Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/132
Tipo do documento: Dissertação
Título: Formulação de estratégias em laboratórios de análises clínicas
Autor: Búrigo, Renan Grijó 
Primeiro orientador: Amboni, Nério
Resumo: O setor de saúde brasileiro passa por uma grave crise institucional, culminada pelo congelamento das tabelas de preços e excesso de cobrança por qualidade e padronização, incentivadas por órgãos como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). O poder de influência das grandes empresas, corporações e associações também influenciam e ditam algumas regras do mercado de saúde. É neste cenário turbulento e complexo que encontram-se os laboratórios de análises clínicas, prestadores de serviço de apoio ao diagnóstico médico. Assim, a pesquisa tem por objetivo estabelecer proposta de fatores facilitadores e restritivos dos ambientes externo e interno para a formulação de estratégias em Laboratórios de Análises Clinicas (LAC). A pesquisa foi realizada com gestores de 79 laboratórios clínicos do Estado de Santa Catarina, entre os meses de março a junho de 2014. As técnicas de coleta de dados utilizadas são a análise documental, a pesquisa bibliográfica e o questionário complementado pela vivência e experiência do pesquisador. O processo de coleta de dados primários (pesquisa empírica) foi realizado em três fases: a) pré-teste; b) aplicação do questionário no evento do Reúne; e c) contato com os gestores de laboratórios por via telefônica e por e-mail, para complementar o processo de coleta de dados. Os dados coletados, com a aplicação dos questionários, são tratados quantitativamente e interpretados qualitativamente, visando à identificação, segundo a percepção dos gestores pesquisados de LAC, dos fatores facilitadores e restritivos dos ambientes externo e em nível interno estratégico e funcional para a formulação de estratégias em Laboratórios de Análises Clinicas. Gráficos e quadros são elaborados para ilustrar os resultados alcançados e facilitar a descrição e a interpretação. A maioria dos laboratórios pesquisados são de pequeno porte e com pouco poder de barganha frente aos clientes, concorrentes e fornecedores. Ainda, é identificado na pesquisa que os gestores possuem carência de informações sobre temas de gestão como planejamento estratégico, gestão de custos e indicadores. A partir dos achados da pesquisa, percebe-se que os fatores do ambiente externo podem facilitar como limitar a formulação de estratégias em LAC. Ainda, percebe-se que o poder de escolha dos gestores está restrito ao comportamento dos condicionantes do ambiente externo e dos recursos, capacidades e competências internas dos laboratórios de análises clínicas. Neste raciocínio, a estratégia em LAC se apresenta tanto como reflexo das imposições de mercado (determinismo) como do poder de escolha dos gestores (voluntarismo). Diante desta situação, a habilidade para inovar representa um dos fatores facilitadores para a formulação de estratégias, em laboratórios de análises clínicas, a fim de ampliar os níveis de competitividade do laboratório e superar as expectativas dos clientes.
Abstract: The Brazilian health sector is going through a serious institutional crisis, culminated by the freezing of price lists and over-charging for quality and standardization, encouraged by bodies such as the National Health Surveillance Agency (ANVISA). The power of influence of big business, corporations and associations also influence and dictate some rules of the health market. It is in this turbulent and complex scenario that are the clinical laboratories, which are help providers supporting the medical diagnosis. Thus, the research aims to establish proposal of facilitating factors and limiting the external and internal environments for the formulation of strategies in laboratories of Clinical Analyses (LAC). The survey was conducted with managers of 79 clinical laboratories in the state of Santa Catarina, between the months of March to June 2014. The data collection techniques used are document analysis, the literature review and the questionnaire complemented by the experience and expertise of researcher. The process of collecting primary data (empirical research) was carried out in three stages: a) pre-test; b) implementation of the questionnaire during the event Reúne; c) contact with managers of the laboratories by telephone and by email, to complement the data collection process. The data collected with the questionnaires are treated quantitatively and qualitatively interpreted, in order to identify, as perceived by the respondents of LAC officers, facilitators and restrictive factors of the external environment and strategic and functional internally to the formulation of strategies in Laboratories of Clinical Analyses. Graphs and tables are made to show the results and facilitate the description and interpretation. Most surveyed laboratories are small and with little bargaining power vis-avis the customers, competitors and suppliers. Still, it is identified in the research that managers have little data regarding management topics such as strategic planning, cost management and indicators. From the research findings, it can be seen that the factors of the external environment can facilitate how to limit the formulation of strategies in LAC. Still, one can see that the power of choice of managers is restricted to the behavior of the conditioning of the external environment and resources, capabilities and internal competencies of clinical laboratories. In this reasoning, the strategy in LAC is presented both as a reflection of market constraints (determinism) as the power of choice of managers (voluntarism). In this situation, the ability to innovate is one of the factors that facilitate the formulation of strategies in clinical laboratories, in order to expand the lab competitiveness levels and exceed customer expectations.
Palavras-chave: Planejamento estratégico
Planejamento empresarial
Laboratórios
Laboratory of clinical analysis
Strategies
Strategic Planning
Strategy formulation
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Administração
Programa: Mestrado em Administração - Profissionalizante
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/132
Data de defesa: 23-Out-2014
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional - Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
120601.pdf784,09 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.