Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/1327
Tipo do documento: Dissertação
Título: A interpretação não-naturalista nos espetáculos Agreste e o Pupilo quer ser tutor
Autor: Amador, Paula Catalina Rojas
Primeiro orientador: Beltrame, Valmor
Resumo: A presente pesquisa tem como objeto a análise da interpretação teatral em encenações antinaturalistas. Também estuda a existência de alguns dos princípios presentes no teatro de máscara, no teatro de marionetes e no teatro nô, tais como: a economia de meios, o foco, a partitura de gestos e ações, a neutralidade, a imobilidade e a relação do ator com seu centro energético, também conhecido como centro de gravidade. O estudo centra suas análises em dois espetáculos contemporâneos encenados no Brasil: Agreste dirigido por Márcio Aurélio e encenado pela Cia. Razões Inversas, no ano de 2004 em São Paulo-SP; e O Pupilo quer ser tutor, peça do dramaturgo austríaco Peter Handke encenado pela Cia. Teatro sim... Por que não?! no ano de 2007, em Florianópolis-SC, sob a direção de Francisco Medeiros. A pesquisa incorpora o conceito de teatralidade e suas relações com a mimese como elementos concretos para discutir o trabalho interpretativo que se distancia do modo naturalista de atuar
Abstract: This research has as its object the analysis of theatrical interpretation in anti-naturalists performances. It also studies the existence of some principles in the mask theater; marionette theater, and nô theater, such as: economy of means, focus, score of gestures and actions, neutrality, immobility and the relation of the actor with his energetic center, also known as gravity center. The study centers its analysis in two contemporaneous spectacles played in Brazil: Agreste directed by Márcio Aurélio and played by Cia. Razões Inversas in the year of 2004 in São Paulo-SP; and O Pupilo quer ser tutor´, written by the Austrian playwright Peter Handke and played by the Cia. Teatro sim... Por que não?! in the year of 2007 in Florianópolis-SC, under the direction of Francisco Medeiros. The research includes the concept of theatricality and its relations with the mimesis as concrete elements to discuss the interpretative work which distances itself from the naturalistic way of playing
Palavras-chave: Interpretação teatral
Teatralidade
Mimese
Teatro anti-naturalista.
Theatrical interpretation
Theatricality
Mimesis
Anti-naturalist theater
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::TEATRO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Teatro
Programa: Mestrado em Teatro
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1327
Data de defesa: 19-Fev-2009
Aparece nas coleções:Mestrado em Teatro

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
PaulaRojasAmador2009.pdf1,93 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.