Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.udesc.br/handle/handle/1042
Tipo do documento: Dissertação
Título: Da cadeira às carteiras escolares individuais: entre mudanças e permanências na materialidade da Escola Primária Catarinense (1836- 1914)
Autor: Castro, Raquel Xavier de Souza
Primeiro orientador: Silva, Vera Lúcia Gaspar da
Resumo: A trajetória da presença das carteiras escolares em Santa Catarina é o objeto de estudo desta investigação, que compreende o período de 1836-1914. Com o trabalho, buscou-se identificar aspectos que caracterizem este mobiliário no início da organização das escolas primárias no estado. Serviram como fontes da pesquisa a legislação educacional catarinense, pareceres de professores, relatórios de inspetores, livros de despesas e receitas da então província, além de outros textos referentes a mobiliário escolar da época. O trabalho está organizado de acordo com as funções que as carteiras escolares foram assumindo no período estudado do imperial ao republicano , funções que foram se evidenciando durante o processo de pesquisa. O apoio para possibilitar a escrita, já que até então se aprendia primordialmente a ler, obrigou as escolas a terem mesa e não somente bancos. Os métodos de ensino indicados na legislação catarinense - o individual, o mútuo e o simultâneo - trouxeram indicações significativas sobre o objeto em questão. O disciplinamento e a higienização dos corpos, preocupações constantes para a época estudada, tiveram grande influência nas escolas. A carteira escolar foi um dos artefatos sobre o qual mais interferiam médicos, arquitetos, professores e estudiosos. Com a chegada dos grupos escolares, observou-se grande melhoria no mobiliário. Objetos importados dos Estados Unidos chegaram a Santa Catarina, trazendo requinte e sofisticação. Nas exposições universais, percebeu-se que elas mostravam, pelos países em que passavam, muitos modelos e especificações de mobília para as escolas, fato que se traduziu em significativas mudanças no cenário das salas de aula. As mudanças e permanências na cultura material escolar ao longo do tempo mostraram que as carteiras escolares são objetos que caracterizam a sala de aula e que, organizadas de diversas formas, otimizaram o espaço e se espraiaram para além dos muros da escolas
Abstract: The trajectory of the presence of the school desks in Santa Catarina is the object of this investigation, which embraces the period of 1836-1914. From this research, it was looked to identify aspects that characterize these furnishings in the beginning of the organization of the elementary schools in the state. They served like fountains of the inquiry: the education legislation of Santa Catarina, teachers' appearances, inspectors' reports, books of expenses and receipts of the province, besides other texts referring to school furnishings of the time. The work is organized in accordance with the functions that the school desks were assuming in the studied period from the imperial one to the republican , functions that were showing up during the research process. The support to make possible the writing, since up to that time one was learning specially reading, obliged the schools to have desk and not only banks. The teaching methods indicated in the legislation of Santa Catarina - the individual, the mutual and the simultaneous - brought significant indications on the object in question. The training and the hygiene of the bodies, constant preoccupations for the studied time, had great influence in the schools. The school desk was one of the products on which there were more interfering doctors, architects, teachers and studious. With the arrival of the school groups,great improvement was observed in the furnishings. Imported objects from the United States arrived in Santa Catarina, bringing refinement and sophistication. In the universal exhibitions, it was realized what they were showing, in the countries in which they were passing, many models and specifications of furniture for the schools, fact that was translated in significant changes in the scenery of the classrooms. The changes and permanencies in the material culture of the school along the time showed that the school desks are objects that characterize the classroom and that, organized in several ways, optimized the space and that spread beyond the schools walls of the schools
Palavras-chave: Carteiras escolares
Cultura material da escola
Mobiliário escolar
Escolas mobiliário e equipamento
School desks
Material culture of the school
School furniture
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina
Sigla da instituição: UDESC
Departamento: Educação
Programa: Mestrado em Educação
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.udesc.br/handle/handle/1042
Data de defesa: 25-Nov-2009
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Raquel.pdf2,07 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.