Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/222
Tipo do documento: Dissertação
Título: Mudanças estratégicas: o caso da Unimed grande Florianópolis
Título(s) alternativo(s): Strategic changes: the case study of UNIMED grande Florianópolis
Autor: Marino, Felipe de Toledo
Primeiro orientador: Amboni, Nério
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo compreender as mudanças estratégicas ocorridas na Cooperativa de trabalho médico Unimed Grande Florianópolis (UGF), no período de 2000 a 2010, em termos de contexto, conteúdo e processo. A estratégia de investigação utilizada foi o estudo de caso, de cunho qualitativo e descritivo, em uma visão contextual-processual, utilizando-se do método de investigação histórico-interpretativo. Os dados foram coletados por meio de entrevistas em profundidade com roteiro semi-estruturado, aplicadas em ex-dirigentes da organização, elaboradas a partir de análise documental, observação direta e dos fundamentos teóricos e práticos concernentes às abordagens de apoio de mudança: a teoria do ciclo de vida (GREINER, 1972), a teoria institucional (DI MAGGIO; POWELL, 1991), a VBR ou visão baseada em recursos (BARNEY, 1991) e a teoria biográfica (SALAMA, 1992) e, como principal, a abordagem teórica contextualista (PETTIGREW, 1973; 1979; 1987; 1991; 2001). Além dos fundamentos relativos à mudança, foram discutidos os assuntos: organizações como sistemas sociais, o contexto das organizações, as estratégias organizacionais e os resultados de pesquisas de mudança estratégica em organizações de saúde. As mudanças ocorridas na Unimed estudada foram organizadas em três períodos estratégicos, refletindo os períodos distintos de gestão da organização. A interpretação e a análise das mudanças foram feitas por meio da classificação e do agrupamento por grupos de afinidades, possibilitando a identificação das seguintes dimensões de mudança: (1) Financeira e Jurídica, de cooperativa para operadora de planos de saúde; (2) Gestão, da administração médica para a administração profissional; (3) Marketing e Relacionamento, da assistência à doença para a promoção de saúde; (4) Produtos e Serviços, da venda de planos de saúde à oferta de um portfólio de serviços próprios, e; (5) Política, da atuação política local para a representatividade política no Sistema. Pode-se verificar que a organização passou por um momento de crise na primeira fase e, por uma série de mudanças que ocorreram de forma contínua e incremental nas fases seguintes, tendo como principais fatores de influência os processos de eleição política dos dirigentes médicos e a regulação exercida pela Agência Nacional de Saúde (ANS)
Abstract: This current study is aimed at understanding the strategic changes occurring in a Cooperative Medical Group named Unimed Grande Florianópolis (UGF), located in Brazil, during the years 2000 to 2010, in terms of context, content and process. In order to do so, it the case study strategy was used with qualitative and descriptive character, within a context-process vision using the method of interpretive historical research. Data was collected by conducting interviews using semi-structured questionnaires, and applied to former directors of the organization, driven by literature review, document analysis and direct observation, concerning support for the following change theories: Organizational Growth (GREINER, 1972), Institutional Isomorphism (DIMAGGIO; POWELL, 1991), RBV or Resource-Based View (BARNEY, 1991) and Biography of Organizations (SALAMA, 1992) and, as a principal, the Contextualism (PETTIGREW, 1973; 1979; 1987; 1991; 2001). In addition to the grounds relating to the theories of change, the following issues were discussed: organizations as a social system, the context of organizations, organizational strategies and the results of research covering strategic change in health organizations. The changes in Unimed were organized into three strategic periods, reflecting different periods of management. The analysis and interpretation of the changes were made by classifying and grouping by affinity, enabling the identification of the following dimensions of change: (1) Financial and Legal, from the cooperative to the health insurance scenario, (2) Management, from the medical management to the professional management, (3) Marketing and Relationship, from disease´s assistance to the health promotion, (4) Products and Services, from the sale of health plans to the portfolio of services offerred, and, (5 ) Politics, from the local political activity to the expansion of political representation. In this context, it was found that the organization went through a time of crisis in the first stage, and by a series of changes that occurred in a continuous and incremental way during the later stages. As the main influencing factors were the political election processes of the medical directors and the regulation imposed by the National Health Agency (ANS)
Palavras-chave: Mudança estratégica
Mudança em saúde
Mudança organizacional
Estratégia
Abordagem contextualista
Unimed
Saúde administração
Cooperativas Florianópolis (SC)
Planejamento empresarial
Strategic change
Health care changes
Organizational changes
Strategy
Longitudinal study
Unimed
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Administração
Programa: Mestrado em Administração - Profissionalizante
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/222
Data de defesa: 11-Out-2011
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional - Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Felipe.pdf380,59 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.