Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/240
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo longitudinal do comportamento motor : do lactente ao escolar
Título(s) alternativo(s): Longitudinal study of motor behavior: from infant to children school
Autor: Santos, Ana Paula Maurilia dos 
Primeiro orientador: Rosa Neto, Francisco
Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar o desenvolvimento motor de crianças de 8 a 9 anos que foram originalmente avaliadas aos 06 e 24 meses de idade quando frequentavam as creches municipais de Florianópolis, em 2002. Trata-se de uma pesquisa descritiva de desenvolvimento, sob análise longitudinal de 145 escolares matriculados no 4º e 5º ano de 40 escolas da rede pública e privada de Florianópolis/SC, realizada no período de março a dezembro de 2010. Em 2002, na pesquisa de Souza (2003), as crianças foram avaliadas através da Escala de Desenvolvimento Psicomotor da Primeira Infância de Brunet e Lézine (1981), obtendo-se suas idades e quocientes de desenvolvimento global nas áreas postural, oculomotriz, da linguagem e social. Em 2010, o instrumento utilizado para avaliar o desenvolvimento motor dos escolares foi a Escala de Desenvolvimento Motor EDM (ROSA NETO, 2002), que avalia as áreas da motricidade fina, motricidade global, equilíbrio, esquema corporal, organização espacial, organização temporal e a lateralidade, obtendo-se também as idades e quocientes motores dessas subáreas. Para descrever os participantes, foi realizada uma entrevista sobre hábitos de vida. Também como instrumento, foi utilizado um questionário biopsicossocial direcionado aos pais das crianças cujo desenvolvimento motor foi classificado como inferior , de risco. Foi realizada também entrevista com as professoras de sala, para a obtenção de informações a respeito do rendimento escolar desses escolares. A análise estatística dos dados foi descritiva nos casos de apresentação dos dados obtidos, e inferencial, através da Correlação de Pearson e testes de Mann-Whitney quando relações entre as variáveis se fizeram necessárias. Os principais resultados demonstram uma diminuição dos padrões de desenvolvimento motor superior , normal alto e normal médio , e um aumento dos padrões normal baixo e inferior no transcurso desses anos. Foi verificada uma correlação positiva baixa nos dois momentos para todas as variáveis analisadas. De modo geral, podemos verificar que 80,6 % crianças apresentaram desenvolvimento motor dentro dos parâmetros de normalidade no período lactente e 87,5% no período escolar. Dezoito escolares (12%) apresentaram desenvolvimento inferior de acordo com a EDM, sendo que desses, dezessete apresentaram queixas de dificuldades na aprendizagem, e consideráveis fatores de risco biológicos e sociais. Quanto aos projetos sociais, os dados demonstraram vantagens no desenvolvimento motor daquelas crianças participantes de projetos socioeducacional e um desempenho ainda maior e significativo nas crianças que participavam de projetos de caráter socioesportivo, tanto no quociente motor geral, quanto em quatro das seis áreas especificas do desenvolvimento, quando comparados às crianças que não frequentavam projetos sociais. Conclui-se que apesar de tantos fatores intervenientes, os escolares conseguiram manter um padrão de desenvolvimento normal, mostrando que, de um modo geral, o desenvolvimento parece ser influenciado por uma somatória de fatores, alguns dos quais abordados nessa pesquisa, porém com muitos outros que não foram verificados.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the motor development of the children between 08 and 9 years who were originally evaluated between 06 and 24 months attending day care centers at Florianopolis, in 2002. It is a descriptive development research, in longitudinal analysis of 145 students enrolled in 4th and 5th year of 40 public schools and private Florianópolis / SC, accomplished between March and December of 2010. The instrument used to re-evaluate the motor development of students was the Scale of Motor Development - EDM (ROSA NETO, 2002). In 2002, the research de Souza (2003), the children were evaluated using the Brunet and Lézine Scale of Psychomotor Development in First Infancy (1981), obtaining their development ages and their development quotients in different areas as motor, oculomotricity, language and social, besides global. In 2010, motor development was evaluated using the Motor Development Scale, which analyzes both fine and gross motor skills as well as balance, body schema, spatial and temporal organization, language, and laterality, obtaining also the engine ages and ratios of these subareas. To describe the participants, an interview was conducted on life habits. Also as a tool, a questionnaire was used biopsychosocial directed to parents of children whose motor development was classified as "lower" risk. Was also conducted interviews with the teachers room, to obtain information about the academic performance of students. An interview with the teachers room, to obtain information about the academic performance of at-risk group. Statistical analysis of the data was descriptive when presenting data and inferential, through the Mann-Whitney test and Pearson s Correlation, when relationships between variables were necessary. The main results show a lowering of standards development engine "superior", "high-normal" and "average normal", and an increase in standards "low normal" and "lower" in the course of these years. Found a positive correlation was low at both time points for all variables. In general, we find that 80.6% children had motor development within the normal range during infancy and 87.5% at school. Eighteen schools (12%) showed development below" according to the EDM, of these, seventeen complained of difficulties in learning, and considerable biological risk factors and social. As for social projects, the data showed advantages in motor development of those children participating in social and educational projects and even higher performance and significant in children who participated in projects of socio-sports, both in general motor quotient, and in four of six specific areas of development when compared to children not attending social projects. Despite so many factors that interfere their development, the students evaluated in this study succeeded maintaining a normal development pattern, leading to the conclusion that, in general, development seems to be influenced by a number of factors, some cited on this study, and many other that have not been verified yet.
Palavras-chave: estudo longitudinal
desenvolvimento motor
escolares
longitudinal study
motor development
school children
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Ciência do Movimento Humano
Programa: Mestrado em Ciências do Movimento Humano
Citação: SANTOS, Ana Paula Maurilia dos. Longitudinal study of motor behavior: from infant to children school. 2012. 103 f. Dissertação (Mestrado em Ciência do Movimento Humano) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/240
Data de defesa: 15-Fev-2012
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências do Movimento Humano

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
ANA PAULA MAURILIA DOS SANTOS.pdf2,02 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.