Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/153
Tipo do documento: Dissertação
Título: Controle social : um árduo e significativo processo de aprendizagem
Autor: Abreu, Natália Berns 
Primeiro orientador: Schommer, Paula Chies
Resumo: Este trabalho sistematiza a experiência do Centro Cultural Escrava Anastácia (CCEA) organização integrante da Rede Instituto Pe Vilson Groh (IVG) em relação ao exercício do controle social. Com base nessa sistematização, busca-se contribuir para que o controle social exercidos por essas organizações empodere pessoas e organizações, para que estas tenham melhores condições de dialogar, acompanhar, propor e reivindicar ações e políticas com vistas à construção do bem comum, para uma sociedade mais justa e igualitária. Ao longo do estudo, são destacadas aprendizagens e inovações em controle social verificadas na ação de organizações da sociedade civil (OSCs), particularmente ao longo da trajetória do CCEA. O controle social proposto por este trabalho é um controle compartilhado, no qual os atores influenciam e são influenciados mutuamente. Assim, a abordagem ao tema, neste estudo, acentua a relevância da atuação em rede - entre pessoas em cada comunidade; de organizações da sociedade civil entre si - local, nacional e internacionalmente, nos territórios ou temas com os quais trabalham; na interação entre OSCs e órgãos governamentais, em diferentes instâncias e esferas de governo, em espaços mais institucionalizados ou menos. Conceitualmente, são abordadas as relações entre controle social e cidadania, accountability, coprodução do bem público e governança. O estudo foi realizado entre 2013 e 2015, envolvendo pesquisa bibliográfica e documental, entrevistas a doze atores com atuação relevante no tema, e observação participante. A partir da análise dos dados coletados, das entrevistas realizadas e da vivência da autora como colaboradora do CCEA, a atuação do controle social foi descrita com base nos momentos transformacionais da organização: Momento Pioneiro, Momento de Expansão, Momento de Institucionalização e Momento de Reflexão e Avaliação. Muitas aprendizagens foram identificadas ao longo deste estudo, mostrando que, por meio de um trabalho em rede, com engajamento e relações de poder mais horizontais é possível coproduzir bens e serviços que melhorem a vida das pessoas. Ao mesmo tempo, muitos são os desafios, as limitações e fragilidades deste exercício. Os resultados apresentam ações e posicionamentos do CCEA, inovadores na temática, que concretizam o exercício do controle social neste árduo e significativo processo. Estes resultados compõem a sistematização de algumas experiências de aprendizagens e inovação do CCEA como: a criação do Grupo de Trabalho, GT Controle Social; criação do Conselho Jovem; e o CCEA enquanto integrante da Rede IVG.
Palavras-chave: Controle social
Aprendizagem
Sociedade civil
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Administração
Programa: Mestrado em Administração - Profissionalizante
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/153
Data de defesa: 7-Dez-2015
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional - Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
125771.pdf2,12 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.