Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/228
Tipo do documento: Dissertação
Título: Influência do resfriamento cutâneo na capacidade de reprodução de força isométrica do tornozelo em indivíduos saudáveis : estudo randomizado controlado cruzado Florianópolis - SC
Título(s) alternativo(s): Effects of skin cooling on isometric force replication in healthy ankles a cross-over randomized controlled trial
Autor: Santos, Daniela Pacheco dos 
Primeiro orientador: Noronha, Marcos Amaral de
Resumo: A análise da propriocepção do tornozelo é geralmente realizada através da capacidade de percepção do senso de posição e da velocidade e direção de movimento. Poucos estudos investigaram a propriocepção através da capacidade de reprodução de força, e em especial a influência do resfriamento tecidual cutâneo sobre esta forma de medida proprioceptiva. Este estudo randomizado controlado, com delineamento cruzado teve por objetivo analisar a influência do resfriamento cutâneo sobre a capacidade de reprodução de força isométrica dos músculos flexores dorsais do tornozelo. Participaram deste estudo 20 indivíduos saudáveis de ambos os sexos os quais foram alocados em dois grupos: Grupo 1 e Grupo 2. O grupo 1 (Com-Sem Gelo) foi avaliado primeiramente sob efeito do resfriamento e posteriormente submetido a mesma avaliação sem resfriamento. O grupo 2 (Sem-Com Gelo) foi submetido as mesmas avaliações do grupo 1, no entanto em ordem inversa. As medidas analisadas foram o erro e o erro absoluto, calculados a partir da diferença entre o valor realizado pelo sujeito e os valores alvos, correspondentes a 20 e 50% da contração voluntária máxima (CVM) e a variabilidade do erro absoluto, medido a partir da média dos desvios padrão. A coleta de dados de força foi realizada com o uso de uma célula de carga extensométrica colocada sob uma prancha inclinada. Foram realizadas 10 tentativas de reprodução de força para cada porcentagem da CVM. Os dados foram analisados através da ANOVA para medidas repetidas com dois fatores (condição de resfriamento cutâneo com ou sem e porcentagem da CVM 20 e 50%). Em todos os testes estatísticos foi adotado um p-valor menor que 0,05. O erro absoluto foi maior após a aplicação de gelo, apresentando diferenças significativas entre as forças alvo (p<0,001) e entre as situações Sem Gelo e Com Gelo (p= 0,007). Os valores encontrados indicam que o erro foi maior para a condição Com Gelo e em 50% da CVM. A aplicação da crioterapia com conseqüente alteração da percepção tátil parece reduzir a capacidade proprioceptiva de reprodução de força isométrica.
Abstract: Proprioception at the ankle is usually evaluated by means of position sense, movement velocity and direction sense. Few studies have investigated proprioception by the capacity to reproduce force, and specially, the influence of superficial cold application to this proprioceptive measurement. This cross-over, randomized controlled trial aimed to investigate the effect of superficial cold application on the ability to reproduce isometric force by the dorsiflexors of the ankle. Twenty healthy participants were randomly allocated to Group 1 or Group 2. Group 1 (Ice no Ice) was first evaluated immediately after superficial cold application then, with at least 48 hour interval, the group was again evaluated but without any cold application. Group 2 (no Ice Ice) was submitted to the same evaluations as Group 1, however the order of superficial cold application was inverted. We following variables were used for analysis: relative error, absolute error (calculated by the difference between the target force and the performed force) and the variability of the absolute error (calculated by the mean of the standard deviations of the differences). We used two target forces, 20% and 50% of the maximum voluntary contraction (MVC). For data collection we used a load cell force attached to a inclined board. Ten trials were performed by each participant for each target force in each session. We performed a repeated measures analysis of variance (ANOVA) to investigate whether there was a difference between condition (cold application and control) and targe force (20% and 50% of MVC). For all tests significance was considered with p < 0.05. The absolute error was greater for the superficial cold application condition (p= 0.007) and it was also greater for the target force of 50% when compared to the target force of 20% of the MVC (p<0.001). There were no interaction between condition (superficial cold application and control) and target force (20% and 50% of the MVC). The findings indicate that superficial cold application, and consequent change in tactile sense, decreases the ability to reproduce isometric force by the ankle dorsiflexors.
Palavras-chave: propriocepção
tornozelo
resfriamento cutâneo
reprodução de força
proprioception
ankle
cryotherapy, force reproduction
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Ciência do Movimento Humano
Programa: Mestrado em Ciências do Movimento Humano
Citação: SANTOS, Daniela Pacheco dos. Effects of skin cooling on isometric force replication in healthy ankles a cross-over randomized controlled trial. 2011. 53 f. Dissertação (Mestrado em Ciência do Movimento Humano) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/228
Data de defesa: 8-Dez-2011
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências do Movimento Humano

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Daniela Pacheco dos Santos.pdf728,6 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.