Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/1249
Tipo do documento: Dissertação
Título: Trajetos do espectador nas travessias de Lygia Clark e Pina Bausch
Autor: Brasil, Giselly
Primeiro orientador: Mostaço, Edélcio
Resumo: Esta dissertação tem como objetivo investigar processos de produção da arte contemporânea que se fundamentam em princípios de interação e experiência estética. Para tanto, serão analisados os procedimentos sugeridos pelas artistas Lygia Clark e Pina Bausch. A obra como dispositivo que provoca a ação e a percepção do espectador é o eixo central desta pesquisa. O fenômeno da arte, neste contexto, se dá na articulação entre sujeito, objeto e espaço. Todos acontecendo ao mesmo tempo. Público e obra pretendem formar uma única paisagem. Eles não estão separados, mas se constituem reciprocamente. O lugar do espectador torna-se também o lugar da obra. Este trabalho se constrói sobre referências bibliográficas que abordam a experiência como evento que incentiva a participação do espectador a partir de aproximações, questionamentos e revelações. Movimentos estes que coincidem com o deslocamento do olhar e com a transformação de sentidos instituídos. As propostas e reflexões sugeridas pelas artistas fornecem material para a especulação da arte e do ambiente teatral contemporâneo como campo em expansão lugar que ultrapassa os limites das linguagens e se legitima como campo de experiência que solicita um olhar antropofágico, olhar que observa e absorve o mundo como pela primeira vez
Abstract: This dissertation aims to investigate processes of production of contemporary art that are based on principles of interaction and aesthetic experience. To this end, we will analyze the procedures suggested by the artists Lygia Clark and Pina Bausch. The artwork as a device that causes the spectator's perception and action is the core of this research. The phenomenon of art in this context occurs in the relationship between subject, object and space. All of them happening at the same time. Public and artwork as an unique landscape. They are not separated, but constitute each other. The place of the spectator also becomes the place of the artwork. This work is built on references that addresses the experience as an event that encourages participation from the spectator trough approaches, questions and revelations. These movements coincide with the displacement of the gaze and the transformation of meanings imposed. The proposals and reflections suggested by the artists provide material for speculation of art and contemporary theatrical environment as a growing field - a place that pushes the boundaries of languages and is legitimated as a field of experience seeking a cannibalistic look, look which observes and absorbs the world as the first time
Palavras-chave: Espaço
Espectador
Obra
Experiência
Clark, Lygia, 1920-1988
Arte moderna Séc. XX
Bausch, Pina
Space
Spectator
Artwork
Experience
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::TEATRO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Teatro
Programa: Mestrado em Teatro
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1249
Data de defesa: 26-Mar-2012
Aparece nas coleções:Mestrado em Teatro

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Giselly.pdf1,05 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.