Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/1432
Tipo do documento: Dissertação
Título: Da rodovia da morte ao desvio pela vida: os conflitos socioambientais em torno da duplicação da BR-101 em Araranguá/SC (1995-2011)
Título(s) alternativo(s): From the highway to the deviation of the dead for life: conflicts around the duplication of the BR-101 in Araranguá / SC (1995 2011
Autor: Bronstrup, Daniel Alves
Primeiro orientador: Campos, Emerson César de
Resumo: A rodovia BR-101 em Araranguá está tão relacionada ao cotidiano da cidade que dificilmente é mencionada em pesquisas e livros de história da cidade. Portanto, esta pesquisa pautada na História do Tempo Presente vem se aprofundar num assunto inovador para a historiografia local. Após anos de desenvolvimento impulsionado pela agricultura e por pequenas indústrias que se organizavam no refino de seus produtos, a cidade de Araranguá presenciou profundas alterações através da chegada da rodovia federal ainda na década de 1960. Já no início, a ferrovia foi desativada fazendo a rodovia absorver as principais atividades de transporte da cidade. Com o passar dos anos, sua localização passou a ser referência para novos estabelecimentos comerciais e a partir da década de 1970, com sua pavimentação, a cidade vislumbrou novas perspectivas econômicas. Com a facilidade de acesso, a cidade passou a respirar novos ares e iniciou uma forçada vocação para o turismo, pois até mesmo seus símbolos nacionais exaltam as belezas naturais. Essa política originou um desenvolvimento do turismo nos balneários da cidade, além do mais as regiões próximas à rodovia começaram a receber as primeiras indústrias motivadas pela proximidade e fácil acesso. Além disso, novos bairros residenciais começam a surgir a partir de loteamentos e o crescimento da cidade se intensifica nas proximidades do leito da rodovia. Essa relação entre a cidade e a rodovia vai ser abalada a partir da década de 1990, quando o tráfego intenso, a má conservação da via e o excesso de bairros às margens da rodovia geram uma combinação perigosa que vai ceifar muitas vidas. Outro problema é que a mesma rodovia que trouxe desenvolvimento e riqueza, também vai trazer congestionamentos e poluição sonora e ambiental. Movidos por um sentimento de afirmação no estado de Santa Catarina, o grupo RBS vai apoiar inúmeros movimentos em prol da duplicação completa da rodovia, no entanto a duplicação primeiramente sai no trecho norte. Quando, já na virada do século, a duplicação passa a ser planejada no sul, a cidade de Araranguá presencia um movimento diferente dos outros ocorridos até então na região. Empresários, ambientalistas, profissionais liberais, líderes comunitários dentre outros vão se engajar na luta para mudar o traçado da rodovia na cidade. A proposta era desviar do perímetro urbano. Porém o grupo vai enfrentar a oposição de empresários e dos órgãos governamentais que administram o empreendimento. Foram anos de intensos debates e inúmeras audiências até que ao final o grupo intitulado Desvio pela Vida conseguiu impor sua proposta. Com essa vitória veio algum viés, como por exemplo, a unidade do grupo foi desfeita por divergências na celebração do acontecimento. Mesmo assim esse movimento modificou a cidade em vários aspectos que serão respondidos somente a partir da conclusão da obra de duplicação da rodovia
Abstract: The BR-101 in Araranguá is so related to the life of the city which is hardly mentioned in history books and research the city. Therefore, this research based in the History of the Present Time to delve into a subject comes to innovative local historiography. After years of development driven by agriculture and small industries organized themselves in refining their products, the city of Araranguá witnessed profound changes through the arrival of federal highway in the decade of 1960. At the beginning, the railroad was doing off the highway to absorb the main transport activities of the city. Over the years, its location became a reference point for new businesses and from the 1970s, with its paving, the city saw new economic outlook. With the ease of access, the city began to breathe fresh air and began a forced vocation for tourism, because even their national symbols exalt the natural beauty. This policy led to a development of tourism in the resorts of the city, moreover, the areas near the highway began receiving the first industries motivated by the proximity easy access. In addition, new residential neighborhoods begin to arise from subdivisions and growth of the city is intensified near the bed of the highway. This relationship between the city and the highway will be shaken from the 1990s, when heavy traffic, poor preservation of the route and over the edges of neighborhoods of the highway will generate a dangerous combination that will reap many lives. Another problem is that the same road that brought wealth and development, Will also generate congestion from the noise and environmental pollution. Driven by a sense of affirmation in the state of Santa Catarina, RBS group will support numerous movements for complete duplication of the highway, however duplication in northern stretch out first. When the turn of the century as the duplication is to be planned in the southern city of Araranguá witnessing a movement different from the others so far occurred in the region. Environmentalists, professionals, community leaders and others will engage in the fight to change the route of the highway in the city, the proposal was to divert the urban perimeter. But the group will face opposition from business and government agencies that administer the project. During years of intense debate and many hearings until the end of the group entitled "Deviation for Life" was able to impose its proposal. With this win came some bias, such as the unity of the group was undone by differences in the celebration of the event. Yet this movement has changed the city in several aspects that will be answered only after the completion of the work of duplication of the highway
Palavras-chave: Araranguá
Movimentos populares
Rodovia BR-101
Tempo presente
Rodovias projetos e construção
Araranguá (SC)
Araranguá
Popular movements
BR-101
Present time
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: História
Programa: Mestrado em História
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1432
Data de defesa: 28-Fev-2012
Aparece nas coleções:Mestrado em História

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Daniel.pdf4,15 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.