Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/1074
Tipo do documento: Dissertação
Título: Métodos alternativos para o manejo de anastrepha fraterculus (wied.) em pomares de maçã e sua influência sobre a qualidade dos frutos
Título(s) alternativo(s): Alternative methods to manage Anastrepha fratercukus (Wied) in apple orchards and its influence on fruit qualities
Autor: Teixeira, Rosangela 
Primeiro orientador: Boff, Mari Inês Carissimi
Resumo: O cultivo da macieira é a principal atividade da região serrana catarinense. A mosca-das-frutas Anastrepha fraterculus (Wiedmann, 1830) (Diptera: Tephritidae) é a principal praga desta cultura sendo de difícil controle e comprometendo a qualidade dos frutos. Com o objetivo de testar métodos alternativos para o manejo e controle da mosca-das-frutas, foram realizados experimentos a campo e em laboratório. Testou-se: a eficiência atrativa de substâncias alimentares comerciais; a ação da localização e da composição floristica do entorno dos pomares; a eficiência de diferentes materiais para o ensacamento de frutos e a influência destes materiais sobre a qualidade físico-quimica das frutas e a ação de preparados fitoterápicos e homeopáticos sobre adultos de A. fraterculus. Utilizando armadilhas, modelo McPhail, instaladas a 1, 80 m do solo e distribuídas nas linhas de plantas em intervalos de 50 m, foi testado a eficiência de suco de uva 25%, de proteína hidrolisada BioAnastrepha 5%, de proteína hidrolisada Isca Mosca 5% e da levedura torula 2,5%. Em três pomares com diferentes localizações geográficas foi realizado o levantamento florístico do entorno e o acompanhamento da flutuação populacional da mosca-das-frutas através de armadilhas contendo solução de suco de uva a 25%, instaladas nas plantas das bordas dos pomares. Frutos das cultivares Fuji Suprema‟ e Imperial Gala‟ foram ensacados com sacos plásticos micro-perfurados ede tecido não texturizado (TNT). Na época da colheita foi avaliado o dano causado por insetos praga, a incidência de doenças e o efeito do ensacamento sobre a qualidade físico-química dos frutos. No laboratório testou-se o efeito de preparados fitoterápicos e homeopáticos sobre a biologia da mosca-das-frutas. Frutos sadios e tratados com os diferentes preparados foram oferecidos aos adultos da mosca-das-frutas por um período de 48 horas. Aos sete dias após a infestação, durante 30 dias, avaliou-se o número de pupas e adultos emergidos. Todos os experimentos foram conduzidos em blocos ao acaso durante as safras de 2007-08 e 2008-09. A proteína hidrolisada BioAnastrepha 5% foi a substância que atraiu maior número de adultos de A. fraterculus. A posição geográfica do pomar e composição florística de seu entorno afetaram a flutuação populacional da mosca-das-frutas. O pomar localizado a 1.415 metros de altitude e circundado por pomares comerciais constituídos por plantas hospedeiras e aquele localizado a altitude de 1.228 circundado por mata nativa, foram os que apresentaram menor população de moscas. O ensacamento protegeu os frutos dos danos de A. fraterculus, Grapholita molesta, Bonagota salubricola, mas não protegeu contra patógenos causadores da sarna da macieira e podridão carpelar. O ensacamento de frutos de maçã Imperial Gala‟ acelerou o processo de maturação nos frutos, enquanto nos frutos de maçã Fuji Suprema‟ o ensacamento diminuiu a coloração vermelha dos frutos em ambas as safras e aumentou o acúmulo de cálcio na safra 2008/09. O preparado homeopático Cinamomo na potência 6CH mostrou efeito de repelência sobre adultos de A. fraterculus. Conclui-se que o manejo de A. fraterculus pode ser realizado com uso de medidas alternativas aos agrotóxicos reduzindo desta forma o risco de contaminação dos frutos e do meio ambiente e de intoxicação dos agricultores
Abstract: The cultivation of apple tree is the main activity from the mountain region of Santa Catarina, in Brazil. The fruit fly Anastrepha fraterculus (Wiedmann, 1830) (Diptera: Tephritidae) is the main pest from this culture being of difficult control, compromising the quality of fruits. Field and laboratory experiments were conducted with the objective of testing alternative methods to the management and control of the fruit fly. The tests involved the attractiveness efficiency of commercial food-based baits; the action of floristic localization and vegetation near the orchards, the efficiency of different material to bagging the fruits and also the action of phytotherapic and biotherapic preparations on adults of A. fraterculus. The efficiency of grape juice (25%), BioAnastrepha® hydrolyzed protein (5%), Isca Mosca® protein (5%) and Torula yeast (2.5%) was tested using McPhail traps placed on the external branches at 1.8 m high from soil and 50 m distant from each trap. In three orchards with different geographic localization it was realized the floristic survey from the surrounding area and monitoring of population fluctuation of the fruit fly by using traps containing grape juice at 25% placed at the orchards edges. Fuji suprema and Imperial gala had their fruits bagged with micro-perforated plastic bags made of non-textured fabric. At harvest time, the damage caused by the pest, disease incidence and the effect of bagging on the physicochemical quality of fruits were evaluated. In laboratory, the effect of phytotherapic and biotherapic preparations on the biology of the fruit fly was also tested. Healthy fruits treated with different preparations were offered to fruit fly adults for 48 hours. Seven days after infestation, the number of pupae and emerged adults was evaluated for 30 days. All the trials were carried out in randomized blocks during the crop seasons of 2007/08 and 2008/09. BioAnastrepha® hydrolyzed protein (5%) was the substance that attracted the highest number of A. fraterculus adults. Geographic position and floristic composition in the surrounding region affected population fluctuation of the fruit fly. The orchard located at 1,415 m of altitude and surrounded by commercial orchards constituted of host plants and the one located at 1,228 m of altitude surrounded by native forest were the ones the showed smaller population of flies. Bagging protected fruits from damage of A. fraterculus, Grapholita molesta, Bonagota salubricola, but did not protect against pathogens that cause apple scab and moldy core. Bagging of Imperial gala‟ fruits accelerated maturation process while for Fuji suprema‟ fruits it reduced the red color in fruits and calcium accumulation. The biotherapic preparation with Cinnamon at 6CH showed repellence effect on A. fraterculus adults. It was concluded that the management of A. fraterculus can be done by using ways alternative to pesticides, so that the contamination risk of the fruits and the environment, and even intoxication of the farmers can be reduced
Palavras-chave: mosca-das-frutas
agroecologia
controle de pragas
qualidade físico-química de frutos
fruit fly
agroecology
pest control
physicochemical quality of fruits
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Produção Vegetal
Programa: Mestrado em Produção Vegetal
Citação: TEIXEIRA, Rosangela. Alternative methods to manage Anastrepha fratercukus (Wied) in apple orchards and its influence on fruit qualities. 2009. 117 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1074
Data de defesa: 18-Set-2009
Aparece nas coleções:Mestrado em Produção Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
PGPV09MA025.pdf1,3 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.