Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/1146
Tipo do documento: Dissertação
Título: Raleio de cachos sobre a qualidade da uva e do vinho da cultivar Cabernet Franc em região de altitude
Título(s) alternativo(s): Raleio de cachos sobre a qualidade da uva e do vinho da cultivar Cabernet Franc na serra catarinense
Autor: Marcon Filho, José Luiz 
Primeiro orientador: Rufato, Leo
Resumo: A região de São Joaquim tem se mostrado favorável à produção de vinhos finos e vem despertando interesse de empreendedores da atividade. Entretanto, muitos são os conhecimentos demandados por quem deseja viabilizar um cultivo comercial. A vitivinicultura prática otimizada é a aplicação de um conjunto de técnicas de manejo do vinhedo, de modo a produzir a máxima quantidade de uva sem reduzir seu potencial enológico exigido por determinados mercados, com um custo mínimo. Estas práticas derivam do conhecimento científico sobre a biologia e a fisiologia das plantas em relação ao meio em que é cultivado o vinhedo e sua manipulação em qualquer condição ou local. A dificuldade está em identificar o equilíbrio exato entre a produção, vigor e qualidade da uva. Um dos principais fatores que interferem no potencial de desenvolvimento de um vinhedo é o manejo do dossel e as técnicas de cultivo, dentre os quais se encontra o raleio de cachos. O presente trabalho teve como objetivo obter informações sobre a maturação fenólica e tecnólogica dos cachos na cultivar Cabernet Franc, produzidos em região de altitude. O vinhedo foi submetido a diferentes níveis de raleio de cachos realizados na virada de cor, de modo a estabelecer critérios que contribuam para definir o manejo mais apropriado para a elaboração de vinhos tintos finos em regiões acima de 900 metros de altitude. Os ensaios foram conduzidos durante as safras de 2009/10 e 2010/11 em um vinhedo da empresa Villa Francioni Agronegócios S/A, coordenadas 28˚ 17 39 S e 49˚ 55 56 W, a 1230 metros de altitude , localizado no município de São Joaquim, SC. O talhão utilizado da cultivar Cabernet Franc foi enxertadas sobre Paulsen 1103 consuzido em espaldeira, com espaçamento de 3,0m x 1,2m e cobertura anti-granizo. Os níveis de raleio de cachos, ajustados na virada de cor véraison , corresponderam a produção máxima, e reduções percentuais em sua produtividade em 25%, 50% e 75%. Dos resultados obtidos conclui-se que em condições de altitude, a prática de raleio de cachos afeta as características químicas da uva e do vinho cv Cabernet Franc, porém não houve uma melhora significativa na qualidade quando se verifica todas as características envolvidas. Nas condições do ensaio não se observou equilíbrio vegetativo:produtivo das plantas
Abstract: The region of San Joaquin has proved favorable to the production of fine wines and has been gaining entrepreneurial. However, there are many skills needed by those who want a viable cash crop. The practical viticulture is the application of a set of technical management of vineyards, in order to produce the maximum quantity of grape without reducing their enological potential required by certain markets, with minimum cost. These practices derived from scientific knowledge about the biology and physiology of plants in relation to the terroir . One of the main factors that interfere in the for developing a vineyard is the management of the canopy and cultivation techniques, such as cluster thinning. Thi study aimed to learn about the physiological and technological maturity of the clusters of Cabernet Sauvingon grapevines, produced in altitude regions of Santa Catarina State. The vineyard has been submitted to differentes levels of cluster thinning made at the véraison , in order to establish criteria that will help determine the most appropriate management for the preparation of fine red wines in areas above 900 meters in altitude. The experiment was carried during 2009/10 and 2010/11 vintage at the Villa Francioni Vineyards in the city of São Joaquim (28˚ 17 39 S, 49˚ 55 56 W), at altitude of 1230 meters with cv. Cabernet Franc grafted on Paulsen 1103. The levels of cluster thinning, adjusted at the véraison , corresponded to maximum production and percentage reductions in their productivity in 25%, 50% e 75%. From results found it is concluded that in altitude regions the practice of cluster thinning affects the chemical characteristics of the grape and wine cv Cabernet Franc, but there was a siginificant improvement in quality when we see all the parameters involved. Under the conditions of the experiment there was no balance vegetate: productive of plants
Palavras-chave: vitis vinifera L
maturação da uva
antocianinas
polifenóis totais
vinhos de altitude
vitis vinifera L.
ripening of the grape
anthocyanins
total polyphenols
wines of altitude
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Produção Vegetal
Programa: Mestrado em Produção Vegetal
Citação: MARCON FILHO, José Luiz. Raleio de cachos sobre a qualidade da uva e do vinho da cultivar Cabernet Franc na serra catarinense. 2012. 82 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1146
Data de defesa: 16-Fev-2012
Aparece nas coleções:Mestrado em Produção Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
PGPV12MA100.pdf849,98 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.