Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/1310
Tipo do documento: Dissertação
Título: Corpo e palavra : organizacidade e ritualização da fala em práticas formativas do ator contemporânea
Autor: Stein, Moira,
Primeiro orientador: Andrade, Milton de
Resumo: Esta dissertação reflete sobre a relação corpo-palavra no trabalho do ator contemporâneo, enfocando a procura da organicidade da fala e o papel que a ritualização desempenha em tal busca. Na primeira parte da dissertação, é esenvolvido um estudo teórico sobre as idéias e as pesquisas de Antonin Artaud, Jerzy Grotowski e Peter Brook, no âmbito da voz, da fala e da linguagem verbal, considerando que tais autores têm influência significativa sobre o teatro contemporâneo, no que concerne ao aprofundamento do trabalho do ator e à procura da ritualização do ato teatral. Os três autores citados desenvolveram experiências práticas, mergulhando na experimentação da voz humana, na sua manifestação não-verbal e aprofundando o conhecimento concreto de um território vocal que integrará também a palavra falada: a linguagem verbal é resgatada em seu aspecto sonoro, concreto, bem como em sua origem ligada ao sagrado e ao mítico. Inspirando-se em culturas tradicionais, chegam à proposição de uma fala teatral mais próxima de sua origem antropológica, ritual e cerimonial. A análise desenvolvida nesta primeira parte da dissertação procura elucidar alguns processos de integração orgânica entre a linguagem verbal e o corpo do ator. Na segunda parte da dissertação, enfocam-se duas experiências atuais e brasileiras na prática da experimentação vocal nas quais identificamos prolongamentos das abordagens dos autores estudados. Procura-se dar ênfase à prática formativa, com um estudo do trabalho do ator e diretor Carlos Simioni sobre a ação vocal, no âmbito das pesquisas do Grupo Lume de Campinas (SP), e dos diferentes processos da voz-terapia trabalhada por Sonya Prazeres. Serão descritas e analisadas as práticas vocais oferecidas por eles. A criação de um método de estruturação física para a voz, como um recurso para canalizá-la através dos ressonadores, trabalhando a sua vibração em diferentes regiões do corpo, é o foco das oficinas de Simioni. Aliado às pesquisas desenvolvidas pelo Lume, com as matrizes vocais e a montagem, oferece uma forma prática de integrar corpo e voz. O Vibrato Crescente da vozterapia, com a abordagem dos ressonadores da voz através dos arquétipos, esenvolvido por Prazeres, visa à abertura da expressão pessoal, útil ao trabalho do ator, nos seus processos criativos. Ambos os trabalhos se aproximam de uma visão do transcendente, na qual a noção de vibração alia corpo, voz e fala do ator.
Palavras-chave: Atore
voz
fala
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::TEATRO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Teatro
Programa: Mestrado em Teatro
Citação: STEIN, Moira,. Corpo e palavra : organizacidade e ritualização da fala em práticas formativas do ator contemporânea. 2006. 150 f. Dissertação (Mestrado em Teatro) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1310
Data de defesa: 15-Dez-2006
Aparece nas coleções:Mestrado em Teatro

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
_Moira_Stein_-_Corpo_e_Palavra.pdf505,44 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.