Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/1070
Tipo do documento: Dissertação
Título: Preparados homeopáticos, iscas fitoterápicas, conhecimento popular e estudo do comportamento para o manejo das formigas cortadeiras no Planalto Serrano Catarinense
Título(s) alternativo(s): Homeopathic preparations, phytoterapic baits, local knowledge and behaviour studyes for managing leaf cut ants in the "Planalto Serrano Catarinense" Region
Autor: Giesel, Alexandre 
Primeiro orientador: Boff, Mari Inês Carissimi
Primeiro coorientador: Boff, Pedro
Resumo: A proliferação epidêmica de insetos no agroecossistema é sintoma de desequilíbrio, associado à redução da biodiversidade e empobrecimento dos solos. Formigas dos gêneros Acromyrmex spp. e Atta spp. podem se tornar importantes pragas, requerendo intervenções freqüentes, normalmente realizadas por iscas tóxicas de alto poder residual. Neste trabalho estudou-se o controle de formigas cortadeiras, através de técnicas de baixo custo e impacto ambiental pela utilização de preparados homeopáticos e iscas fitoterápicas. Adicionalmente, coletaram-se dados etológicos, identificação de espécies ocorrentes e considerações étnicas em propriedades familiares da região do Planalto Serrano Catarinense. A eficácia dos preparados homeopáticos e fitoterápicos foram avaliadas a campo em dois experimentos independentes, delineamento em blocos ao acaso, separados por tempo e local. Os tratamentos para o experimento com formigas Acromyrmex spp. foram: nosódio triturado de formigas, nosódio triturado do cultivo fúngico, nosódio macerado de formigas, nosódio macerado do cultivo fúngico, homeopatia Belladonna, água dinamizada, isca de nim, isca de gergelim, placebo e sem intervenção, como testemunha. Para o experimento com formigas do gênero Atta os tratamentos constaram de: nosódio triturado de formiga, nosódio macerado de formiga, homeopatia Belladonna, água dinamizada, isca de nim, isca de gergelim, placebo e sem intervenção. Todos os preparados homeopáticos foram aplicados na trigésima diluição centesimal hahnemanniana (30CH), obtidos segundo a Farmacopéia Homeopática Brasileira (1997). As iscas fitoterápicas foram obtidas pela mistura de farinha de trigo, farinha de gergelim/ou óleo de nim e água, na proporção 2:2:1. Para isca placebo utilizou-se farinha de trigo e água. Foi realizada a identificação de espécies de formigas cortadeiras em 60 formigueiros para o gênero Acromyrmex e 40 formigueiros para o gênero Atta. Para o estudo de etologia foram marcados três formigueiros de ambos os gêneros, Atta e Acromyrmex. Observações foram feitas quanto ao comportamento e preferência por espécies de vegetais forrageadas ao longo do ano, por um período de 24 horas, para cada mês/época avaliada. Para o estudo etnoentomológico foi aplicado um questionário qualitativo e quantitativo referente ao envolvimento do homem com a formiga cortadeira em diferentes sistemas de produção, orgânico, de transição e convencional. As questões abordaram os tópicos: características do sistema de produção; período na atividade; identificação e conhecimento sobre métodos naturais de controle. A análise dos resultados mostrou que as iscas fitoterápicas, e os preparados homeopáticos reduziram as atividades total e forrageira para ambos os gêneros, Acromyrmex e Atta, respectivamente a partir do terceiro e sétimo dia consecutivo de aplicação para ambas atividades. O comportamento de ambos os gêneros Atta e Acromyrmex, para as atividades total e forrageira foram variáveis ao longo ano, sendo dependente das condições de temperatura e umidade relativa diária. Os estudos taxonômicos revelaram que no gênero Acromyrmex, predominaram as espécies Acromyrmex laticeps, Acromyrmex heyeri, Acromyrmex coronatus e Acromyrmex lundi, sendo as duas últimas espécies consideradas de ocorrência rara na região. O gênero Atta apresentou uma única espécie Atta sexdens piriventris. Segundo os agricultores entrevistados as formigas representam a maioria dos danos gerados nas culturas, e o seu controle, na maioria das vezes é realizado por iscas tóxicas. Os preparados homeopáticos mostraram ser uma importante ferramenta para o controle das atividades total e forrageira, para ambos os gêneros de formigas cortadeiras, com destaque para preparado homeopático nosódio de formigas. Iscas fitoterápicas de nim e gergelim afetaram o comportamento de ambos os gêneros de formigas cortadeiras.
Abstract: The increasing of insect epidemics in the agro-ecosystem is due to ecologucal perturbations like reduction in biodiversity and improverishment of soils. Ant s species of the genus Acromyrmex and Atta can become importante pest, requiring frequente interventions for their control, usually done by toxicant baits that presente side effects. In this work, it was studied the management of the leaf cutter ants through out techniques of low cost and less environmental impact by using homeopathic/phytoterapic preparations. Etiological data, sepcies assessment and ethnic considerations were evaluated as well. Theresearch work was carried out in the Planalto Serrano /catarinense region. The effectiveness of homeopathic/phytoterapic preparations was evaluated in field conditions. For that, two independente experiments in randomized blocks design were installed considering block as local effect. The treatments forAcromyrmrx ants were: triturated ant nosode, triturade fungus colony nosode, softened of ant s nosode, softned fungus colony nosode, homeopathy Belladonna, homeopathic water, nem bait, sesame bait, placebo, and without intervention. For the experimente with Atta ants, the treatments were: triturated and nosode, softned ant nosode, homeopathy Belladonna, homeopathic water, nem bait, sesame bait, placebo, and without intervention. All the homeopathic preparations were applied in the thirtieth centesimal hahnemanniana dilution (30CH), made accordingto Farmacopéia Homeopática Brrasileira (1977). The phytoterapy baits were obtained by the mixture of wheat flour, flour of sesame or neem oil and water, in the proportion 2:2:1. Placebo baits were made by wheat flour and water. The identification of species of leaf cutter ants was done from 60 anthills of the genus Acromyrmex and 40 anthills of the genus Atta. Ethnology studies were from three anthills of both genus, Atta and Acromyrmex. Observations of beavior forage preference were taken along the year, in one day per month for each two hours during a period of 24 hours. The ethno-entomology studies were done through out a qualitative and quantitative questionnaire applied to Family farms regarding the man s perceptions in diferente production systems, organic, in transition, and conventional systems. The questions approached the characteristics of the production system; period in the activity; identification and knowledge on natural methods of control among others. The analysis of data showed that the phytoterapy baits, and the homeopathic preparations reduced the total acrivities and forage acrtivity of Acromyrmex and Atta as well. The total and forage activities were vairable during the year, for both genus Atta and Acromyrmex, being dependente of the temperature conditions and relative humidity of the air. The taxonomiv studies revealed that in the genus Acromyrmex the most frequente species were Acromyrmex laticeps, Acromyrmex heyeri, Acromyrmex. A. coronata and A. lundi are considered species rare in this region. The genus Atta presented the specie Atta sexdens piriventris. According to tyhe farmers interviewees the ants represent importante cause of damages to the crops and their control has been made mostly by toxicant baits. The homeopathic preparations showed importante tool for the control to both genus of leaf cutter ants. The best bait was homeopathic preparation based on ants. Neem Baits and sesame bait affected also the behavior on both genus of leaf cutter ants
Palavras-chave: formiga cortadeira
agricultura orgânica
inseto-comportamento
homeopatia
leaf cutter ants
organic agriculture
insect-behaviour
homeopathy
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Produção Vegetal
Programa: Mestrado em Produção Vegetal
Citação: GIESEL, Alexandre. Homeopathic preparations, phytoterapic baits, local knowledge and behaviour studyes for managing leaf cut ants in the "Planalto Serrano Catarinense" Region. 2007. 95 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1070
Data de defesa: 12-Dez-2007
Aparece nas coleções:Mestrado em Produção Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
PGPV07MA019.pdf959,97 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.