Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/2144
Tipo do documento: Dissertação
Título: O processo de transformação da CIPLA : uma experiência autogestionária
Título(s) alternativo(s): The process of transformation of the Cipla: an automanagement experience
Autor: Borba, Jonecir Alberto
Primeiro orientador: Alperstedt, Graziela Dias
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo descrever e analisar as grandes mudanças ocorridas na empresa Cipla, no período compreendido entre 1963 e 2007, com ênfase na experiência autogestionária vivenciada a partir de 2002. Trata-se de um estudo de caso desenvolvido com base na metodologia de Pettigrew, a qual permite resgatar o processo de transformação, levantar o contexto interno e externo, bem como, identificar o conteúdo das mudanças ocorridas na organização. Indústria do segmento de plásticos situada em Joinville/SC, a Cipla foi a primeira subsidiária do Grupo Hansen. Em 1989, por ocasião da partilha dos bens promovida pelo patriarca e fundador João Hansen Júnior, a Cipla desvincula-se do grupo e seu controle acionário é transferido para a filha Elizeth Hansen e seu marido Luis Batschauer. Esse processo daria início a uma grande transformação, com vistas a consolidar a empresa como um dos maiores grupos transformadores de plásticos do Brasil. Contrariando, porém, as expectativas, as medidas econômicas adotadas pelo Governo Collor, em 1990, trouxeram conseqüências graves para sua gestão. Apesar dos esforços, ao longo dos anos acumulou um passivo tributário e trabalhista expressivo, o qual foi responsável por inúmeros conflitos e principalmente pelo movimento grevista ocorrido em outubro de 2002. Nesta ocasião, por intermédio de representantes do Ministério Público do Trabalho, a gestão da empresa é transferida aos trabalhadores, que passam a atuar em forma de autogestão. Políticos de ideologia marxista, responsáveis pela organização dos trabalhadores no momento da greve assumem a responsabilidade de instituir e conduzir o novo modelo de gestão, perpetuando-se nos cargos de direção e gerência desde 2002 até maio de 2007. Sob a alegação de descumprimento de decisão judicial, aumento do estoque da dívida, entre outros fundamentos, a Justiça Federal decreta a intervenção Judicial na Cipla a partir de 31.05.07, cujo cumprimento do mandado é acompanhado de um forte esquema da polícia federal. Observa-se no decorrer da pesquisa que, apesar das transformações que se apresentaram a partir de 2002 e de figurar como um modelo autogestionário, a Cipla preserva características que não diferem do modelo burocrático de organização
Abstract: This research has as objective to describe and to analyze the great occurred changes in the Cipla company, the period understood between 1963 and 2007, with emphasis in the lived deeply auto managing experience from 2002. The methodology of Pettigrew is about a study of developed case on the basis of, which allows rescuing the transformation process, to raise the internal and external context, as well as, to identify the content of the occurred changes in the organization. Industry of the plastic segment situated in Joinville/SC, the Cipla was first subsidiary of the Group Hansen. In 1989, for occasion of the allotment of the goods promoted for the patriarch and founder João Hansen Júnior, the Cipla is disentailed of the group and its shareholding control is transferred to the Elizeth son Hansen and its husband Luis Batschauer. This process would give beginning to a great transformation, with sights to consolidate the company as one of the biggest transforming groups of plastics of Brazil. Opposing, however, the expectations, the economic measures adopted by the Collor Government in 1990, had brought serious consequences for its management. Despite the efforts, to the long one of the years it accumulated liabilities tributary and expressive member of labor party, which was responsible for innumerable conflicts and mainly for the movement striker occurred in October of 2002. In this occasion, by intermediary of representatives of the Public prosecution service of the Work, the management of the company is transferred to the workers, who start to act in self management form. Politicians of Marxist ideology, responsible for the organization of the workers at the moment of the strike, assume the responsibility to institute and to lead the new model of management, perpetuating themselves in the positions of direction and management since 2002 until May of 2007. Under the allegation of no compliment of sentence, increase of the supply of the debt, among others beddings, Federal Justice decrees the judicial intervention in the Cipla from 31.05.07, whose fulfillment of the errand is followed of a strong project of the federal policy. It is observed in elapsing of the research that, despite the transformations that if had presented from 2002 and to appear as an auto management model, the Cipla preserves characteristics that they do not differ from the bureaucratic model of organization
Palavras-chave: Cipla
Autogestão
Plásticos
Indústria
Joinville (SC)
Administração
Participação dos empregados
Cipla
Auto management
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Administração
Programa: Mestrado em Administração
Citação: BORBA, Jonecir Alberto. The process of transformation of the Cipla: an automanagement experience. 2007. 135 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/2144
Data de defesa: 29-Jun-2007
Aparece nas coleções:Mestrado em Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
JONECIR.pdf409,58 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.