Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/1281
Tipo do documento: Dissertação
Título: Presença e(m) relação : a potência de afeto no entre corpos
Autor: Duenha, Milene Lopes 
Primeiro orientador: Nunes, Sandra Meyer
Resumo: Que noções de presença poderiam considerar o que emerge entre os corpos envolvidos em uma proposição nas artes presenciais contemporâneas? As palavras a seguir lançam um olhar à presença do artista nas relações possíveis ao ato do encontro. Para tanto, os afetos (in)contidos neste escrito revelam questionamentos, experiências vividas e conexões entre referências textuais, por meio de uma articulação de dados etnográficos, compreendendo teoria e prática, pesquisa artística e pesquisa acadêmica em uma relação de complementaridade. Alguns autores e artistas fornecem os elementos a serem discutidos: Hans Ulrich Gumbrecht problematiza a tangibilidade da presença; Bento Espinosa é referência na tentativa de compreender a incidência dos afetos na experiência artística; Walter Benjamin, Jorge Larrosa Bondía e John Dewey fornecem subsídios para o convite a uma experiência possível à arte da presença na contemporaneidade. O desenho de um percurso da presença relacional tem pistas em práticas de encenadores do início do século XX, observadas em estudos de Marco De Marinis, Béatrice Picon-Vallin, Eugenio Barba, Erika Fischer-Lichte e Suzanne M. Jaeger, entre outros. Teorias de António Damásio, Paul Churchland, Sandra Meyer, Michel Bernard e José Gil são articuladas em um movimento a favor da compreensão do corpo/embodiment. Há também a exposição de algumas vivências, diante do investimento em experimentações artísticas de conceitos pertinentes ao desenvolvimento da pesquisa, trajeto este que contém: as reverberações de uma aproximação com o trabalho do grupo Cena 11 Cia. de dança; o relato de uma experiência vivenciada com o grupo La Pocha Nostra; e a análise de questões geradas na aproximação com as ferramentas/conceitos do MODO OPERATIVO AND, de João Fiadeiro e Fernanda Eugénio.
Abstract: Which notions of presence could considere what emerges among the corps involved on a proposition at the contemporany presential arts? The following words cast a glance at the artist presence in the possible relations of the encounter act.Therefore, the affections (in)contained in this writing reveals questionings, lived experiences and connections among textual references, through an ethnographic data articulation, including theory and practice, artistic and academic research in a complementary relationship. Some authors and artists provide the elements that will be discussed: Hans Ulrich Gumbrecht discusses the presence tangibility; Bento Espinosa is a reference in attempt to understand the impact of afects in artistic experience; Walter Benjamin, Jorge Larrosa Bondia and John Dewey provide subsidies for the invitation to an possible experience to the contemporany art of the presence.The drawing of the path on the relational presence has vestiges in directors practices in the early 20th century, observed in studies of Marco De Marinis, Béatrice Picon-Vallin, Eugenio Barba, Erika Fischer-Lichte e Suzanne M. Jaeger, among others. Theories of António Damásio, Paul Churchland, Sandra Meyer, Michel Bernard e José Gil are articulated in a movement in favor of the body/embodiment comprehention. Also, there is the exposure of some experiences, in front of the investing in artistic experiments of concepts pertinent to the researching development, containing in this path: the reverberations of an approach to the work of the dancing group Cena 11; the report of an lived experience with the group La Pocha Nostra; and the analysis of issues generated in approaching with tools/concepts of the AND OPERATING MODE, from João Fiadeiro and Fernanda Eugénio.
Palavras-chave: Afeto (Psicologia)
Teatro
Presença
Relação
Corpo
Escuta.
Presence
Relation
Affection
Body
Listen.
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::TEATRO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Teatro
Programa: Mestrado em Teatro
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1281
Data de defesa: 28-Fev-2014
Aparece nas coleções:Mestrado em Teatro

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
115855.pdf10,69 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.