Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/297
Tipo do documento: Dissertação
Título: Humor e motivação de atletas profissionais e amadores de mixed martial arts
Título(s) alternativo(s): Mood and motivation of professional and amateur mixed martial arts athletes
Autor: Silva, Rodrigo Batalha 
Primeiro orientador: Andrade, Alexandro
Resumo: Introdução: Dentre as modalidades esportivas de combate (MEC) existentes na atualidade, uma vem se destacando por misturar técnicas de outras lutas. A esse tipo de esporte dá-se o nome de artes marciais misturadas ou mixed martial arts (MMA). A grande carga de treinamento e o perigo que a modalidade proporciona, pode gerar alterações psicológicas importantes nesses atletas. É importante que surjam novas investigações sobre os aspectos psicológicos de atletas de MMA. Objetivos: Investigar o humor e a motivação de atletas profissionais e amadores de mixed martial arts em treinamento; e, através de revisões sistemáticas, analisar (a) a produção científica nas Ciências da Esporte sobre mixed martial arts e, (b) a produção científica da Psicologia do Esporte relacionada ao mixed martial arts. Método: Esta dissertação é composta por estudos de revisão sistemática e empíricos. Participaram do estudo 46 atletas de mixed martial arts com idades entre 18 e 36 anos. Os instrumentos utilizados foram o Questionário de caracterização geral de atletas de MMA, Escala de humor de Brunel e a Escala de Motivação Esportiva. Os dados foram coletados nas academias junto aos atletas sempre ao início e ao final dos treinos, com o total de um a três sessões de treinamento. Os dados foram tratados pelo programa estatístico SPSS versão 20.0, através dos testes de normalidade Shapiro-Wilk e de acordo com a distribuição apresentada, foram utilizados os testes Wilcoxon, Mann-Whitney e Kruskal-Wallis. Foi adotado o nível de significância p< 0,05. As revisões sistemáticas seguiram o Protocolo Prisma e as buscas ocorreram nas bases de dados Scielo, ScienceDirect e Web of Science. Resultados: Verificou-se que os atletas amadores e profissionais se caracterizam por ter Ensino Médio, possuírem outra profissão além de ser atleta e a maioria dos profissionais competem em eventos nacionais ou internacionais. Os atletas apresentaram o perfil de humor semelhante ao de iceberg . Os treinamentos aumentaram a fadiga dos atletas, bem como o fato de possuir patrocínio alterou o vigor. Atletas com luta marcada apresentam alteração na tensão e raiva dos atletas antes e depois do treinamento. Atletas com pior qualidade do sono apresentam alterações nos níveis de depressão, vigor e fadiga. Atletas de MMA possuem elevada motivação intrínseca, níveis médios de motivação extrínseca e baixa amotivação. A regulação identificada foi maior nos atletas profissionais. A amotivação foi maior nos atletas que relatam ter saúde regular. Conclusões: Os atletas apresentam perfil de humor semelhante ao de iceberg . Os treinamentos diminuíram a fadiga dos atletas, bem como o fato de possuir patrocínio foi um fator de aumento do vigor. O fato de os atletas estarem com luta marcada, aumentou a tensão e raiva dos atletas antes e depois do treinamento. Atletas com pior qualidade do sono apresentam piora nos níveis de depressão, vigor e fadiga. Na motivação, os atletas de MMA se caracterizam por possuir um elevado nível de motivação intrínseca, com destaque para a motivação interna para experiências estimulantes, baixa amotivação e níveis médios de motivação extrínseca, com destaque para a regulação identificada.
Abstract: Introduction: Among the sports of combat (MEC) in the present, one has stood out by mixing techniques from other martial arts. This kind of sport is given the name of mixed martial arts (MMA). The large training load and the danger that the sport provides, can generate significant psychological changes in these athletes. It is important that arise further research on the psychological aspects of MMA athletes. Objectives: To investigate the mood and motivation of professional and amateur mixed martial arts athletes in training; and, through systematic review, analyze (a) the scientific production in the Sports Science on mixed martial arts and, (b) the scientific production of Psychology of Sport related to mixed martial arts. Method: This dissertation consists of studies of systematic and empirical reviews. The study included 46 athletes of mixed martial arts aged between 18 and 36 years. The instruments used were the Questionário de caracterização geral de atletas de MMA, Brunel Mood Scale and the Sport Motivation Scale. Data were collected in gyms with the athletes always at the beginning and end of the training, with a total of one to three training sessions. The data were analyzed using SPSS version 20.0 through the normality tests Shapiro-Wilk and in accordance with the proposed distribution, the Wilcoxon test, Mann-Whitney and Kruskal-Wallis tests were used. The significance level of p <0.05 was adopted. Systematic reviews followed the Prisma Protocol and searches occurred in SciELO, ScienceDirect and Web of Science databases. Results: It was found that the amateur and professional athletes are characterized by high school, they have another job besides being an athlete and most professionals compete in national or international events. The athletes showed the mood profile similar to the "iceberg profile". The training increased the fatigue of athletes as well as the fact that sponsored atletes changed their vigour. Athletes with scheduled fight showed changes in tension and anger of the athletes before and after training. Athletes with worse quality of sleep had altered levels of depression, vigour and fatigue. MMA athletes had high intrinsic motivation, average levels of extrinsic motivation and low amotivation. The identified regulation was higher in professional athletes. The amotivation was higher in athletes who reported having regular health. Conclusions: The athletes presented mood profile similar to the "iceberg". The training decreased the fatigue of athletes as well as the fact that sponsered athletes had an increase in vigour. The fact that athletes with scheduled fight had an increase in tension and anger before and after training. Athletes with worse sleep quality got worse in the levels of depression, vigour and fatigue. In motivation, MMA athletes are characterized to have a high level of intrinsic motivation, especially internal motivation for stimulating experiences, low amotivation and medium levels of extrinsic motivation, especially the identified regulation.
Palavras-chave: mixed martial arts
lutadores
humor
motivação
mixed martial arts
martial artists
mood
motivation
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Ciência do Movimento Humano
Programa: Mestrado em Ciências do Movimento Humano
Citação: SILVA, Rodrigo Batalha. Mood and motivation of professional and amateur mixed martial arts athletes. 2014. 3 f. Dissertação (Mestrado em Ciência do Movimento Humano) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/297
Data de defesa: 19-Ago-2014
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências do Movimento Humano

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
resumo Rodrigo Batalha.pdf121,77 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.