ou perdas discretas de peso, é a etiologia provável da hiponatremia.
Abstract: The Triathlon Ironman is characterized for a resistance activity consisting of 3,8 km of swimming, 180 km of cycling and 42,2 km of running, in which the athlete is exercised, in average, for about 13 hours. In this context, the athlete displayed to such load of effort and ambient adversities experiences acute organic alterations in his biological systems, including the hydroelectrolytic disturbs. The objective of this study is to describe the hydric and electrolytic alterations found in triathlon Ironman athletes in the years from 2002 to 2005. 109 voluntary athletes had been evaluated before and immediately after the events carried through in Florianópolis-SC Brazil, with blood analysis of sodium and potassium electrolytes, and measure of body mass. The data of the sodium serum of 89 athletes had been correlated with the degree of dehydration and percentile modifications of body weight. Data of 77 athletes, in relation to the serum potassium, had been evaluated separately in a descriptive form. Six athletes (6,7%) had presented euhydrated or superhydrated to the end of the test, 50 athletes had dehydrated from 0 to 3% (56,2%), 29 from 3 to 6 % (32,6%) and 4 athletes (4,5%) had dehydrated more than 6%. It had a trend to occur hyponatremia between those had dehydrated little or gained weight. The potassium had a behavior inside of the limits of normality in all sample. The conclusion is that the hydroelectrolytic disturbances (hyponatremia and dehydration) are incident in this sportive modality, being the superhydration the probable etiology of hyponatremia denoted by the gain or discrete losses of weight.
Palavras-chave: Distúrbios hidroeletrolíticos
desidratação
super-hidratação
hiponatremia
desequilíbrio água-eletrólitos
triatlo
Hyponatremia
dehydration
superhydration
water-electrolyte imbalances
triathlon
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Ciência do Movimento Humano
Programa: Mestrado em Ciências do Movimento Humano
Citação: MARA, Lourenço Sampaio de. Acute hydroeletrolitics alterations in triathlon Ironman Brazil. 2005. 66 f. Dissertação (Mestrado em Ciência do Movimento Humano) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/341
Data de defesa: 2-Dez-2005
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências do Movimento Humano

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Elementos pre-textuais.pdf26,3 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.