Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/1147
Tipo do documento: Dissertação
Título: Danos e controle químico da mancha marrom e do oídio da cevada
Título(s) alternativo(s): Damage and chemical control of brown spot and powdery mildew of barley
Autor: Agostinetto, Lenita 
Primeiro orientador: Casa, Ricardo Trezzi
Resumo: Os objetivos do trabalho foram: a) obter equações de função de dano para patossistema múltiplo para calcular o LDE servindo como critério indicador de aplicação de fungicidas; b) quantificar controle e dano nos componentes de rendimento; e c) relacionar incidência e severidade foliar da mancha marrom em diferentes estádios fenológicos. Os experimentos foram conduzidos nas safras agrícolas 2009 e 2010 na NBN Sementes no município de Muitos Capões, RS; e, na safra de 2010 no Centro de Ciências Agroveterinárias no município de Lages, SC. Em todos os experimentos foi utilizada a cultivar BRS Cauê suscetível à mancha marrom e oídio. O delineamento foi blocos casualisados, com quatro repetições e nove tratamentos constituídos de diferentes doses (meia dose e dose indicada) e número (uma, duas, três e quatro) de aplicações de fungicidas triazóis e estrobilurinas para gerar os gradientes de intensidade das doenças. A área de cada unidade experimental correspondeu a 5,0 x 2,5 m. As aplicações e as avaliações da incidência e severidade foliar ocorreram nos estádios de crescimento (EC) EC 22, EC 31, EC 39, EC 45 e EC 56. A colheita foi manual cortando as plantas das linhas centrais de cada parcela. Foram avaliados rendimento de grãos (RG), massa de mil grãos (MMG) e granulometria (G). No primeiro capítulo, as equações de função de dano entre intensidade de doença e RG para cada EC, obtidas por análise de regressão, em ambas as safras agrícolas, foram significativas e negativas, ou seja, à medida que aumentou a intensidade de doença, diminuiu o RG. Os coeficientes de dano obtidos podem ser utilizados no cálculo do limiar de dano econômico. No segundo capítulo, os valores de intensidade das doenças foram usados para o cálculo da área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD). Os valores de RG, MMG, G e AACPD foram submetidos ao teste de comparação de médias. Foram determinados o percentual de dano e de controle das doenças. Na safra 2009, os maiores danos foram 45,87%, 15,47% e 25,84% para RG, MMG e G, respectivamente. O controle máximo foi 68,11% considerando a severidade foliar e quatro aplicações, independente da dose usada. Em 2010, os maiores danos foram 31,16%, 14,02% e 10,76% em Muitos Capões e 39,44%, 23,59% e 8 45,88% em Lages, respectivamente para R, MMG e G. Com base na severidade obteve-se controle de 71,63% e 73,96% em Muitos Capões e Lages, respectivamente. Em Muitos Capões três e quatro aplicações e em Lages quatro aplicações, independente da dose, apresentaram maior percentual de controle. No terceiro capítulo, os dados de incidência e severidade foliar de mancha marrom foram submetidos à análise de regressão e correlação. As equações obtidas foram significativas e positivas. A incidência e a severidade foliar recomendado pela Indicação Técnica da cultura (ITC) para iniciar as aplicações de fungicidas é de 20% e 5%, respectivamente. Substituindo esse valor de incidência nas equações obtidas têm-se valores médios de severidade para iniciar o controle químico de 0,77% e 0,34% respectivamente para 2009 e 2010, inferior ao recomendado pela ITC
Abstract: The objectives of the work were: a) to obtain the damage function equations for multiple pathosystem to calculate the EDT to time fungicides application; b) to quantify the control and damage of the yield components, and c) To relate the brown spot incidence and severity in different growth stages. The experiments were carry out at the NBN Seeds Company during the 2009 and 2010 crop seasons, located in Muitos Capões county, Rio Grande do Sul state, Brazil and in the Agro science Center at Santa Catarina State University only in 2010. The cultivar BRS Cauê was used as susceptible cultivar to brown spot and powdery mildew. The experiments design was in randomized block with four replications. The nine treatments consisting of different rates (half and recommended rates) and fungicide applications number (one, two, three and four) of mixture strobilurin and triazole fungicides, generating the disease gradients intensity. The total area of 5.0 x 2.5 m was the experimental unit in both experiments. The fungicide applications and incidence and severity assessment were done at EC 22, EC 31, EC 39, EC 45 and EC 56 plant development stages. Plants from central rows of each plot were manually harvested and grain yield (GY), one-thousand grain weight (TGW) and granulometry (G) were evaluated. In the first chapter, the damage function equations between disease intensity and GY for each plant development stages, obtained by regression analysis, in both 2009-10 crop growing seasons were significant and negative indicative that increasing disease severity lead into decreasing grain yield. The damage coefficients of these equations can be used to calculate the economic damage threshold. In the second chapter, the values of disease intensity were used to calculate the area under disease progress curve (AUDPC). The GY, TGW, G and AUDPC values were tested using the mean comparison between treatments and the percentage of damage and disease control were determinated. The largest 2009 crop damage was 45.87%, 15.47% and 25.84% for GY, G and TGW, respectively. The ultimate control was 68.11% when considered the severity and four foliar applications, independent of the used dose. In 2010, the greatest damage were 31.16%, 14.02% and 10.76% in Muitos Capões and 39.44%, 23.59% and 45.88%, in Lages, for GY, 10 TGW and G, respectively. The highest percentage of control, based on the leaf severity were 71.63% and 73.96% for Muitos Capões and Lages, respectively. The greater control, independent of used dose were obtained with three and four applications in Muitos Capões and four applications in Lages. In the third chapter, brown spot incidence and severity data were subjected to regression analysis and correlation and the obtained values were significant and positive. The brown spot and powdery mildew diseases incidence and severity recommended by the Technique Indication of crop (TIC) to initiate fungicide applications is 20% and 5% respectively. The severity average values for initiating chemical control are 0.77% and 0.34% respectively for 2009 and 2010 crop seasons when the incidence diseases were substituted in the equations. These values are lower than TIC recommended values
Palavras-chave: bipolaris sorokiniana
blumeria graminis f.sp. hordei
hordeum vulgare L.
limiar de dano econômico
patossistema múltiplo
bipolaris sorokiniana
blumeria graminis f.sp. hordei
economic damage threshold
hordeum vulgare L.
multiple pathosystem
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Produção Vegetal
Programa: Mestrado em Produção Vegetal
Citação: AGOSTINETTO, Lenita. Damage and chemical control of brown spot and powdery mildew of barley. 2011. 80 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1147
Data de defesa: 8-Fev-2011
Aparece nas coleções:Mestrado em Produção Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
PGPV11MA101.pdf1,27 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.