Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/1107
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação do óleo de nim, compostos homeopáticos e biológicos sobre Anticarsia gemmatalis e Epinotia aporema em soja e em trichogramma pretiosum
Título(s) alternativo(s): Neem oil, biotherapic compounds and biological products effects on Anticarsia gemmatalis and Epinotia aporema in soybean and Trichogramma Pretiosum
Autor: Jakoby, Gilvane Luis 
Primeiro orientador: Boff, Mari Inês Carissimi
Resumo: O objetivo foi estudar o potencial do óleo de nim (Azadirachta indica) e de preparados homeopáticos no controle de lepidopteros praga na cultura da soja conduzida sob o sistema orgânico. O consumo foliar, o desenvolvimento e a mortalidade de Anticarsia gemmatalis Hubner, 1818 (Lepidoptera: Noctuidae) foi avaliado em laboratorio, a partir de lagartas submetidas aos seguintes tratamentos: folha pulverizada com óleo de nim a 0,5, 1,5 e 2,5%, folha pulverizada + lagarta pulverizada com óleo de nim 1,5%, folha pulverizada com nosódio macerado de A. gemmatalis 10 mL.L-1, folha pulverizada com nosódio triturado de A. gemmatalis 10 mL.L-1, folha pulverizada + lagarta pulverizada com nosódio macerado de A. gemmatalis 10 mL.L-1, folha pulverizada + lagarta pulverizada com nosódio triturado de A. gemmatalis 10 mL.L-1, folha pulverizada com Dipel® SC (Bacillus thuringiensis) 0,5 L.ha-1 e testemunha sem intervenção. Para o experimento com broca-das-axilas, Epinotia aporema Wals (Lepidoptera: Tortricidae) a campo, foram utilizados os seguintes tratamentos: óleo de nim a 1, 3 e 5%, nosodio triturado de E. aporema, Dipel® SC 0,5 e 0,7 L ha-1 e testemunha sem intervenção, com delineamento de blocos ao acaso e quatro repetições, sendo realizado duas aplicações, a primeira no estádio V4 a V5 e a segunda 15 dias após a primeira. Adicionalmente, foi realizado um ensaio para verificar o poder residual desses produtos, através do fornecimento de folhas pulverizadas a campo para A. gemmatalis em laboratório em três épocas diferentes, aos 0, 4 e 8 dias após a pulverização. Para verificar a compatibilidade desses produtos com o controle biológico, foi realizado teste de seletividade a inimigos naturais em laboratório, segundo as normas padronizadas da International Organization of Biological Control (IOBC), utilizando o parasitóide de ovos Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (Hymenoptera: Trichogrammatidae) na fase imatura (pupa). O óleo de nim reduziu o consumo foliar, provocou deformações nos insetos e causou índice de mortalidade superior a 98% nas duas maiores concentrações. Os preparados homeopáticos não promoveram redução no consumo foliar, assim como não provocaram efeitos deleterios no desenvolvimento das lagartas de A. gemmatalis. O óleo de nim nas duas maiores concentrações apresentou eficiência de controle de E. aporema superior a 80%, seguido do tratamento Dipel® SC 0,7 L ha-1, porém, o tratamento com Dipel® SC 0,7 L ha-1 não alcançou índice de controle superior a 50%. Nosódio de E. aporema na 30CH não apresentou efeito sobre a própria espécie. Os efeitos adversos do óleo de nim e do B. thuringiensis provocados em lagartas de A. gemmatalis foram mais evidentes quanto menor o intervalo entre a aplicação e o início da alimentação das lagartas. O efeito residual do óleo de nim foi dependente da concentração utilizada, sendo que quanto maior a concentração maior o efeito residual. Os bioterápicos pouco influenciaram no desenvolvimento e na mortalidade das lagartas de A. gemmatalis. No teste de seletividade, os tratamentos bioterapicos com nosódio de A. gemmatalis e Dipel® SC, foram classificados como inócuos e o óleo de nim 0,5%, levemente nocivo, já os tratamentos com óleo de nim nas concentrações 1,5% e 2,5%, foram classificados como moderadamente nocivos
Abstract: Four trails were conducted with the objective to study the potential of neem oil, Azadirachta indica, and biotherapics on the control of lepidoptera pests in organic soybean culture. Leaf consumption, development and mortality of Anticarsia gemmatalis Hubner, 1818 (Lepidoptera: Noctuidae) were evaluated in laboratory, with larvae submitted to the treatments: leaf sprayed with neem oil (0.5%), leaf sprayed with neem oil (1.5%), leaf sprayed with neem oil (2.5%), leaf and larvar sprayed with neem oil (1.5%), leaf sprayed with A. gemmatalis macerated bioteraphic 10 mL.L-1, leaf sprayed with A. gemmatalis triturated bioteraphic 10 mL.L-1, leaf and larvae sprayed with A. gemmatalis triturated bioteraphic 10 mL.L-1, leaf sprayed with Dipel® 0,5 L.ha-1 and control. To the experiment with the soybean shoot borer Epinotia aporema Wals (Lepidoptera: Noctuidae) in the field, the treatments: neem oil (1; 3 and 5%), E. aporema triturated biotherapic, Dipel® SC (Bacillus thuringiensis) 0.5 and 0.7 L ha-1 and control with no intervention, were applied twice in a completely randomized blocks design with four replicates. Additionally, a study to verify the residual effect of the products was performed by offering soybean leaves sprayed in the field to A. gemmatalis at the laboratory, at 0, 4 and 8 days after spraying. To evaluate the compatibility of these products with the biological control, a selectivity test to natural enemies was conducted under in vitro conditions, according to the International Organization of Biological Control (IOBC), using the immature phase of the parasitoid Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (Hymenoptera: Trichogrammatidae). Neem oil reduced leaf consumption, caused insects deformation and high mortality indexes. The biotherapics did not have effect to leaf consumption and neither caused deleterious effects in A. gemmatalis development. The two highest concentrations of neem oil showed control efficiency of E. aporema superior to 80%, followed by the treatment Dipel® SC 0,7 L ha-1, but did not reach a control index higher than 50%. Epinotia aporema biotherapics (30 CH) did not show effect on the own species. Adverse effects of neem oil and B. thuringiensis in larvae of A. gemmatalis were more evident when the time between spraying and starting larvae feeding was smaller. The residual effect of neem oil was higher according to the increase of the concentration used. Biotherapics had little influence in the development and mortality of A. gemmatalis. In the selectivity test, A. gemmatalis biotherapics and Dipel® SC were classified as innocuous, neem oil (0.5%) as slightly harmful, and neem oil 1.5% and 2.5% as moderately harmful
Palavras-chave: lagarta-da-soja
broca-das-axilas
nim
nosódio
seletividade
trichogramma
glycine max
velvetbean caterpillar
soybean shoot borer
neem
biotherapics
seletivity
trichogramma
glycine max
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Produção Vegetal
Programa: Mestrado em Produção Vegetal
Citação: JAKOBY, Gilvane Luis. Neem oil, biotherapic compounds and biological products effects on Anticarsia gemmatalis and Epinotia aporema in soybean and Trichogramma Pretiosum. 2008. 109 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1107
Data de defesa: 16-Dez-2008
Aparece nas coleções:Mestrado em Produção Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
PGPV08MA061.pdf1,41 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.