Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/2188
Tipo do documento: Dissertação
Título: Agrupamento vertical: uma discussão com educadores sobre a sua contribuição para o desenvolvimento da criança pré-escolar
Autor: Cunha, Rosana Lins Alves da 
Primeiro orientador: Lamy, Gersolina Antonia de Avelar
Resumo: A decisão de relatar experiências no campo da educação infantil, realizadas por educadores brasileiros, surgiu do desejo de registrar trabalhos que não poderiam se perder no tempo, como: a Escola Recanto Infantil, da professora Maria Cunha; a pesquisa sobre o desenvolvimento da linguagem de crianças brasileiras realizada pela professora Heloísa Marinho, ambas no Rio de Janeiro, e a implantação do agrupamento vertical na pré-escola, pela professora Júlia Chaves, em Brasília. Esta pesquisa focaliza o agrupamento vertical que consiste em um programa de educação para crianças de diferentes idades, na pré-escola na mesma sala de aula. O agrupamento vertical precisava ser observado à luz de estudos que fundamentassem sua prática e que pudessem referendar os aspectos contributivos para o desenvolvimento da criança, na faixa etária de dois a cinco anos. O referencial teórico do agrupamento vertical é fundamentado na Escola Nova, apresentando indicativos que apontavam para a educação como vida, como ação integrante do cotidiano da criança. Assim, o contato com a escola seria prazeroso, saudável e desenvolvido através do lúdico. O primeiro passo neste estudo constitui em esclarecer a ação pedagógica que partia da experiência da criança em sua própria família, ou seja, a mistura de idade entre irmãos, primos e agregados como estímulo à aprendizagem. O segundo passo buscava orientação nas teorias de Dewey e Piaget e na pesquisa de Marinho e, a partir destas consultas, delimitar os campos que, ao serem observados, indicassem maior fidelidade ao desenvolvimento da criança segundo a instituição estudada. O terceiro passo foi investigar quais seriam as contribuições no campo da linguagem e das relações sociais e suas atuações, com destacada importância para a contenda sobre os limites e a construção da autonomia, que compunham o cenário da discussão com os educadores envolvidos no exercício de lidar com o agrupamento vertical. A investigação buscou trilhar as orientações de uma pesquisa qualitativa e da aplicação de estudos com caráter etnográfico. Os resultados da pesquisa demonstraram que o agrupamento vertical tem contribuições a oferecer no trabalho com a criança pré-escolar e que outros aspectos do desenvolvimento infantil precisam ser investigados com mais cautela nesta prática pedagógica. Cabe salientar que a pedagogia na qual se insere o trabalho, Pedagogia de Interação Expressiva, agenda o trabalho com a criança de acordo com princípios da liberdade sem medo e de que a educação não pode caminhar separada dos fatos e acontecimentos da vida
Abstract: The decision to relate experiences in the field of children s education, carried out by Brazilian educators, was born from the desire to record works which could not be lost to time. These include: Maria Cunha s work inside primary school Recanto Infantil, and with communities from outside the school, the research about Brazilian children s language development done by Heloisa Marinho (all of them in Rio de Janeiro) and also the implantation of mixed-age groups of children in nurseries by Júlia Chaves in the city of Brasília. This research focuses the mixed-age groups, which consist in an educational program to children from different ages, developed in the same pre-school classroom. The mixed-age groups needed to be observed by studies able to establish the foundations of its practice and also able to prove the contributive aspects to lhe child s development, between ages of two and five years. The theoretical referential is based on Escola Nova, presenting indicatives which pointed to education as life, as an existing action in the child s everyday routine. Therefore, the contact with the school would be pleasant, healthy and developed through funny activities. The first step in this study consisted in clarifying the pedagogic action which began in the child s experience inside his/her own family, or rather, the mixture of ages among brothers/sisters, cousing and other family members as na encouragement to lhe learning process. The second step searched for guidance in Dewey and Piaget and in Marinho s research, and from these sources, define the fields which, when observed, would indicate greater loyalty to the child s development. The third step was to investigate would be the contributions in the fields of language and social relationships and its repercussions, with particular importance to the discussion about limits and the building of autonomy, which constituted the scenario of the discussion with the educators involved in the practice of dealing with mixed-age-groups. The investigation intended to achieve the orientation of a qualitative research and of the application of studies with ethnographic nature. The research results have shown that the mixed-age groups have contributions to offer when it comes to the work with the pre-school child and that other aspects of children s development need to be investigated with more caution in this pedagogic practice. It is valid to underline that the pedagogy in which the work is introduced, Expressive Interaction Pedagogy, establishes the child according to the principles of freedom without fear and cannot be detached from facts and occurrences life.
Palavras-chave: Educação pré-escolar
Educação de crianças
Agrupamento por aptidão (Educação)
Métodos acelerados do ensino
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Educação e Cultura
Programa: Mestrado em Educação e Cultura
Citação: CUNHA, Rosana Lins Alves da. Agrupamento vertical: uma discussão com educadores sobre a sua contribuição para o desenvolvimento da criança pré-escolar. 1999. 201 f. Dissertação (Mestrado em Educação e Cultura) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 1999.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/2188
Data de defesa: 18-Mar-1999
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação e Cultura

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
RosanaCunha.pdf867,83 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.