Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/234
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeito do treinamento orientado a tarefa bilateral na função dos membros superiores em indivíduos com hemiparesia grave: ensaio clínico randomizado
Título(s) alternativo(s): Effect of task oriented training function in bilateral upper limbs in individuals with severe hemiparesis: randomized clinical trial
Autor: Farias, Nayara Corrêa 
Primeiro orientador: Michaelsen, Stella Maris
Resumo: Muitos dos diferentes recursos propostos na pesquisa sobre a reabilitação do membro superior (MS) em pessoas com hemiparesia crônica são relevantes para os pacientes com comprometimento motor leve a moderado, pouco se sabe sobre os benefícios para pacientes com comprometimento motor grave. Além disso, pacientes graves mostram pequenas mudanças no desempenho motor para realizar tarefas unilaterais com o MS parético, mas podem se tornar mais funcionais usando o MS parético como auxiliar de tarefas funcionais bilaterais. Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito do treinamento orientado a tarefa bilateral progressivo na recuperação da função bilateral dos MMSS em pacientes graves, comparativamente à fisioterapia convencional. Caracteriza-se por ser um ensaio clínico randomizado controlado, que incluiu 16 pacientes adultos (55,3 ± 11,6 anos) com o 8 pacientes no grupo experimental (GE) (Fugl-Meyer-MS =16± 5,8) com treinamento para o MS em tarefas funcionais bilaterais com um método sistemático de progressão e 8 pacientes no grupo controle (GC) (Fugl-Meyer-MS =13± 5,0) de treinamento convencional para o MS. Ambos os grupos receberam a mesma intensidade de intervenção, de dez dias, com 60 minutos cada sessão. As avaliações foram divididas em antes de iniciar o treinamento (PRE), imediatamente após as intervenções (POS) e duas semanas após a intervenção (Seguimento). Para o desfecho principal - Teste de Função Bilateral de Membros Superiores (TEBIM) houve efeito significativo de tempo (p= 0,02) e de grupo (p< 0,01), sem apresentar interação entre tempo e grupo significativa. A comparação aos pares mostrou que o valor do POS foi maior que no PRE para resultado total do TEBIM (p=0,01). Nas sub-escalas do TEBIM as tarefas bilaterais manipulativas e as tarefas bilaterais assimétricas, apresentaram efeito significativo de tempo (p=0,05 e p=0,03 respectivamente) e grupo (p< 0,01 e p< 0,01 respectivamente). Os escores das tarefas manipulativas foram maiores no pós teste comparativamente ao pré teste (p=0,05) e maiores no GE em relação ao controle (p=0,02). Nas tarefas assimétricas os escores do GE foram maiores que os do GC tanto no pós teste como no seguimento (respectivamente p=0,02 e p= 0,003). Para as tarefas bilaterais simétricas não houve efeito significativo de tempo ou de grupo. Nas medidas de resultados secundário Motor Activity Log (MAL) houve diferença estatisticamente significativa de tempo (p<0,01) para a quantidade de uso, com as médias no POS e Seguimento maiores que no PRE (ambos p<0,01); O Fugl-Meyer-MS não apresentou efeito significativo de tempo ou grupo. Conclui-se que o paciente com hemiparesia crônica de comprometimento motor grave para o MS pode se beneficiar com o treinamento orientado a tarefa bilateral para os MMSS, seguindo parâmetros de progressão nas tarefas, para o ganho da função bilateral comparativamente a fisioterapia convencional.
Abstract: After stroke, most of the different resources for the paretic upper limb (UL) rehabilitation are effective for patients with mild to moderate motor impairment. Treatments for patients with severe motor impairment little is known about the benefits of these interventions. Also, severely impaired patients show little changes in motor performance for achieve unilateral tasks with the paretic UL. However to become more functional, patients with severe arm paresis can use de paretic UL to stabilizing actions during functional bilateral tasks. This study aimed to assess the effect of progressive bilateral functional training in the recovery of bilateral UL function in individuals with chronic hemiparesis and severe motor impairment compared to conventional physiotherapy. It is characterized randomized controlled clinical trial that included 16 adult patients (55.3 ± 11.6 years) with 8 patients in the experimental group (EG) (Fugl-Meyer UL = 16 ± 5.8) with training for the UL bilateral functional tasks with a systematic method of progression and 8 patients in the control group (CG) (Fugl-Meyer UL= 13 ± 5.0) conventional training for UL. Both groups received the same intensity of intervention, ten days, with 60 minutes each session. The assessments were divided into before starting the training (PRE), immediately after intervention (POS) and two weeks after the intervention (Follow-up). The Test instrument Arm Bilateral Functional Test (ABIT) significant effect of time (p = 0.02) and group (p <0.01), with no interaction between time and group significant. The comparison in pairs showed that the value of POS was higher than in the total result for PRE TEBIM (p = 0.01). Subscales of the TEBIM bilateral manipulative tasks and tasks asymmetrical bilateral, significant effect of time (p = 0.05 and p = 0.03 respectively) and group (p <0.01 and p <0.01 respectively). The scores of manipulative tasks were higher in the posttest compared to pretest (p = 0.05) and higher in EG compared to controls (p = 0.02). In asymmetrical tasks of GE scores were higher than those of both the GC and post-test follow-up (respectively p = 0.02 and p = 0.003). For symmetrical bilateral tasks there was no significant effect of time or group.Secondary outcome measures in the Motor Activity Log (MAL) was no statistically significant time (p <0.01) for the amount of use with the POST and the mean follow-up greater than in PRE (both p <0.01), whereas Fugl-Meyer- UL had no significant effect of time or group. It follows the patient with chronic hemiparesis severe motor impairment for MS can benefit from task-oriented training for the bilateral upper limbs following parameters of progression in the tasks, gain of function compared with conventional physiotherapy bilateral.
Palavras-chave: acidente vascular encefálico
hemiparesia
função bilateral
ensaio clínico randomizado
stroke
hemiparesis
bilateral function
randomized clinical trial
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Ciência do Movimento Humano
Programa: Mestrado em Ciências do Movimento Humano
Citação: FARIAS, Nayara Corrêa. Effect of task oriented training function in bilateral upper limbs in individuals with severe hemiparesis: randomized clinical trial. 2012. 99 f. Dissertação (Mestrado em Ciência do Movimento Humano) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/234
Data de defesa: 2-Mar-2012
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências do Movimento Humano

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Nayara Correa Farias.pdf2,08 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.