Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/1226
Tipo do documento: Dissertação
Título: Percepção dos agricultores orgânicos em relação à Anastrepha Fraterculus (Wied.) (Diptera: Tephritidae) e efeito de preparados homeopáticos no controle da espécie em pomares de pessegueiro
Título(s) alternativo(s): Organic farmer s perception of Anastrepha Fraterculus (Wied.) (Diptera: Tephritidae) and effects of homeopathic compounds on this fruit fly specie in peach orchards
Autor: Rupp, Luís Carlos Diel 
Primeiro orientador: Boff, Mari Inês Carissimi
Resumo: A cultura do pessegueiro Prunus persica (L.) Batsch, possui fundamental importância para a economia da Região da Serra Gaúcha geograficamente conhecida como encosta superior do nordeste do Rio Grande do Sul, onde é cultivado em minifúndios. O pessegueiro representa importante alternativa na diversificação da matriz produtiva, gerando renda em pequenas áreas e empregando mão-de-obra familiar. Neste trabalho, estudou-se a percepção dos agricultores frente à mosca-das-frutas sul americana Anastrepha fraterculus (Wied) (Diptera: Tephritidae) e a eficiência de preparados homeopáticos no manejo da mesma. Questionário semi-estruturado foi aplicado em 12 agricultores na região da Serra Gaúcha que adotam sistema de cultivo orgânico do pessegueiro. No estudo de preparados homeopáticos, três experimentos foram conduzidos também em sistema de cultivo orgânico com a variedade Chiripá, delineados em blocos ao acaso, sendo dois no ciclo de cultivo 2003/04 e um no ciclo 2004/05 no município de Antônio Prado, RS. Os tratamentos constituíram-se de nosódios de adultos de A. fraterculus e do composto homeopático Staphysagria na terceira e sexta diluição centesimal hahnemanniana, combinados a intervalos de aplicação de cinco ou 10 dias. O produto comercial Composto A, formulado a base de fermentados de plantas foi testado no ciclo de cultivo 2004/05. Os preparados homeopáticos foram obtidos conforme Farmácia Homeopática Brasileira (1997). Observou-se que os agricultores diversificam o cultivo do pessegueiro com uso de diferentes variedades, destinando sua produção aos mercados locais. Dados experimentais evidenciaram redução na infestação da mosca-das-frutas na primeira colheita com uso de..Staphysagria na Sexta diluição centesimal e Nosódio de Mosca-das-frutas também na Sexta diluição centesimal, respectivamente no primeiro e segundo experimento. Entretanto nenhuma das combinações testadas diferiu da testemunha sem intervenção. Perdas na produção de frutos variaram de 40 a 98,3%. Da mesma forma, o Composto A embora tenha apresentado a menor porcentagem de frutos infestados (38%) não diferiu da testemunha (63%). Pelo relato dos agricultores e pelos dados obtidos sobre a dinâmica populacional da mosca-das-frutas, observou-se que o cultivo de variedades precoces de pessegueiros aparece como medida mais eficaz para reduzir as perdas de frutas provocadas pela mosca-das-frutas sul americana, além do próprio ensacamento de frutos. Entretanto, pela praticidade apresentada os agricultores orgânicos, estes demonstraram preferência para uso do Composto A, o que revela a fragilidade das estratégias atualmente empregadas para o manejo desta praga na região da Serra Gaúcha
Abstract: Peach Prunus persica (L.) Batsch is an important cash crop cultivated in southern Brazil more specifically in the region of Encosta Superior do Nordeste belong to the state of Rio Grande do Sul . In that region, peach is cultivated in small areas by farmers that use family labour and have the diversification of activities as economic strategy. The potential for growing fresh peaches is enhanced by reaching local market in high quality fruit, and having premium prices for that. This study was carried out in two parts. The first one aimed to know the perception of peach organic growers facing the fruit fly Anastrepha fraterculus. The second part, three experiments were conducted in randomised blocks for testing the effect of homeophatic compounds to control A. fraterculus. The treatments consisted of nosodium of A. fraterculus and Staphysagria in two dilution levels, CH3 and CH6, combined by two application intervals , 5 and 10 days. A commercial Composto A , made with several herbs and largely used by organic farmers was evaluated in the third experiment. All experiments were conducted in organic orchard systems located in Antônio Prado, Rio Grande do Sul. Two experiments were conducted during the 2003-2004 crop cycle and another during the 2004-2005 crop cycle. The homeophatic compounds were prepared according to the Farmacopéia Homeopática Brasileira (1997). From the result we could see that farmers have a diversity of varieties of peach and production was mainly offered to local market. Anastrepha fraterculus was the only specie found into traps and fruits. The homeophatic compounds did not reduce significantly the A. fraterculus infestation compare to the proof. Fruit losses due to fly infestation varied from 40 to 98,3%. Nevertheless two treatments differed to the worst preparation treatment and can be used as an alternative treatment combined with other crop management measures. Although Composto A had the lowest infestation level (38%) it did not difered to the proof (63%). More studies would be necessary to recommend homeophatic compounds for protecting preaches from fruit fly. Besides bagging individual fruits, planting early maturation cultivars would an efficacy measure to control fruit fly although local monitoring is needed. In another hand, the preference for using Composto A by the organic farmers showed the fragility of the peach organic system studied
Palavras-chave: Agricultura orgânica
Pêssego
Mosca-das-frutas
Biological agriculture
Peach
Fruit-flies
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Produção Vegetal
Programa: Mestrado em Produção Vegetal
Citação: RUPP, Luís Carlos Diel. Organic farmer s perception of Anastrepha Fraterculus (Wied.) (Diptera: Tephritidae) and effects of homeopathic compounds on this fruit fly specie in peach orchards. 2005. 86 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1226
Data de defesa: 28-Abr-2005
Aparece nas coleções:Mestrado em Produção Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
PGPV05MA003.pdf789,38 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.